Piada do ano ! Bolsonaro repete que é “imbrochável” e sugere aos políticos que o criticam que “façam o que ele faz”

Bolsonaro mistura em seus discursos mentiras, descaso e piadas

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O presidente Jair Bolsonaro rebateu, indiretamente, nesta sexta-feira, dia 26, críticas do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), sobre suas viagens durante a pandemia, em meio à aglomeração. O mandatário disse que sugere aos que o criticam que “façam o que ele faz”. Ele voltou a condenar a política de lockdown e afirmou que o que mais ouviu de apoiadores foi pedidos de “retorno ao trabalho”.

O mandatário apontou ainda que os governadores que “fecham tudo estão na contramão do que o povo quer”. A declaração ocorreu em Tianguá, no Ceará, durante a cerimônia de assinatura de ordens de serviço da Travessia local, das Variantes de Frios e Umirim e do Viaduto de Horizonte.

“EXEMPLO” – “Aos políticos que me criticam sugiro que façam o que eu faço. Tenho um prazer muito grande de estar no meio de vocês. Dizer a esses políticos do Executivo que o que eu mais ouvi por aqui foi `presidente, eu quero trabalhar´. O povo não consegue mais ficar dentro de casa. O povo quer trabalhar. Esses que fecham tudo e destroem empregos estão na contramão daquilo que o povo quer. Não me critiquem. Vão para o meio do povo mesmo depois das eleições, porque durante as eleições é muito fácil. Eu quero ver é depois”, disparou.

Bolsonaro disse, ainda, que possui um carinho especial por todo o país, mas que viagens no Nordeste o fazem sentir fortalecido. “O nosso governo tem um carinho muito especial por todos no Brasil. Confesso que quando eu venho para o Nordeste eu me sinto fortalecido, eu me sinto feliz por estar ao lado de um povo tão sincero, leal e patriota. Vocês merecem o melhor de nós. Agradeço a Deus pela minha vida e também pelas mãos de muitos de vocês que me deram essa missão de governar o nosso país. Faço com muito orgulho”.

“VÍTIMA” – Apesar de dizer que não reclama das dificuldades, o presidente disse que as críticas a ele ocorrem 24 horas por dia. Porém, bradou que não desistirá: “Não reclamo das dificuldades, ataques acontecem praticamente 24 horas por dia, mas entre esses que me atacam e vocês, vocês estão muito na frente. Não me vão fazer desistir, porque afinal de contas eu sou imbrochável”, afirmou, sendo ovacionado ao som de “mito” pelos bolsonaristas presentes, que também entoaram frases como “Fora Camilo” e “Queremos trabalhar”.

O mandatário também fez acenos ao parlamento alegando que não há intrigas. “Não somos três poderes, somos dois poderes: o Executivo e o Legislativo trabalham juntos. Um nada faz sem o outro. E, na história do Brasil, nunca tive tanto apoio como estamos tendo agora com vocês deputados senadores e alguns deputados estaduais. Não há entre nós intrigas, há vontade de trabalhar”, emendou.

FUTEBOL –  Bolsonaro que é palmeirense, comentou a vitória do Flamengo no jogo de ontem contra o São Paulo e comparou o futebol com a política, no sentido de aceitar vitórias e perdas. “Quis o destino que o Flamengo fosse campeão e tenho certeza que hoje eu também sou Flamengo. A nossa história e a nossa alma está ligada ao futebol. Realmente venceu e foi campeão o melhor. Reconhecemos isso. No Brasil, a política é no mesmo caminho. Vale o que nós fazemos não o que falamos. O que fazemos vale muito mais do que palavras e tenho comigo um grupo de ministros que nos fazem cada vez mais nos orgulhar”, afirmou.

Por fim, o presidente disse estar ligado ao Nordeste. “É uma satisfação muito grande estar aqui. Afinal de contas, minha filha de 10 anos tem em suas veias sangue de cabra da peste do Ceará. O meu sogro é de Crateús. Estou ligado a essa terra. Mais do que dar início a qualquer obra ou completar outra, a satisfação em estar no meio de vocês não tem preço”, concluiu.

COMITIVA – Acompanharam o presidente em comitiva o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, Onyx Lorenzoni, ministro da Secretaria-Geral da Presidência; Gilson Machado, ministro do Turismo; Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo e o deputado federal Helio Negão (PSL-RJ). Bolsonaro seguirá para Fortaleza onde visitará a duplicação da BR-222 e o anel viário local. A expectativa é de que o chefe do Executivo retorne para Brasília à noite.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), afirmou na noite desta quinta-feira, dia 25, que não acompanharia o presidente Jair Bolsonaro durante visita ao estado nesta sexta-feira, dia 16. Por meio das redes sociais, ele caracterizou a viagem do presidente como grave equívoco em meio à pandemia de covid-19.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Além de assumir o eterno papel de vítima, afirmando que é constantemente perseguido, Bolsonaro é incansável quando o assunto é a disputa pelo prêmio Piada do Ano ! desta Tribuna. Diante da sua sugestão de que os  políticos que o atacam façam o “mesmo que ele”, surge a enquete com sugestões: (A) Mintam; (B) Nada (C); Receitem cloroquina; (D) Façam piadas ou (E) Tenham um Queiroz de estimação. (Marcelo Copelli)

3 thoughts on “Piada do ano ! Bolsonaro repete que é “imbrochável” e sugere aos políticos que o criticam que “façam o que ele faz”

  1. Esse tipo de linguajar rasteiro é totalmente inapropriado para um presidente. Mas fazer o quê, ele é assim: burro, incompetente, inconsequente. E essa idiotice não é culpa da espécie que deu Machado de Assis, Vinicius, Tom e tanta gente do bem – é devida unicamente á Nurture – educação, criação, religião. Mas agora não há jeito para desentortar esse sujeito.

  2. Este link é fora da pauta… mas é importante todos saberem o que está acontecendo no HELL DE JANEIRO!

    Em plena Ipanema assalto a uma renomada e tradicional joalheria.

    Vejam que a ação nem é muito rápida, mas é o que eu sempre repito: NÃO HÁ POLICIAMENTO NENHUM!
    E, quando há, a polícia finge que olha pra outro lado.

    Estou falando de Ipanema, lugar de altíssima renda e hoteis e restaurantes caríssimos e o metro quadrado mais caro do Brasil junto com o Leblon.

    O que chama atenção é a lentidão do assalto. Ou seja, estão mancomunados com a polícia!
    Ninguém é louco de praticar um assalto desses sem cobertura policial.

    No vídeo a Sra. diz que é a favor de cortar uma mão do ladrão, eu sugiro cortar as duas, corre o risco dele continuar roubando com a outra.

    Melhor, seria a pena de morte desses sacanas!
    Estou errado?
    JL

    Vejam o link.

    https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://www.oantagonista.com/videos/garotos-de-ipanema-2/amp/&ved=2ahUKEwi4zeqWtYjvAhUVGLkGHYGpApQQlO8DegQIQxAB&usg=AOvVaw0R1POWTbFPjZXTkKue0Pvt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *