Piada do ano: Ministrio da Justia firma acordo com hotis do Rio para evitar dirias abusivas na Copa

http://blogdoonyx.files.wordpress.com/2011/06/monkeynews_03_charge_copa_jmarcos.jpg%3Fw%3D700
Alana Gandra
Agncia Brasil

Rio de Janeiro Acordo feito entre a Associao Brasileira da Indstria de Hotis do Rio de Janeiro (Abih-RJ) e a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) prev que os hotis filiados Abih-RJ enviem Senacon, rgo do Ministrio da Justia, os valores cobrados em pocas de maior demanda, com o objetivo de fazer um comparativo com os preos praticados durante a Copa do Mundo de Futebol, entre junho e julho prximos. O objetivo evitar cobranas abusivas.

O presidente da Abih-RJ, Alfredo Lopes, disse Agncia Brasil que a ideia dar maior transparncia aos preos das dirias definidos pelo setor para evitar a ocorrncia de pesquisas no fidedignas, alm de manter uma linha equivalente entre as dirias cobradas no fim de ano, no carnaval e na Copa do Mundo.

Lopes sustentou que no possvel que um hotel, como ocorreu em Cuiab (MT), que tem diria de R$ 136 normalmente, para a Copa do Mundo, colocou R$ 5,1 mil. No tem coerncia um troo desses, disse. Ele entende que um estabelecimento que cobrou diria de R$ 1 mil no rveillon e aumenta para R$ 1,1 mil ou R$ 1,2 mil na Copa, est em uma linha coerente. O que no pode sair de R$ 136 para R$ 5 mil. um absurdo, ressaltou.

Segundo o presidente da Abih-RJ, todos os hotis do Rio de Janeiro j encaminharam os valores das dirias Senacon. Os preos sero colocados tambm na internet para que o setor tenha maior transparncia. Alfredo Lopes disse que o Rio de Janeiro servir de balizamento para as 11 demais cidades-sede da Copa. O Rio um balo de ensaio para replicar nas outras cidades-sede.

A secretria nacional do Consumidor, Juliana Pereira, pretende pedir s entidades hoteleiras das demais cidades-sede que encaminhem tambm ao rgo os valores cobrados em pocas de maior demanda, para facilitar a comparao. A Senacon far a fiscalizao em parceria com os Procons locais.

Lopes tambm entregou secretria uma carta da Abih-RJ, solicitando providncias imediatas relativas aos problemas enfrentados pelos turistas no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro-Galeo/Antonio Carlos Jobim. Segundo ele, a secretria se prontificou a agendar um encontro com representantes do governo federal e do consrcio vencedor da licitao do aeroporto para debater os problemas do terminal, a fim de tentar equacion-los.

5 thoughts on “Piada do ano: Ministrio da Justia firma acordo com hotis do Rio para evitar dirias abusivas na Copa

  1. A rede hoteleira nos ltimos anos vem sendo PRIVILEGIADA com ISENES FISCAIS. E muitos hotis pertencem a ESTRANGEIROS e at controlados por laranjas, como aquele de Braslia amplamente noticiado. Alm do mais, negociam divisas no mercado paralelo descaradamente. O governo muito bonzinho com essa gente que explora hspedes e sonega adoidado.

  2. Caro Jornalista,

    O brasileiro no explora o turismo. Explora o turista!
    Por isso tem tanta gente viajando para o exterior.
    Sai mais barato.

  3. Mas que falta de confiana no Mercado. Deixem os Hoteleiros pedir quanto quiserem de DIRIA. Vejamos o que acontece. Os Donos de postos de gasolina tambm podem vender gasolina C a R$ 10/Litro. Interessante que no o fazem. O Governo at deveria incentiv-los a colocar as Dirias “l em cima”, afinal so mais Impostos arrecadados. Mas tenho a impresso que os Hoteleiros iam ficar com um p atrs. Nada melhor que deixar o Mercado operar livremente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.