Piada do Ano! Na cadeia, Lula “escreveu” artigo para o Correio Braziliense

Resultado de imagem para lula intelectual charges

Ilustração do Marco Martim (Arquivo Google)

Luiz Inácio Lula da Silva
Correio Braziliense

O governo Michel Temer, nascido de um golpe parlamentar, é ameaça crescente à soberania nacional. As forças políticas e econômicas que o sustentam, atreladas a interesses estrangeiros, romperam com a Constituição e a democracia para impor uma agenda que dilapida as riquezas brasileiras, desagrega o Estado e interrompe a integração latino-americana.  A descoberta das reservas do pré-sal despertou intensos movimentos geopolíticos, incluindo operações de espionagem e sabotagem, cujo objetivo primordial é disputar o controle dessa imensa fonte de desenvolvimento.

Como de hábito em nossa história, parte expressiva de nossas elites se associou a esses interesses espúrios. Colocou-se em funcionamento, então, uma estratégia de desestabilização da ordem constitucional.

SOBERANIA – Derrotado em quatro eleições presidenciais seguidas, o bloco conservador tinha claro que eram mínimas as chances de seu programa antipatriótico e antipopular ser legitimado pelo voto. Para que a soberania nacional pudesse ser apequenada, antes era preciso apequenar a democracia. Não se tratava somente de derrubar uma presidenta legítima e impor um governo fantoche.

Tornava-se indispensável manipular o sistema de justiça para criminalizar o Partido dos Trabalhadores, criando severos obstáculos para sua participação política e até mesmo a interditando, por meio de sentenças injustas e medidas impugnatórias. Para que a nação se ajoelhasse, a democracia tinha que ser marcada para morrer. O que temos hoje é um regime de exceção cada vez mais agressivo.

Minha prisão e a perseguição da qual sou alvo fazem parte desse processo de submissão nacional. Não basta que eu esteja preso por crimes que jamais cometi. Querem também me excluir da disputa eleitoral e calar minha voz, tentando intimidar e silenciar o povo brasileiro enquanto seu patrimônio é espoliado a céu aberto. O governo Temer e seus apoiadores dedicam-se à destruição de conquistas históricas do desenvolvimento de nosso país.

BACIA DAS ALMAS – Atacaram o regime de partilha do pré-sal, enfraquecendo a Petrobras e anulando a política de conteúdo nacional que gerava empregos no Brasil, e tratando de conceder a empresas estrangeiras, na bacia das almas, prósperos campos de petróleo e refinarias que constituem nosso passaporte para o futuro.

Esse verdadeiro crime de lesa-pátria foi reforçado com a recente aprovação pela Câmara dos Deputados de lei que autoriza a transferência, pela Petrobras a petroleiras privadas, de 70% dos direitos de exploração da estatal em áreas do pré-sal. A venda do controle da Embraer à norte-americana Boeing compõe essa mesma política entreguista, abdicando de uma das áreas mais avançadas de nossa indústria e de um dos pilares de nossa estratégia de defesa, ao renunciar à perspectiva de soberania da produção aeronáutica.

A privatização da Eletrobras é outro grave exemplo da política de destruição nacional. Esquartejada e dilapidada, se levado a cabo o plano do bloco governista liderado pelo PMDB e pelo PSDB, essa histórica empresa será transformada em pasto para a ganância privada, ao mesmo tempo em que o poder público perderá sua mais importante ferramenta de geração e distribuição de energia elétrica. Outros ataques organizados contra o país pelos grupos que tomaram de assalto o governo são a liberação da venda de terras a estrangeiros e o financiamento a multinacionais com créditos de bancos públicos.

DESMONTE – Trata-se de desmontar as bases do desenvolvimento nacional, estabelecidas ou resgatadas durante meu governo e o da presidenta Dilma Rousseff. Tudo fazem para reverter as estruturas fundamentais da independência e da soberania, abrindo portas para um neocolonialismo que multiplica a riqueza de poucos daqui e de fora, destinando apenas sofrimento à classe trabalhadora, aos pobres da cidade e do campo, aos homens e mulheres do nosso povo.

Fazem parte dessa aliança antinacional também setores da Polícia Federal, do Ministério Público e do Poder Judiciário. Mais cedo ou mais tarde saberemos quais os caminhos que levaram alguns funcionários do estado a participar ativamente da desorganização da indústria petroleira, de infraestrutura e energia nuclear, provocando quebradeira e desemprego em setores tão estratégicos para o país.

Sob o pretexto da luta contra a corrupção, dá-se aos ricos um jeito de se safarem com delações premiadas, mantendo suas fortunas, enquanto empresas são estraçalhadas pelo sistema de justiça, liquidando seu capital financeiro tecnológico e humano, abrindo espaço em nossas fronteiras, e além delas, para os conglomerados estrangeiros.

GOLPISMO – A política externa do golpismo igualmente se dobrou à subserviência. Pôs-se fim à diplomacia que praticávamos, altiva e ativa, tão brilhantemente sintetizada pelo músico e escritor Chico Buarque de Holanda, quando afirmou que o governo petista “não falava fino com os Estados Unidos nem grosso com a Bolívia”.  O Itamaraty, comandado pelos tucanos, passou a funcionar como anexo do Departamento de Estado, a chancelaria norte-americana, abandonando os principais programas e instituições da integração latino-americana, rasgando nossa tradição na defesa do direito dos povos à autodeterminação e ridicularizando o Brasil como ator internacional.

O golpe, na área mundial, só trouxe vergonha e desonra aos brasileiros, submetidos ao vexame de um governo que se comporta como refúgio para ambições de outros países. Esse cenário dramático e perigoso é um dos fatores que me levaram a reapresentar meu nome à Presidência da República.

OBRIGAÇÃO – Tenho a obrigação histórica, não importam as condições pessoais nas quais me encontro, de conduzir nosso país ao reencontro com a democracia e a soberania, com o claro compromisso de revogar – por meio de referendo popular – todas as medidas daninhas à nossa independência.

Quero voltar a ser presidente para que o Brasil retome seu protagonismo no cenário mundial e o respeito dos povos de todo o planeta, retornando ao empenho de erguer uma nova ordem internacional que seja democrática e multipolar, alçada sobre o direito à autodeterminação e a paz entre as nações.  Combaterei com todas as minhas energias, até o último dos meus dias, nessas eleições que se avizinham e em todas as próximas batalhas, para derrotar os entreguistas que solaparam nossa ordem constitucional e soberana.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Caramba! Na Faculdade de Direito a gente aprende que a função da pena é recuperar o preso e prepará-lo para a vida em sociedade, mas eu nunca tinha visto uma recuperação tão rápida. Com menos de quatro meses na cadeia, Lula da Silva é outro homem. Lê um livro atrás do outro, está interessado em Espiritualidade e consegue escrever artigos primorosos como este. Na minha opinião, se não conseguir ser candidato à Presidência, Lula deveria tentar a Academia Brasileira de Letras. Quanto ao teor do artigo, fica parecendo que Lula está lendo diariamente a Tribuna da Internet, mas isso deve ser Piada do Ano . (C.N.)

36 thoughts on “Piada do Ano! Na cadeia, Lula “escreveu” artigo para o Correio Braziliense

  1. Me admiro do CN, ainda publicar, este tipo de propaganda petista. A diversidade acaba quando ela não passa de propaganda política e não serve, nem, para a discussão. O Lula é um analfabeto que nunca escreveria o texto em epigrafe e, então, não deveria ter sido publicado.

    • Como se pública uma excrescência dessa? É fato como esse que, mais do que o Lula comunista, levou o Brasil a situação atual e devido a isso, segue para pior.
      Meus sinceros pêsames tribuna da internet.

  2. Publicar uma mentira escrita por um anônimo pra dar crédito a um ignorante, o qual tem preguiça em ler, nunca escreveu nada digno e só da valor ao papel quando esta defecando, é valorizar fake news.

  3. Inacreditável! O mergulho em si mesmo, fruto de meses de introspecção, transformou a criatura, notoriamente um analfabeto funcional, em Hemingway. Puxa! Mais alguns meses e teremos direito a um Nobel. Fica, lula, fica!

  4. O blogueiro perde tempo ironizando o “artigo” pretensamente escrito pelo 51, fizesse coisa melhor e bem mais útil, deixe de publicar tais tipos de mentiras, factoides fruto da mania de perseguição que sofrem todos os perdedores.

  5. Por favor, esse Blog é de gente de bem e esse lixo de gente, Traidor do Brasil, cínico e mentiroso, não merece respeito é um “Criminoso de Lesa-Pátria Contumaz” ! Cadeia Nelle e na sua Orcrim !

  6. Este artigo, obviamente, não foi escrito por Lula e sim por um ghost writer (em português “escritor fantasma”) mas a expressão “ghost writer” é consagrada nos meios acadêmicos brasileiros. Trata-se de pessoas que dominam o português, sabem escrever, e se prostituem escrevendo dissertações, muitas vezes de final de cursos universitários, tais como monografias, teses, para alunos incapazes de fazê-lo, mediante pagamento em dinheiro. Todavia, esta escrita comprada de um desses prostitutos da escrita, em vez de beneficiar, ridicularizou ainda mais a figura de Lula, porque todos já sabem o seu fraco , tortuoso e insuficiente conhecimento literário. È só lembrar das inúmeras ofensas à gramática e ao vernáculo que Lula perpetrou em todos os seus discursos.

  7. O ghost-writer soube encarnar bem a megalomania do Napoleão de Garanhuns. Este, por sua vez, como não lê textos longos, deve tê-lo aprovado de orelhada. De modo que ficamos na esdrúxula situação em que nós, leitores, nos demos ao trabalho de ler um verdadeiro libelo a mentira e enganação, enquanto seu pretenso autor se poupou desse masoquismo.

  8. Aprendemos de duas tradições nossas, outrora, culturais –
    hoje, comerciais – carnaval e futebol. Ambas surtiriam efeito letárgico na população, enquanto o estado de atenção dos Congresistas se elevaria: projetos lesas-pátrias, bem como aqueles para lesionar direitos e o bolso da sociedade, eram votados “adespôis das doze badaladas noitúnicas!” Cumo a mode suntava o sardoso Bento Cainêro.
    Mellhor que a atmosfera futebolística e carnavalesca, para os traidores domésticos e os piratas estrangeiros, só tendo no governos dirigentes fracos e moralmente esgarçados.
    Quem órbita pelo circuito dos poderes, em Brasília, dá conta de que, após o impeachment da Dilma Rousseff, o vaivém de lobistas se intensificou. Figuras disfarçadas de representantes comerciais, vendedores de planos e pacotes etc. Lobistas e lobos vorazes, aproveitando-se da fragilidade dos podres poderes para comprarem os espólios remanescentes do patrimônio nacional.
    PS: Do Artigo Acima: os Tópicos e Subtópicos foram exalados pelo bafo do Lula. Mas a taxografia deixa veementes indícios de uma pena de aluguel.

  9. Este cara não tem capacidade de escrever nada. Todos sabem de suas limitações. Isto foi escrito por outra pessoa. Deveria dar-lhe algumas folhas de papel e um determinado tempo para escrever algo. Acho que findo este tempo nada de útil seria escrito.

  10. O que precisamos refletir e com urgência resolver é se chegaremos em 2019 com essas pessoas que estão nas três instituições maiores do país: executivo , legislativo e judiciário. Podemos algum dia ser uma nação democrática com essas pessoas? Creio impossível. Toffoli com presidente do STF, Eunicio , Renan ou Jucá como presidente do Congresso e Lula como
    Candidato a Presidente da República. Será que somos condenados ad eterno a uma imoralidade dessa. Precisamos dar um novo rumo ao Brasil. Mas como diz o C.N. quem se interessa.

  11. Newton, eu já disse aqui no Blog e na “tribuna da Imprensa Impressa” que Lula não é esse apedeuta que muitos pensam. Não me admiro do que escreve porque é tão claro e sabido o que está acontecendo que é dificil pessoas até de média cultura não saberem. Você sabe que sou trabalhista seguidor de Getúlio, Jango e Brizola e o PT ideologicamente é nosso principal adversário. Mas nessa confusão algum interesse muito forte está por trás disso tudo. Eu acho que já disse que Lula não deve ser candidato. Mas se deixarem-no escrever ele ainda pode transferir uma boa parte de seus votos. O único erro é achar que a esquerda tem que se submeter a ele Lula. Não é ao PT é a ele e sua vontade. Ninguém tem força para lhe dizer nada. “Lula representa aquele indivíduo que estava se afogando e uma pessoa que ele não simpatizava gritou dizendo que ia jogar uma corda e o indivíduo não aceitou. Preferiu morrer afogado.

    • Caro Aquino;

      Não é que o texto seja um primor literário, é apenas escorreito e formalmente bem acabado. Mas basta confrontarmos com os bilhetes escritos de próprio punho, que certamente também tiveram algum acompanhamento, e logo se vê que seria humanamente impossível o Codinome Barba traçar linhas minimamente aproximadas.

  12. “”” …é um analfabeto que nunca escreveria o texto em epigrafe … “””
    “”” … Publicar uma mentira escrita por … …um ignorante, o qual … … só dá valor ao papel quando está defecando, … “””
    “”” … a criatura, notoriamente um analfabeto funcional, … “””
    “”” … “artigo” pretensamente escrito pelo 51, … “””
    “”” Isto … … fede a discurso guerrilheiro JD. “””
    “”” Na mosca! “””
    “”” … Traidor do Brasil, cínico e mentiroso, não merece respeito … “””
    “”” Este artigo, obviamente, foi escrito por … …um … … “escritor fantasma”, … pessoa que … … se prostitui, escrevendo … para …os incapazes de fazê-lo, … … esta escrita comprada de um desses prostitutos …, em vez de beneficiar, ridicularizou ainda mais a figura … … todos já sabem … … das inúmeras ofensas à gramática e ao vernáculo que … perpetrou em todos os seus discursos. “””
    CONCORDO, COM TODOS !!!
    *+*+*+*
    Mas sou admirador incondicional de Luís Gonzaga e lembrei-me de uma de suas músicas:
    ““”Oh, oh, oh!
    Qui mintira, qui lorota boa (2x)”””
    .
    Ora, um anaUphaBruto que NÃO SABE ESCREVER
    um “O” com uma tampinha de refrigerante
    um “J” com um anzol
    um “U” com uma ferradura, mesmo a usando
    um “I” com um palito de fósforo queimado
    um “Y” com uma forquilha
    um “H” com um pedaço de escada
    um “E” com parte de um ciscador
    um “B”, sentado nu, na areia da praia
    NÃO ESCREVERIA, MESMO, NUNCA, “ISSOAÍ”

  13. Isso é de fazer rir até ao mais ranzinza dos homens!!! Nunca, mas nunca mesmo esse artigo foi escrito pelo molusco. Ele mal consegue desenhar o próprio nome! Se é uma piada, valeu! Estou rindo até agora!

  14. Eles sabem que neste Brasil, juvenil, varonil, senil ou seja lá que IL for, não haverá uma só viva alma que acreditará que o molusco tenha escrito este artigo.
    Portanto, deve-se tratar pseuda a autoria do escrito pelo lula, como provocação, ou então o mais provável, UMA GOZAÇÃO.

  15. C.N.! Você bem sabe que esse texto não foi escrito por ele! Se o publicou, está fazendo pouco caso dos seus leitores e numa forçação de barra, deixando seus impulsos aflorarem na tentativa de ressuscitar defunto…

  16. Levi, você pensa sobre o que eu sei sobre o Lula. Lula estudou na IDESIL e na John Hopkins University nos EEUU. Não fez curso superior, mas cursou sindicalismo. Foi representante da ALFACIO na América do Sul. Isso lhe dá alguma base. Principalmente para escrever o que escreveu. Não é crível que alguém entre em sua cela para escrever artigos para ele. Se você sabe aconselho que denuncie. Não podemos ser enganados.

  17. Esse Lula é a própria fraude em pessoa.
    O que é dele, não coloca em seu nome, vide o triplex e o sítio de Atibaia; e o que não é dele, vide este artigo, coloca em seu nome.

    • Diga isso ao Barão de Itararé, ao Estanislau Ponte Preta, Tristão de Ataíde, Artur da Távola, Pagu, Marques Rebelo, Pedro Dantas, George Orwell, Lewis Carrol, Mark Twain, Pablo Neruda, Ferreira Gullar, George Sand, Voltaire, Moliere e a outros tantos importantes para a literatura com os seus pseudônimos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *