Planalto tenta responder as acusações de Gilmar Mendes

Nenhum governo combate a corrupção com este, diz Cardozo

Denise Rothenburg e Eduardo Militão
Correio Braziliense

As afirmações do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes em entrevista publicada pelo Correio ontem enfureceram o governo e o PT, a ponto de o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, se prontificar a responder.

O que mais irritou o governo, em especial a presidente Dilma Rousseff e os ministros, foi Mendes dizer que “o uso de recursos de estatais para atividade política não se trata de acidente, mas de um método de governança”.

Para o governo, entretanto, Mendes ultrapassou todos os limites. “Um governo que tem como método a corrupção não se investiga nem cria mecanismos para essas investigações”, disse Cardozo. “Quem regulamentou as delações premiadas foi o nosso governo. Do governo Lula para cá não nomeamos engavetadores. Antes do governo Lula, tínhamos ausência efetiva de políticas e mecanismos de combate à corrupção, que, no Brasil, não nasceu hoje, é histórica.”

ENGAVETAMENTOS

O ministro da Justiça afirmou ainda não se lembrar de um tempo em que o Supremo debatesse tantos casos de corrupção. “E não é que não tenha existido, e sim porque a maioria dos processos nem chegava lá. Eram engavetados antes”, comentou.

Cardozo, porém, não comentou o arquivamento pelo procurador-geral, Rodrigo Janot, do pedido do ministro Gilmar Mendes para investigar a gráfica VTPB, suspeita de ser uma empresa de fachada. A VTPB recebeu nas últimas eleições R$ 28 milhões, sendo R$ 16 milhões da campanha da presidente Dilma. O ministro estranha que a “empresa” que recebe esse enorme volume de dinheiro, não tenha um único funcionário contratado, não disponha de parque gráfico e não tenha sede aberta para funcionar.

NOTA DE JANOT

Ontem, a própria Procuradoria divulgou uma nota de esclarecimento para explicar que arquivamento se referia a um procedimento de maio e que, “conforme análise, não foram constatadas irregularidades praticadas pela empresa no que diz respeito às esferas eleitoral e penal”.

“Os fatos narrados não trazem indícios de que os serviços gráficos não tenham sido prestados nem apontam majoração artificial de preços. Por isso, a PGE manifestou-se pelo arquivamento do procedimento. Cabe destacar que outras representações continuam em andamento na Procuradoria-Geral da República”, diz o texto.

Na entrevista ao Correio, Mendes citou outra empresa que considera suspeita, a Focal, que trabalha com comunicação visual.

12 thoughts on “Planalto tenta responder as acusações de Gilmar Mendes

  1. “Um governo que tem como método a corrupção não investiga” – Cardoso foi mais exato do que pensa ao dizer isso, porque o atual governo realmente não investiga a corrupção e ainda tenta blindar de todos os modos os seus integrantes contra as investigações. Cardoso convenientemente se esquece, para tentar convencer os incautos, de que a Polícia Federal e o Ministério Público não são órgãos do governo, são órgãos do estado. O discurso do governo de que ele é o que mais tem investigado e criado mecanismos contra a corrupção é pura cortina de fumaça.

  2. “Nenhum governo combateu mais a corrupção do que este”. Isso me deixa apavorado, pois nunca se teve tanta corrupção quanto neste governo. O que aconteceria se o governo não combatesse com tanto empenho a tal da corrupção?

  3. Estes caras tem que meter o rabo entre as pernas, ficarem calados e tomarem um avião para Cuba. Pois, lá é o lugar desta raça de quadrilheiros. O Juiz Moro disse hoje:

    “Perdemos a dignidade’, diz Moro sobre a corrupção Juiz da Lava Jato o primeiro palestrante do Exame Fórum 2015.”

    A história deste governo desde 2003 esta assentada na corrupção em todos os níveis.

  4. Excelente comentário acima de Wilson Baptista Junior!

    Esse governo PilanTra não está investigando NADA, tampouco criando mecanismos para essas investigações!

    Afinal as estruturas e mecanismos de investigação já existem, e independem (que bom!) desse governo! Aliás esse governo tem tentado atrapalhar bastante, na medida da sua competência.

    Felizmente (e para o bem deste país) a competência legal e administrativa do governo para atrapalhar é bem pequena! Ele tem usado todas as “vias políticas” de que dispõe, mas os resultados não têm sido grandes. Ainda bem!

  5. Advogado da Dilma 1 x 0 Advogado do PSDB e penduricalhos

    Geraldo Brindeiro, o engavetador geral da república, arquivou 374 representações contra o
    des-governo fhc, eis a diferença. Quer queiram ou não.

  6. Era melhor ter passado direto nem ter lido essa linda conclusão que chegou o Ministro da (in)Justiçia……

    “Nenhum governo combate a corrupção como este, diz Cardozo”..

    Ah, é,é,,,,,,Então me diga honorável ser deste Planeta, cadê o combate ao roubo do Metrô de são Paulo desde quando entrou em cartaz a Quadrilha do Efeagacê;.?????
    30 anos de roubo, e olhe que nem vou citar outros roubos, a pérder de vista, mais de 10 bilhões surrupiados bem na sua cara….!!!!
    VIVE LA FRANCE

  7. DEVEMOS NOS CONTENTAR, PORQUE “Nenhum governo combate a corrupção com este”
    QUEM SABE ESQUECER, DE TUDO QUE FOI ROUBADO, E DEIXAR COMO TA ?????????????

    BAHHH, TEM PROVA SUFICIENTE, CONTRA DILMA, LULA, E MAIS DE 90% DO CONGRESSO, MAS FICA COMO TA ??? PORQUE “Nenhum governo combate a corrupção com este”

    SR JANOT, AGE COMO ADVOGADO DO PT, E FICA POR ISSO ? PORQUE “Nenhum governo combate a corrupção com este”

    E AS MALAS QUE O SR JANOT, TROUXE DE PROVAS DO FBI, QUANDO FOI AOS EUA ??? TA TUDO CERTO ?, NAO TEM NIMGUEM A SER INDICIADO ??? FICA ASSIM ? PORQUE “Nenhum governo combate a corrupção com este”

    I N T E R V E N S A O M I L I T A R J A… PORQUE “Nenhum governo combate a corrupção com este”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *