Piada do Dia: Relator da CPI acha Pasadena “um bom negócio”

Mariana Jungmann
Agência Brasil

O relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, deputado Marco Maia (PT-RS), pediu hoje o aprofundamento das investigações sobre 57 pessoas e 20 empresas envolvidas nas denúncias de irregularidades na estatal do petróleo. O pedido consta do relatório final da CPMI apresentado pelo parlamentar aos integrajntes da comissão.

“Podem os agentes serem condenados por diversos crimes como corrupção ativa, corrupção passiva, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, fraude em licitação, formação de cartel, além de outros que porventura surjam no curso das investigações de atos de improbidade administrativa”, ressalta o relator no documento.

Marco Maia não pede o indiciamento direto de nenhuma pessoa além das que já foram indiciadas na Operação Lava Jato. Ele optou por apenas corroborar e ratificar os procedimentos de indiciamento na esfera judicial. “Nós temos já no curso das investigações uma série de indiciamentos e denúncias que já foram produzidos pela Polícia Federal ao Ministério Público e do Ministério Público ao Judiciário. Então seria inócuo que nós produzíssemos aqui, por exemplo, o indiciamento único e exclusivo ou a tipificação penal do Paulo Roberto Costa, que já está indiciado pelo Judiciário”, justificou o relator.

PASADENA ERA “INTERESSANTE”

O relatório de Marco Maia trata de cada eixo de investigação previsto no requerimento de criação da CPMI. Sobre a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, ele concluiu que o negócio era de fato interessante para a Petrobras quando o contrato foi firmado, em 2006. O Tribunal de Contas da União (TCU) produziu acórdão no qual aponta que a compra da refinaria causou prejuízo de US$ 792 milhões para a companhia brasileira, depois que ela foi obrigada a adquirir os 50% restantes da refinaria mesmo não tendo mais interesse no negócio.

Para o relator da CPMI, o contrato que posteriormente se mostrou ruim para a Petrobras, inicialmente era bom e a mudança no cenário do mercado internacional provocou o desinteresse em fazer reformas na refinaria que propiciariam maior lucro. Ele recomenda que o acórdão do TCU “precisa ser reavaliado, em virtude de ter sido baseado em cenário que deixou de considerar fatores importantes que justificam o negócio”.

Sobre os indícios de sobrepreço na construção da Refinaria de Abreu e Lima, Marco Maia concluiu que a Petrobras demonstrou não ter “estrutura ou governança para gerenciar a implantação dessa grande unidade de refino”. Segundo o relator, a CPMI apurou que a refinaria acabou custando para a Petrobras US$ 4,2 bilhões a mais do que deveria ter custado.

SÓ PROBLEMAS DE GESTÃO…

Para o relator, aumento do preço da refinaria está relacionado, entre outras coisas, a problemas de gestão, como o fato de a Petrobras avocar para si custos e riscos geralmente repassados às construtoras e o reajustamento dos prazos de execução das obras, gerando custos indiretos.

Sobre os contratos com a empresa holandesa SBM Offshore, fornecedora da Petrobras, o relator concluiu que há fortes indícios de pagamento de propina a funcionários da estatal, tendo como possível corruptor o representante da empresa holandesa no período investigado, Julio Faerman.

“Mesmo que as investigações desenvolvidas por esta CPMI, neste eixo de trabalho, não tenham sido conclusivas quanto ao montante e periodicidade da materialidade do ato ilícito, nem da individualização dos agentes envolvidos, há prova emprestada a esta comissão suficientemente capaz de se concluir por irregularidades nas práticas de funcionários da Petrobras e da SBM Offshore”.

Os integrantes da CPMI vão agora analisar o relatório, propor emendas ou até um voto em separado com outra proposta de relatório e a votação do texto de Marco Maia, que deve acontecer no dia 17. A CPMI tem prazo máximo para ser encerrada até o dia 22 de dezembro deste ano.

8 thoughts on “Piada do Dia: Relator da CPI acha Pasadena “um bom negócio”

  1. Uma decisão digna do grande deputado federal marco Maia. Tudo a altura de seus conhecimentos contábeis e econômicos. O que o dinheiro faz com as pessoas pobres de espirito e de conhecimentos!
    Outro que engordou. Lembram quando mencionei o estado de opulência física do senador Paim? Procure as fotos deles alguns anos passados.
    É claro que ele não poderia dizer, escrever, sofismar outra coisa Do contrário, colocaria sua rainha na forca ou na guilhotina.
    É um dos deputados mais desprovidos de inteligência da atual e da próxima gestão. Ou será gestação? Quando comento atos de certos indivíduos, sou acometido das suas (deles) lacunas de inteligência.
    Deputado, um dia a casa cai e, queira ou não, a sua (dele) está segura por um fio.
    Não deverá se queixar se amanhã, por caso ou necessidade, o gato pular do telhado.

  2. NO QUE SE REFERE, para usarmos uma das expressões da preferência da presidente Dilma Rousseff, à conclusão da comissão da verdade que culpou 377 pessoas ligadas a ditadura de 50 anos atrás (A GRANDE MAIORIA JÁ MORTAS), É UM JOGUINHO DE CENA DA PETESADA E AGREGADOS.
    VEJAM SÓ, A CPI DA PETROBRAS CHEGOU À CONCLUSÃO DE QUE NÃO EXISTE CULPADOS PELO ROUBO DE BILHÕES DA PETROBRAS QUE VEM OCORRENDO DESDE O INICIO DO GUNVERNO PETRALHA.

  3. Também, o que esperar de um petista? Decência? Honestidade? Probidade? Não, dessa gente esperamos oportunismo, falcatruas, indecência, desonestidade e muita, muiiiiiiita burrice mesmo.

  4. Ah,Marco Maia, quanta safadeza,quanta falta de dignidade! E ainda por cima (ou por baixo?),com a maior desfaçatez empurra o pepino para outras esferas.
    Vivo estivesse o grande Sérgio Porto (Stanislaw Ponte Preta), com certeza colocaria a sua fala: ” Mesmo que as investigações desenvolvidas por esta CPMI, neste eixo de trabalho, não tenham sido conclusivas quanto ao montante e periodicidade da materialidade do ato ilícito, nem da individualização dos agentes envolvidos, há prova emprestada a esta comissão suficientemente capaz de se concluir por irregularidades nas práticas de funcionários da Petrobras e da SBM Offshore”, na seção do FEBEAPA (Festival de Besteira que Assola o País)!
    Como diz o guru Newton: “E la nave va”!

  5. Li a matéria publicada hoje, em diversos jornais, sobre o relatório da CPI (Mista, aliás, MISTA FRIA) de autoria do deputado Marco Maia.

    Estupenda peça literária ! Magnífica! Insuperável !

    Como acredito em reencarnação, cheguei à conclusão que o nobre deputado deve ser a versão século 21 do saudoso Sérgio Porto, pois o relatório de sua autoria parece uma miscelânea do FEBEAPÁ com o SAMBA DO CRIOULO DOIDO.

    Marco Maia é um forte candidato a receber títulos de DOUTOR HONORIS CAUSA em várias instituições que perderam o respeito consigo mesmo.

    Ele diz que pagar mais de UM BILHÃO DE DÓLARES por sucata foi um bom negócio.

    Isso é o mesmo que um gaúcho pagar 1.000% acima do valor real por um cavalo velho e doente, com as patas quebradas.

    Francamente, o Rio Grande do Sul já teve políticos de melhores estirpes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *