Polícia Federal associa André Vargas ao ex-ministro Padilha

PF rastreia as ligações de Padilha com André Vargas

Mateus Coutinho, Fausto Macedo e Ricardo Brandt
Estadão

Em relatório de indiciamento do ex-deputado André Vargas (ex-PT), a Polícia Federal o associa ao ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, atual secretário de relações governamentais da gestão Fernando Hadad (PT), na administração municipal de São Paulo, o papel de elo do esquema alvo da Lava Jato dentro do ministério.

A PF destaca que “o projeto do grupo criminoso era ambicioso”, referindo-se a Alberto Youssef, peça central da Operação Lava Jato, e a operadores e laranjas do doleiro, Leonardo Meirelles e Pedro Argese.

O ex-ministro, procurado pelo Estadão, ainda não se manifestou.

Ao citar o papel de Youssef o relatório sustenta que ele “intermediava os contatos políticos, efetuando o lobby com André Vargas que, por sua vez, mediante promessa de vantagem ilícita, atuou junto ao Ministério da Saúde, claramente em contato com o então ministro da Saúde Alexandre Padilha”.

Vargas, enquanto deputado, foi secretário de Comunicação do PT e vice líder do partido na Câmara.

“COMPANHEIROS”

A PF assinala que ambos, Vargas e Padilha, eram “companheiros de agremiação partidária”. Segundo o documento, o contato entre o então deputado e o então ministro tinha “fins de alcançar o objetivo que era a inserção no mercado das PDP e assim participar da ‘partilha do bolo’ de vultosos contratos de fornecimento de medicamentos no âmbito do Ministério”.

PDP é a sigla para Parceria para o Desenvolvimento Produtivo instituída pela Pasta da Saúde para estímulo da produção de medicamentos e insumos no País. A PF assinala que esse universo era o alvo do grupo de Youssef que, para isso, assumiu o controle do Laboratório Labogen. O doleiro planejava se infiltrar no Ministério da Saúde no governo Dilma Rousseff.

3 thoughts on “Polícia Federal associa André Vargas ao ex-ministro Padilha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *