A melhor piada do início de ano, na posse de Dilma

Convidados exibem cartaz com a frase 'Dilma e Graça Forster (presidente da Petrobrás), grandes estadistas' no interior do Palácio do Planalto durante cerimônia de posse do segundo mandato da presidente

Carlos Newton
A curiosa foto é de André Coelho, da Agência O Globo, e foi postada esta quinta-feira no portal do G1, o site de notícias da Organização Globo. À primeira vista, fica parecendo que essas pessoas estavam participando da manifestação de protesto que ocorreu ontem em Brasília, contra a posse da presidente. E o cartaz feito em casa é perfeito para ironizar Dilma Rousseff, que comanda um dos piores governos da História do Brasil, e Graça Foster, presidente da Petrobras, que se agarra ao cargo com uma disposição realmente estranha e injustificada.
  Mas depois, quando a gente lê a legenda postada abaixo da foto, vem uma surpresa:”Convidados exibem cartaz com a frase ‘Dilma e Graça Forster (presidente da Petrobrás), grandes estadistas’ no interior do Palácio do Planalto durante cerimônia de posse do segundo mandato da presidente“.
  Caramba! Quer dizer que essas convidadas estava querendo agradar Dilma e Graça Foster?… Então, merece ser a primeira inscrição para a Piada do Ano, feita por convidados bem trapalhões, que imitam o estilo do Peter Sellers, mas sem a elegância britânica do genial ator.
  Mas houve uma injustiça: o cartaz feito em casa esqueceu de homenagear outra convidada especial do evento, a também grande estadista Erenice Guerra, que no final do segundo mandato de Lula transformou a Casa Civil num balcão de negócios de sua família e hoje comanda a mais próspera consultoria de Brasília, seguindo os exemplos de José Dirceu, Antonio Palocci, Delubio Soares e Fernando Pimentel, que também enriqueceram ilicitamente às custas do tráfico de influência com governos petistas. E la nave va, sempre fellinianamente.

21 thoughts on “A melhor piada do início de ano, na posse de Dilma

  1. Uma das “parceiras” da dupla propagandista, com o rosto coberto, está a beber algo, sabe-se lá o que.
    Pela aparência de ambas as autoras da façanha, certamente desconhecer o termo estadista, a não ser que tenham confundido com “donas do estado”.
    Tem gente que, por dinheiro ou por amor, se presta para cada bobagem! A aparição da “Berê” também mostra a profunda amizade com a presidente Dillma.
    A republiqueta brasileira se aproxima, perigosamente, das mais decadentes de nosso continente.
    A pobreza financeira, com sorte, pode ser resolvida com um premio de loteria. Mas quando é de espírito, bem, é muito difícil solucioná-la.
    Ambas as cerimônias de posse de Dillma estão repletas de safanagem (finas flores da sacanagem e da safadeza): dos empossados aos convidados especiais, sem esquecermos os “levados” de ônibus e lanches.
    São todos participes do maior golpe, democrático e republicano, praticado em nosso país.
    Na foto, a imagem do “gajo” a direita, pode ser comparado aos brasileiros que ainda estão acordados e não dominados. Atônito, incrédulo, assiste o ato ridículo de duas pessoas não menos ridículas.

  2. Gente, na verdade, elas querem dizer, gran desestadistas, vou traduzir, pois esta linguagem é dilmês castiço, são poucos especialistas versados nesta linguagem, aí vai, DILMA E GRAÇA, GRANDES PETRALHAS

  3. Dilma Rousseff, a leoa do planalto, venceu Aécio , FHC e Agripino, nas urnas. Vitória sensacional foram mais de 53 milhões de votos. Não é brincadeira. Que Deus proteja esta mulher de fibra, e que o seu governo atenda a todos os brasileiros.
    PS: Meu Deus, sê Bendito pela vitória concedida a Dilma Rousseff. E que espíritos bons protejam Dilma e a ajudem a fazer bom uso do poder que o povo lhe concedeu.

    • Sr. Renato, não invoque Deus para essa petralhada, eles são adeptos do demo, e fizeram o Diabo para ganhar as eleições. E a Dilma será conhecida historicamente como Dilma a Breve. Vade retro satanás!

  4. “Após o PT ter dito que tentaria trazer cerca de 30 mil pessoas para assistir à posse da presidente Dilma Rousseff nesta quinta-feira (1º), uma fotografia panorâmica da praça dos Três Poderes no momento em que Dilma discursava no parlatório mostra que o plano petista não deu certo. O UOL fez uma contagem do número de pessoas presentes no local e constatou que não passavam de 6.000 os que estavam assistindo à presidente falar.

    A contagem que o UOL fez tomou por base uma foto panorâmica produzida pelo repórter Sérgio Lima, da “Folha de S.Paulo”, da praça dos Três Poderes. Dentro dos limites da praça havia cerca de 4.200 pessoas. Na área lateral a contagem não foi possível devido à copa das árvores, mas a reportagem do UOL estava presente e constatou que havia visivelmente menos da metade das pessoas nesse local em relação ao que havia na praça. Numa estimativa generosa, o público total do evento ficou em torno de 6.000 pessoas no momento do discurso no parlatório.”

    Uol Notícias.

    • Caro Pedro, meu falecido pai utilizava uma frase ótima para mulher feia (e feiura delas não é só física é moral também), quando ele via uma mulher feia dizia ser um breve contra tesão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *