Piada do Ano! Sem dizer de onde saem os recursos, Bolsonaro promete ajudar 750 mil caminhoneiros

Bolsonaro inaugura novo trecho do Ramal do Agreste em Sertânia - Pernambuco  em Pauta

Para ganhar votos, Bolsonaro promete mundos e fundos…

Deu no G1 Brasília

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prometeu nesta quinta-feira (21) pagar um auxílio a 750 mil caminhoneiros para compensar o aumento do diesel. Ele não disse de onde vai tirar os recursos nem a partir de quando o benefício será pago.

A declaração foi em discurso em Sertânia, em Pernambuco, onde Bolsonaro esteve para inaugurar um ramal de distribuição de água no agreste do estado.

DISSE BOLSONARO – “Decidimos então… Os números serão apresentados nos próximos dias… Nós vamos atender aos caminhoneiros autônomos: em torno de 750 mil caminhoneiros receberão uma ajuda para compensar o aumento do diesel”, afirmou o presidente em discurso para apoiadores.

Em setembro, a Petrobras anunciou reajuste no preço do diesel vendido às distribuidoras. Com o reajuste, o preço médio de venda do diesel passou de R$ 2,81 para R$ 3,06 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,25 por litro. O reajuste entrou em vigor em 29 de setembro.

Nas bombas, dados da ANP mostram que, na semana passada, o valor médio do litro do diesel foi de R$ 4,97 e máximo, de R$ 6,41.

GASOLINA NAS ALTURAS – O anúncio é feito num momento em que o mercado reage negativamente aos preços dos combustíveis e à proposta do governo de obter uma licença para desrespeitar o teto de gastos para cumprir a promessa de pagar R$ 400 para beneficiários do Bolsa Família em ano eleitoral.

O anúncio do pagamento dos R$ 400 a partir de novembro até o final de 2022 – ano eleitoral – foi feito na quarta-feira (20) pelo ministro da Cidadania, João Roma, que não explicou de onde viria o dinheiro.

No mesmo dia, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo estuda rever o teto de gastos, que limita o crescimento dos gastos do governo, ou permitir que uma parte do auxílio fique de fora desse teto.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O que o governo quer é atrair eleitores, através de permissão do Congresso para repetir impunemente as pedaladas fiscais que causaram o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Como diz a humorista Gorete Milagres: “Oh, coitado!!!” (C.N.)

6 thoughts on “Piada do Ano! Sem dizer de onde saem os recursos, Bolsonaro promete ajudar 750 mil caminhoneiros

  1. Margareth e Elisabeth explicam.

    “Jamais esqueçam que não existe dinheiro público. Todo dinheiro arrecadado pelo governo é tirado do orçamento doméstico, da mesa das famílias”
    Margaret Thatcher 1925 – 2013, Primeira Ministra do Reino Unido, 1979 – 1990

  2. Uma estupidez completa, dirigida a tentar enganar os caminhoneiros e os eleitores que já perceberam a realidade. Tirar dinheiro de todo o povo (pois é o único lugar de onde vai sair) para compensar a imoral política de preços da Petrobrás dirigida apenas para aumentar os lucros dos seus acionistas às custas do mercado interno e da economia do Brasil é roubar duas vezes a subsistência desse povo sofrido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *