Plano B de Lula não é um candidato substituto, mas um levante popular

Resultado de imagem para plano B charges

Charge do Mário (Arquivo Google)

Carlos Newton

Com as colocações do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, e da procuradora-geral Raquel Dodge, ficou patente que não haverá candidatura de Lula da Silva nem participação dele na campanha eleitoral pelo rádio e televisão, desfazendo a pretensão do PT.  E quando se esperava que a reação do partido fosse indicar um candidato substituto, o que ocorreu nesta terça-feira, dia 31, foi exatamente o contrário, com início da greve de fome de seis militantes de movimentos sociais, sob coordenação direta de João Pedro Stédile, do MST.

Em entrevista a Octávio Costa e Bernardo de la Penã, do Jornal do Brasil, o líder dos Sem-Terra previu que, se impedirem a candidatura de Lula, a crise política vai se tornar ainda mais aguda. “Ninguém sabe no que vai dar”, desafiou.

GRANDE  DÚVIDA – Stédile realmente tem razão, porque ninguém sabe mesmo o que vai acontecer. É uma grande dúvida, até porque o PT já está convocando outros militantes para se incorporarem ao grupo que iniciou a greve de fome.

Há poucos dias, o ex-ministro Gilberto Carvalho afirmou que, se Lula não for libertado e continuar impedido de disputar as eleições, a solução será um “levante popular”. A declaração foi interpretada como apenas uma bravata, mas na verdade funcionou como uma sinalização.

Na segunda-feira, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, confirmou que neste sábado (dia 4) acontecerá o 15º Encontro Nacional do PT, que vai confirmar a candidatura do presidente Lula à Presidência da República. E, no dia 15, a candidatura será registrada no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, em meio a uma grande manifestação popular, que está sendo organizada pela Frente Brasil Popular, que reúne 88 movimentos e partidos, já atuando em mais de 600 cidades.

PROVA DE FORÇA – Portanto, a primeira prova de força deste movimento nacional pró-Lula será nesta manifestação agendada para o próximo dia 15, que cai numa quarta-feira.

É claro que o sonho do levante popular pode ser um grande fiasco, como aconteceu nas programadas “ocupações” de Porto Alegre e Curitiba. Mas é preciso admitir que há uma pequena chance de o PT, com apoio da Frente Brasil Popular, conseguir organizar um ato público gigantesco em Brasília e a situação fugir ao controle dos órgãos de segurança, que precisam estar atentos a essa possibilidade.

###
P. S.
Acredita-se que na sexta-feira, dia 17 de agosto, a candidatura de Lula já estará rejeitada pelo TSE, pela falta da certidão negativa da Justiça Federal. Se a impugnação for anunciada cedo, tudo pode acontecer. Mas se o TSE somente divulgá-la às 7 da noite, ficará frustrado o protesto armado pelo PT, porque os militantes já estarão nos botecos da vida. Como se sabe, toda sexta-feira à noite comemora-se no Brasil o Dia Internacional da Cerveja. E fica tudo adiado para segunda-feira. (C.N.)

21 thoughts on “Plano B de Lula não é um candidato substituto, mas um levante popular

  1. E coloque fiasco nisso! Zero, possibilidade de sucesso. Não têm mais gás. A senadora não arrasta nem a sua sombra. Stédile é um desequilibrado, aliás, sempre foi. Quem é que, se não um grupo de gatos pingados, vai se envolver numa armação dessas? Zero. Acabou.

  2. Não ocorrerá nenhum levante popular a favor do criminoso condenado em segunda instância.

    Porque a parte honesta deste país, que representa a esmagadora maioria da população, não cai mais nas mentiras da seita lulopetista.

    Lula se afunda um pouco mais, a cada dia, no lodo da decadência, da desmoralização, e do esquecimento.

    Mas seus amigos bajuladores não têm coragem de lhe falar sobre isso.

  3. Realmente o deliro e insanidade de doenças mentais devido a idade atingiu o ideário canhoto.
    Mas caso isso ocorra que prendam todos que fizeram incitação e pronto, cumpra-se a lei.

  4. Fadados ao fracasso. Leiam o livro “a verdade sufocada”, e saberão que o fim dessa corja está muito próximo, se pensam em sair às ruas. O Brasil e seus cidadãos nunca aceitaram a ideologia deles, e nunca vão aceitar. Querem levar mais uma surra?

  5. O PT anuncia esse levante popular desde a prisão do Lula, e até agora na nada. Porque ainda não ocorreu? Parece que o PT está com menos poder de mobilização que os caminhoneiros.

  6. O único levante popular possível já está em curso há semanas aqui na TI com Alex Cardoso e seus FAKE NEWS. kkkkkkkkkkkkkkkkk

    • O levantamento de taças de chopp nas festas do Zé Dirceu custeado pelos nossos bolsos.A Orcrim já não tem dinheiro disponível nem pra comprar pão e mortadela,as reservas existente são pra bancar as viagens pra Cuba, Venezuela e Nicarágua.

  7. para os militontos petralhentos, petralhosos, petrapostemas, petramoleques,
    sexta-feira é dia individual da CACHAÇA.
    são TODOS lisos, dependentes da ROUBALHEIRA e hoje muito dificultada.

  8. O “Brancaleone” de botequim e seu incrível exército, preparam um levante para tirar o molusco da cadeia e instala-lo no Palácio do Planalto.
    O PT faz tempo que anda com esta mania de resolver tudo “na marra”, só que sem combinar com os “russos” que fazem parte do eleitorado brasileiro, neca pau, até porque bravata não é bravura e o petismo até hoje, nada fez do que sempre prometeu.
    Estas “conversas fiadas” deles, estão mais parecendo conversa de bêbado em porta de boteco, não tem eles força para mais nada. Acabou o sonho de um socialismo a moda petista, a Gleise apenas administra a massa falida. Não da mais para levar esta corja de desocupados, a sério.

  9. Lula não será candidato. Quem está esperançosa de conseguir a vaga e Gleisi. Mas existe um candidato fora do PT que espera ser chamado na hora “H”. Já ouve conversa. O problema é Gleisi. Se acontecer o que penso o PT ganhará novamente. A pessoa é um peso pesado e muito conhecido como pessoa séria. Vamos ver.

  10. Se houvesse qualquer possibilidade de um levante popular, isso teria ocorrido com a prisão de Lula.

    Acredito em protestos pontuais, mas jamais um levante popular.

    Inclusive porque uma coisa são intenções de voto, outra coisa é disposição para protestar.

  11. é claro que é um balão de ensaio, e ridiculo. o borges matou quando diz que a população não está nem aí pra esse criminoso sociopata e perigoso. mas, de qq, forma, bem que eu gostaria de um levante e as FFAA assumirem essa baderna

  12. Assisto muito videos que afirmam categoricamente que o PT sempre foi surpreendido pela realidade e não acreditava que as coisas poderiam acontecer.

    Primeiro foi a crise global de 2008, que no Brasil chegou em 2011. Na época o Presidente Lula não acreditava que a crise chegaria ao Brasil e achava que a situação continuaria no Governo Dilma.

    No Governo Dilma ficaram famosas as previsões furadas do Ministro da Fazenda Guido Mantega, sempre desmentidas pelos fatos.

    Quando ocorreram as jornadas de junho de 2013 a reação de Dilma na tv foi patética, querendo conciliação com os manifestantes.

    Em 2014 sofremos um estelionato eleitoral. Fechadas as urnas e revelada a situação das contas públicas, o segundo Governo Dilma simplesmente não existiu em termos de apoio popular, porque a população se sentiu traída.

    Em 2016 o PT não acreditou que haveria o afastamento da Presidência, não acreditava na continuidade do Governo Temer e também não achava que Lula seria preso.

    Somente um fato que muitos não sabem. Roberto Requião, na época governador do Paraná, cortou verbas da mídia para investir em programas sociais e é claro que esse fato provocou um grande conflito com a Globo. Ele investiu na TV pública do Paraná. Ao encontrar José Dirceu, então ministro da Casa Civil, ele relatou o fato e disse que o governo federal precisaria investir em uma tv pública.

    Sabe o que José Dirceu responde a ele? Já temos uma tv, a Rede Globo. E sabemos a Rede Globo é considerada pela PT hoje como o principal veículo do golpe.

    O PT esperava por um levante popular com a prisão de Lula, que não houve.

    Da mesma forma como sua inelegibilidade não causará nenhuma comoção ou levante na sociedade, porque todos esperam isso e esse partido não tem mais o apelo do passado. O tempo deles no poder já passou e muitos ainda não entenderam isso.

    Portanto, os petistas são muito mais arrogantes do que inteligentes.

    E pior é que só acreditam nas coisas quando elas acontecem.

  13. O desejo do PT sempre foi de haver um levante popular, de Lula ser carregado nos ombros pelo povo em direção ao Planalto.

    Houve esta tentativa, frustrada porque Dilma não soube trabalhar a contento, ou seja, impediu que Lula voltasse a ser eleito após o seu impeachment, corroborado pela condenação do ladrão e genocida.

    De todas as formas, os petistas querem enaltecer o bandido como vítima de uma direita inexistente, de uma elite que, curiosa e contraditoriamente, sempre apoiou Lula, a ponto que os bancos tiveram seus ápices lucrativos nas administrações do PT.

    Mas, a revolta do povo sempre foi levada em banho-maria pela quadrilha, repito, diante dos superlativos conceitos a respeito de o criminoso ser o maior líder, o melhor presidente, o mais bem quisto, “o cara”.

    Enfim, não acredito neste protesto como quer o PT, pois a quadrilha teve um forte alerta quando veio para o Sul trazendo Lula e sua caravana de meliantes, e como foi recebida!

    Se quiser um levante, haverá enfrentamento, e o pessoal petista mesmo sendo auxiliado pelo exército do Stédile não tem como fazer frente ao povo organizado, às polícias, ao Exército de verdade, se for o caso.

    Outro balão de ensaio petista para que sintam o clima dessa possibilidade, se seguem adiante ou desistam imediatamente dessa asneira absurda!

  14. Disseram que o “levante” viria com a condenação do vagabundo ; depois, com a prisão; depois com o indeferimento do HC ! Agora com a inevitabilidade do indeferimento da candidatura. Nada, nada aconteceu e não irá ocorrer.
    O Leão está desdentado.
    A pergunta é até quando a organização criminosa continuará a desafiar as Instituições do Estado, levando intranquilidade, potenciando a ignorância já gigantesca e alvoraçando o meio social. Até quando …??

  15. -Entre o FANATISMO e o TERRORISMO não existe muita diferença não!

    -Já imaginou você fazendo greve de fome pelo Aécio? Ou pelo Collor? Ou pelo Tiririca? Ou pelo Afif? Ou pelo deputado mais santo que exista no Congresso Nacional e que tenha sido digno do seu voto? Ou pelo candidato que algum dia você tenha votado?

    -Amém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *