Piada do Ano: Cunha vai depor na Polícia Federal em defesa de Temer

Resultado de imagem para cunha e temer charges

Charge do Duke (dukechargista.com.br)

Deu no Estadão

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em ação penal na Operação Lava Jato, no Paraná, vai prestar depoimento nesta quarta-feira, 14, às 11horas, na Polícia Federal em Curitiba. Eduardo Cunha vai falar no inquérito que investiga o presidente Michel Temer (PMDB) por suspeita de corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa.

O advogado Rodrigo Sanchez Rios, que defende Eduardo Cunha afirmou que o ex-deputado não conhece todo o conteúdo do inquérito. Segundo o defensor, o peemedebista vai dizer que não recebeu valores da JBS em troca de seu silêncio.

CITADO NA GRAVAÇÃO – Temer foi gravado pelo empresário Joesley Batista na noite de 7 de março, no Palácio do Jaburu. O presidente ouviu de seu interlocutor um relato sobre Eduardo Cunha. Para a Procuradoria-Geral da República, Temer e Joesley trataram de uma suposta ajuda financeira a Eduardo Cunha em troca do silêncio do ex-presidente da Câmara.

Eduardo Cunha está preso em Curitiba desde outubro de 2016. O ex-deputado foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão por corrupção, de lavagem e de evasão fraudulenta de divisas em ação penal sobre propinas na compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobrás, em 2011.

VÁRIOS CRIMES – Temer e seu ex-assessor especial Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, passaram a ser investigados pelo Ministério Público Federal com base nas delações de executivos da empresa JBS, sob a suspeita de prática dos crimes de corrupção passiva, participação em organização criminosa e obstrução à investigação de organização criminosa; eles negam qualquer crime.

Na sexta-feira (dia 9), o presidente da República se recusou a responder às 82 perguntas enviadas pela Polícia Federal no inquérito da Operação Lava Jato. A defesa pediu também o arquivamento do inquérito. Da mesma forma, Rodrigo Rocha Loures, levado para interrogatório na sexta, calou.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGEm tradução simultânea, podemos dizer que, ao negar envolvimento, Eduardo Cunha estará defendendo também o presidente Temer. Em futuro próximo, assim que Rodrigo Janot deixar a Procuradoria, Cunha vai pedir delação premiada justamente para denunciar Temer. Como diz o velho ditado, nada como um dia atrás do outro. (C.N.)

One thought on “Piada do Ano: Cunha vai depor na Polícia Federal em defesa de Temer

  1. O sonho de Temer é ter um engavetador geral da República na PGR.

    A decisão de nomear procurador o primeiro colocado de uma lista tríplice eleita pela própria categoria, dando independência e legitimidade ao chefe do Ministério Público, é uma invenção do governo Lula…
    a mudança foi feita e seguida por Dilma Rousseff.

    … sua estratégia é sobreviver a Rodrigo Janot até setembro – reunindo 172 votos ou ausências na Câmara para barrar sua primeira denúncia – e escolher alguém que lhe dê tranquilidade. Ou seja, que enterre as demais denúncias.

    Seu dilema é nomear alguém de fora da lista, provocando um retrocesso institucional que será muito criticado e passando a ideia de querer cercear a independência do PGR, ou, mesmo escolhendo o mais amistoso dos três finalistas eleitos entre os oito candidatos que se apresentaram, não ter garantia de nada.

    Temer está entre a cruz e a caldeirinha, ou seja, o retrocesso e a incerteza.

    https://goo.gl/iYoS0C

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *