Polícia Federal não demora a achar quem mandou os hackers grampearem a Lava Jato

Resultado de imagem para hackers CHARGES

Charge do Cazo (blogdoafr.com)

Fausto Macedo e Luiz Vassallo
Estadão

A Polícia Federal acredita ter encontrado uma conversa que aponta para o envolvimento do hacker Luiz Henrique Molição com o vazamento de mensagens do coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, e o ex-juiz Sérgio Moro publicadas pelo site The Intercept. Para os investigadores, um áudio encontrado em seu celular mostra uma suposta conversa com o jornalista Glenn Greenwald – que não é tido como investigado. Molição foi preso na quinta-feira, 19, na segunda fase da Operação Spoofing.

Chegamos à conclusão de que eles estão fazendo um jogo para tentar desmoralizar o que tá acontecendo”, afirmou o hacker, em um curto diálogo. “Então, é… a gente… eu estava discutindo com o grupo… eu queria falar com você um assunto”.

A MESMA VOZ – “Analisando o perfil de instagram ‘@luiz.molicao’ foi identificado um vídeo no stories no qual seria possível ouvir a voz de Luiz Molição, que segundo a equipe policial, aparenta ter semelhança com a voz do interlocutor do jornalista Glenn Greenwald na gravação de áudio acima mencionada”, diz a PF, na representação pela prisão de Molição.

Segundo os investigadores, a conversa teria ocorrido no dia 7 de junho, e Molição faz referência ao ‘grupo que pegou o Telegram de várias pessoas’.

De acordo com os investigadores, por ‘tais informações, verifica-se a existência de indícios razoáveis da participação de Luiz Henrique Molição nos fatos investigados’.

COM DELGATTI – A PF ainda descobriu contatos frequentes entre Molição e Walter Delgatti Neto, o ‘vermelho’, que admitiu ter feito parte dos vazamentos. Em depoimento, ele afirmou não ter recebido dinheiro para repassar as mensagens, e que a ex-deputada Manuela D’Ávila (PC do B) intermediou seu contato com o site.

A PF, no entanto, ainda investiga se os hackers teriam sido patrocinados pelas invasões e, se foram, quem teria feito pagamentos.

Contas dos investigados, de acordo com relatórios sobre suas transações financeiras, apresentaram um saldo incompatível com seus vencimentos, segundo consta em relatórios de investigações.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O suspense é de matar o Hitchcock, diria o publicitário e compositor Miguel Gustavo. Falta pouco, muito pouco mesmo, para a Polícia Federal chegar ao mandante (ou mandantes) da hackeagem dos celulares dos procuradores e do ex-juiz Sérgio Moro. Quando isso acontecer, vai cair por terra o castelo de cartas erguido na tentativa de cancelar a condenação de Lula. O golpe contra a Lava Jato ficará ainda mais evidente e Gleen Greenwald vai perder essa banca que ostenta. Aliás, o jornalista americano tem de torcer para que não descubram se ele participou do pagamento aos hackers… Como diz o velho ditado, castigo anda a cavalo e pode chegar rápido. (C.N.)  

12 thoughts on “Polícia Federal não demora a achar quem mandou os hackers grampearem a Lava Jato

  1. Carlos Marchi (via Facebook)

    O posto Ipiranga insiste e reinsiste na CPMF.

    Pra quem ainda duvidava:

    Ele não tem NENHUMA OUTRA solução pra economia brasileira.

    Na cabeça dele, ou é CPMF ou o caos.

    Vamos atrás de um ministro da Economia que tenha ideias mais arejadas?

  2. O velho dinossauro dessa Tribuna insiste em criminalizar o Greenwald mas afagar os lavajatistas fechando os olhos para os atos ilegais do procurador messias e do juiz corrupto.

    • O Brasil está todo com a lava jato e com Moro, assim como o povo brasileiro está feliz vom lula na cadeia, e para sempre.
      Daqui pra frente turo vai ser diferente, você aprenderá a ser gente.
      Salve o Clube de Regatas Vasco da Gama!

      • Se os que estão com a Lava a Jato e o Moro representam a PARCELA DO ELEITORADO que elegeu BolsoNERO, é mentirosa a sua afirmação, quando diz “o povo”.
        Ora, eu também sou do povo e todos aqueles que não votaram pelo bolsonarismo (anulando ou votando em branco) e não apenas quem votou no Haddad (que por si sós representam grande parcela desse povo)

  3. Prezado Jornalista, investigação que sai em capa de jornal é investigação mal feita, conduzida por autoridade que gosta de balançar a cauda de pavão na frente das câmeras.

    Tomara que essas informações sejam erradas ou que tenham sido divulgadas intencionalmente para confundir os criminosos.

    Abraços.

  4. Fico um tempo longe da Tribuna e muitos comentaristas continuam os mesmos; vesgos, falando de assuntos que não tem conexão com o texto.
    Valdeverde está caladinho, a voz é dele na conversa com um hacker.
    Milhões de transações passearam nas contas dos hackers. Biticoins? Esta nem bêbado acredita.
    Não está tendo festa em casa com marida, está assim ó, não passa nem agulha.

    • Se um hacker tem expertise em assuntos informáticos e de dados, dois caminhos possíveis, para o Bem ou o Mal, agindo dentro ou fora da lei, respectivamente.
      Por que há muitos deles trabalhando com segurança?
      E outros tantos fraudando operações e ficando milionários?

  5. E o queridinho dos intelectuais de esquerda, o Duvivier berço de ouro?
    Ninguém fala das conversinhas dele com o hacker? Ele, mesmo sem ser jornalista, também tem o direito de segredo da fonte?
    Que esculhambação isso, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *