Piada do Ano: Vaccari diz que não houve propina ao PT

Deu na Folha

As defesas de 10 dos 27 réus, acusados de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, negam que seus clientes tenham participado do esquema de propinas na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato. Os advogados dos outros réus não quiseram se pronunciar ou não foram encontrados.

O tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, disse por meio de nota que “repudia” as citações a ele feitas por delatores. O petista nega ter recebido qualquer recurso ilegal, proveniente de pagamento de propina ou não.

No texto, Vaccari ressalta que não era tesoureiro do PT “no período citado” – a Procuradoria diz que ele ajudou a intermediar propinas por meio de doações oficiais à sigla entre 2008 e 2010. Vaccari assumiu em fevereiro de 2010, segundo o partido.

DUQUE AGUARDA A DENÚNCIA

A defesa de Renato Duque, ex-diretor de Engenharia e Serviços da Petrobras apontado como afilhado do PT na estatal, disse que não se pronunciará enquanto não acessar a denúncia.

A defesa da empreiteira OAS, que tem seis funcionários citados na denúncia –inclusive o presidente da empresa, José Adelmário Pinheiro, conhecido como Léo Pinheiro–, nega que eles tenham participação no esquema de propina na Petrobras.

Quatro executivos da OAS continuam presos na Polícia Federal em Curitiba. Além de Léo Pinheiro, estão encarcerados o vice-presidente do conselho, Mateus Coutinho, o diretor-presidente da área de petróleo e gás, Agenor Medeiros, e o engenheiro José Ricardo Breghirolli – só o último não virou réu nesta ação.

MENDES JÚNIOR

Os advogados da empreiteira Mendes Junior, que possui oito funcionários citados pelo Ministério Público Federal, disseram que não se pronunciam sobre inquéritos e processos em andamento.

Entre os mencionados pelo Ministério Público Federal na denúncia está Sergio Cunha Mendes, vice-presidente executivo da empresa.

Ele está preso na Polícia Federal em Curitiba desde novembro do ano passado, quando ocorreu a sétima fase da Operação Lava Jato.

Questionada sobre a participação de seus clientes, a advogada Beatriz Catta Preta, defensora do ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, de Julio Camargo e de Augusto de Mendonça Neto – ambos, executivos da Toyo Setal –, afirmou que não iria se pronunciar sobre o tema.

Os três réus representados por Catta Preta fecharam acordos de delação premiada com o Ministério Público.

O advogado Rogério Marcolini, que representa Mario Goes e Lucélio Goes, mencionados pelo Ministério Público Federal na denúncia como operadores do esquema, negou que seus clientes tenham pago, recebido ou facilitado pagamentos de propina.

NÃO ENCONTRADOS

O advogado arrolado no processo como defensor de Sônia Branco – apontada pela como operadora no esquema–, Adriano Carrazza, disse que não a representa mais.

Nesta segunda-feira (23), a Folha não encontrou as defesas do doleiro Alberto Youssef, do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e de Dario Teixeira e Waldomiro de Oliveira – citados na denúncia como operadores.

10 thoughts on “Piada do Ano: Vaccari diz que não houve propina ao PT

  1. A lógica é simples: Se é do PT, é culpado, não é necessária nenhum prova. Mas se for do PSDB, e houver provas, testemunhas voluntárias (não delação premiada), cheques, etc… Tudo é armação.

    • Cara o que você quer. Mais provas do que estão sendo mostradas é impossível. Desde o mensalão a corrupção se tornou uma norma neste governo de bandidos. A cada dia explode um caso de corrupção. Já são tantos que às vezes até fazemos confusão. É só procurar na internet que veremos dezenas de casos que ocorreram desde 2003. Para te lembrar é só procurar profundamente que veremos mais petralhas com a mão metida na cumbuca. Para refrescar sua mente: empréstimos fajutos do BNDES, mais médicos, fundos de pensões dos Correios, Caixa Ecônomica, Banco do Brasil, Petrobrás, copa do mundo,e os que ainda aparecerão o mais breve possível.

      • Vc falou “casos”, é diferente de provas. Manchetes, e editoriais NÃO são provas. Tem que matar a cobra e mostrar a cobra MORTA, não adianta mostrar o pau, que teria sido usada para matá-la. É isso que está acontecendo. Dezenas até centenas são os “casos” que até nos confundem. Mas poucos são os que realmente se tem provas concretas, reais, dignas de crédito. Confissão de bandidos, sem provarem o que confessam, nada mais é do que fantasia.

    • Caro Ronaldo Luiz, a tua postagem é típica de um guri de 10 anos. “Quero o meu doce!” Estudar, ler e aprender poderia te ajudar. Agora, sendo Lullanalfabeto, vais continuar postando como um debilitado mental.

    • Obrigado David. Não dá para ficar omisso diante de tantas bocalidades que estes petralhas escrevem. Tudo o que esta acontecendo agora é porque o brasileiro é um povo muito passivo. Se fossemos mais interessados talvez esta raça já estaria extinta como os dinossauros.

  2. Acho que a malta da cúpula petralha vai culpar o mordomo, no caso o tesoureiro, para se safar. Não que este seja inocente, mas porque são todos uns velhacos.

  3. Deixem ele falando…. se continuar assim, vai ser o carequinha Valério do PT. 40 anos de cana e os bandidões da quadrilha curtindo uma vida adoidados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *