Piada do Ano! Haddad defende punição de petistas que enriquecem na política

Resultado de imagem para haddad no roda viva

“Houve crime? Parece que sim”, admitiu Haddad 

Catia Seabra
Folha

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, voltou a admitir na noite desta segunda-feira (22) a hipótese de petistas e aliados terem cometido crimes. Em entrevista ao programa Roda Viva, o petista dizia que não iria negar sua relação partidária quando foi questionado na possibilidade de ocorrência de crime. “Houve crime? Na minha opinião, provavelmente, sim”.

Definindo-se como constitucionalista, o candidato voltou a defender a conclusão dos processos. Ele disse acreditar que teve gente que usou de caixa 2 para enriquecer.

DOIS CRIMES – “Certamente, teve pessoas que usaram o financiamento de caixa dois, financiamento ilegal de campanha, para enriquecer. São dois crimes: financiamento de caixa dois e o enriquecimento, que ainda é mais grave. Por isso, tem uma pena maior. Acredito que teve gente que se valeu disso para enriquecer. Só a favor de punição exemplar dessas pessoas”

O petista admitiu erros na condução da política econômica do governo Dilma. Ele lembrou, porém, que o Congresso Nacional impediu a reorganização da economia às custas da chamada pauta bomba.

Haddad relatou ter conversado, nesta segunda-feira (22), com o senador tucano Tasso Jereissati (CE). Segundo ele, Tasso repetiu que, mesmo apontando falhas de Dilma, considera um erro o PSDB ter apoiado a pauta bomba liderada pelo ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

ELOGIO A JK – Questionado, ao final do programa, se tem um ídolo na História do Brasil, Fernando Haddad hesitou e disse que seria difícil citar apenas um nome.                                            

Encorajado a falar mais de um, Haddad limitou-se, porém, a citar o ex-presidente Juscelino Kubitscheck. Ele não falou de Lula, embora tenha dito anteriormente que o petista foi o melhor presidente que o país já teve.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
É mais uma Piada do Ano. Ao defender a prisão dos petistas corruptos, Haddad esqueceu de citá-los, como Lula, Dirceu, Bernardo, Gleisi e tutti quanti, como dizem os italianos. Inclusive Sérgio Gabrielli, que é coordenador de sua campanha presidencial(C.N.)

28 thoughts on “Piada do Ano! Haddad defende punição de petistas que enriquecem na política

  1. KKKKKKKKK!!!! Se fizer isso não sobrarão nem os faxineiros dos diretórios nacional e estaduais petistas!!!! Teremos que construir antes presidios em sistema de mutirão viu “Andrade” que é para caber a corja toda! KKKKKKK!!!!!!

    • Tirado direto de oAntagonista:

      “A fala idiota de Eduardo Bolsonaro sobre fechar o STF com um soldado e um cabo causa espanto e repulsa.

      Mas o que ministros do STF andaram fazendo nos últimos tempos, a favor de criminosos como José Dirceu, em detrimento da lei, é ainda mais espantoso e repulsivo, porque nada tem de idiota.”

      • Desculpas por desculpas… Mourão diz que “cabe um processo” contra Geraldo Azevedo, que pede desculpa (com 16 anos, Mourão, na ótica desse vagabundo petista, já era torturador)…Que país é esse? Cadê a porra do TSE?

    • Gostaria de compartilhar esse depoimento com vocês. Simplesmente sensacional!

      ‘Ex-vermelhinho do Leblon’ diz que sonho do PT acabou

      O psiquiatra e psicanalista José Nazar, de 73 anos, que ajudou a fundar o PT no Rio de Janeiro, diz que “o sonho do partido acabou”.

      Chamado de “vermelhinho do Leblon” na década de 1980 — não era (e não é) o único –, o médico votará em Jair Bolsonaro no próximo domingo — assim como fez no primeiro turno — porque “não quer mais o PT”.

      “Eu não quero mais o PT, ninguém mais quer o PT. Os brasileiros não estão votando no Jair, estão votando contra o PT. O Jair vai ter que dar as provas dele, vai fazer ou não seu próprio nome. O movimento anti-PT é a despeito do Jair, é para além do Jair. O certo é que, talvez sem saber, ele provocou uma rachadura na cristalização da velhaca política brasileira.”

      Nazar foi filado ao PT durante mais de um década, período em que contribuiu mensalmente com praticamente 10% do seu salário. Já apanhou mais de uma vez na rua defendendo as bandeiras do partido.

      “Não era por ideologia. Não existe essa história de ideologia no Brasil. Existe oportunismo. De minha parte, era um processo culposo, eu tinha era culpa. Lula foi fruto de uma elite culposa que o colocou no poder para poder sugar o país. Só fui entender isso depois.”

      Hoje, com as carteirinhas do partido queimadas, o psicanalista com escritórios na capital fluminense e em Vitória (ES) chama de “hipócritas” os petistas que atacam Bolsonaro.

      “As instituições psicanalistas divulgaram, em conjunto, um manifesto, sem citar nomes, dando a entender que são contrárias ao Jair. Essa bandeira em favor da democracia é uma falsidade. Eu não vou ajudar a eleger o partido mais corrupto da história, comandado por um presidiário.”

      Nazar acrescenta que Lula, o presidiário, “se alimenta da posição de vítima”.

      “Não precisa ser especialista para entender que ele ama a vitimização, que ele vive para ser reconhecido e amado na condição de vítima.”

      Sobre Dilma Rousseff, um dos ex-vermelhinhos do Leblon a define como “o erro em pessoa” e afirma que “ela não é uma pessoa saudável”.

      “Eu teria de atendê-la no consultório para chegar a um diagnóstico, mas ela não é uma pessoa saudável. É só ver os vídeos dos atos falhos dela, das loucuras dela. Alguns passaram a achar engraçado, mas aquilo é uma comprovação de que ela não é saudável.”

      https://www.oantagonista.com/brasil/ex-vermelhinho-leblon-diz-que-sonho-pt-acabou/amp/

      • Deu no site do Claudio Humberto que a Dilma está “variando” como se diz no nordeste.

        O Lula colocou um poste débil mental pra governar o Brasil e a imprensa ainda achou isso muito bacana:- “a primeira mulher presidenta”, era o que diziam enquanto puxavam o saco!

    • O pulo do gato está no “enriqueceu”. Como provar a fortuna dos gatunos que a escondeu em outros países ou enterraram-na no quintal do sítio? Não dá. O Geddel, um portinha de nada tinha 52 milhões!
      Esse Haddad chega a ser ridículo.

  2. Parece? Parece??!!!! Quanta Cara de Pau!!!! A desfaçatez só não é maior que a beiçola, desse imbecil. Foi corrido da cidade de SP, e quer ser Presidente do Brasil….menos, Andrade, BEM menos…

  3. Não se pode esperar nada de concreto e honesto que venha de petistas.Ontem na praça sete aqui em BH um petista discursando para uma platéia de 10 mortadelas disse o seguinte ” não somos donos da verdade mas não aceitaremos ser chamados de ladrões” isso diz tudo não é?

  4. Antes de vencer a eleição de 2002, o PT fez oposição sistemática a todos os governos, não concordava com nenhuma iniciativa que não partisse dele e vivia apresentando pedidos de impeachment. Mas quando está no governo, o PT acha que todos os outros partidos tem a obrigação moral de concordar com todas as suas propostas, porque senão se estaria prejudicando o país.

    E agora vem o Tasso se lamentar porque o PSDB fez um pouquinho daquilo que o PT fazia na oposição. Claro, em vez disso os tucanos deviam demonstrar “superioridade moral” (mais uma piada do ano) e continuar apoiando o governo desastrado do PT. E aí Dilma ainda estaria no palácio do planalto, talvez com o Lula refugiado em algum ministério para garantir seu foro privilegiado, e ambos estariam fazendo de tudo para emplacar mais um poste petista na presidência, e assim os tucanos poderiam perder ‘honrosamente’ mais uma eleição, para alegria geral da mídia.

  5. O nosso jornalismo, com raríssimas exceções, é um lixo.
    Quando o “Andrade” deitou falação a “hipotéticas” roubalheiras petistas, ninguém dos entrevistadores, pediu que falasse das 32 acusações que pesam sobre ele, de malversação de dinheiro público, quando era prefeito paulistano.
    Este número exagerado de acusações, já teria sido motivo, para que ele não disputasse a eleição de presidente da república.
    O partido que o indicou, é tão vagabundo, que o líder e mentor é um presidiário condenado e preso
    e o candidato, um indivíduo com uma quilométrica lista de acusações.
    Será que o jornalismo brasileiro não vê esta situação, e só pensa na sobrevivência econômica, ficando apenas parte da população com a incumbência de limpar o pais?
    A falta de patriotismo, nunca esteve tão forte entre
    parte dos brasileiros.

  6. O “democrata” Haddad disse que Bolsonaro é um anti-ser humano.

    Isso me lembra uma pessoa (na Alemanha) que dizia que os judeus eram sub-humanos

    Lembra também outra pessoa (na URSS) que considerava inumanos os “inimigos de classe”.

    Esse último parece ter mais afinidade com o pensamento do comuna almofadinha poste do presidiário.

    • Perfeita sua observação. Ninguém acusa os petistas com este tipo de pejorativo, como eles acusam a quem quer se seja, desde que não estejam alinhados ao que é de seu interesse. Muito comum no fenômeno chamado de transferência de personalidade. Apontar inimigos internos ajuda a mostrar que ou se está a meu favor ou contra mim, negando ao povo a opção de neutralidade. Com o PT no governo, ou se está a favor ou contra o governo. Isso como acontece agora na Venezuela. Daí todo desespero do PT forçar a passagem.

  7. Sabe que se eleito, ele tira seus parceiros no dia seguinte a posse. Indulto no Brasil é outro crime, desta vez cometido pela figura do presidente da República, com base em uma loucura, copiada a Bangu, pela classe política, para insultar gravemente a cada pai de família que trabalha honestamente e duro de sol a sol para manter seu nome limpo e bancar em impostos a farra deste tipo de gente. Falta agora Haddad se dizer apoiador de Bolsonaro para subir em suas costas.

  8. Este professorzinho de araque já tem futuro garantido: humorista!
    Claro que terá de respondem por todos os processos em andamento. haja advogado para defender e haja dinheiro para pagá-los!
    Fallavena

  9. O “Andrade”, repercutindo um tal Geraldo Azevedo, que eu não sei que é, mas diz que é cantor e deve ser bastante velho e sem juízo, veio com a afirmação que o vice do Bolsonaro, o Mourão, o teria torturado nas dependências de um quartel do exército.
    Pois bem, o caluniado Mourão, já mandou dizer, que na época, em 1969, ainda usava calça curta e para sair de casa, precisava pedir autorização a seu pai ou sua mãe.
    A mais pura noticia falsa, agora espera-se que o TSE, também chame a responsabilidade o “Andrade”, porque afinal a inverdade, foi expelida pela boca do petista, com gravação e testemunhas.
    Espera-se também que a “engajada” folha de São Paulo publique a noticia com a mancada e o jornal nacional da também “participativa GLOBO, de esta noticia repondo a verdade, ou então saberemos que estão usando indevidamente seu poder de comunicação e econômico, em favor de uma candidatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *