Polícia Federal pede apoio para monitorar Battisti em Cananéia, litoral paulista

Imagem relacionada

Afinal, onde Battisti arranjou tanto dinheiro?

Deu em O Tempo
(Agência Estado)

A Polícia Federal monitora os passos de Cesare Battisti desde que o italiano foi solto após passar dois dias detido na fronteira com a Bolívia, sob acusação de evasão de divisas. No início desta semana a delegacia de Polícia Civil de Cananeia, no litoral paulista, recebeu um pedido da PF para fotografar a casa onde Battisti vive e confirmar que o italiano estabeleceu residência na cidade. “Isso é a praxe. Como a Polícia Federal não tem representação aqui ela nos pede apoio”, confirmou o delegado Weslley Franklin de Paula. A assessoria da PF foi procurada pela reportagem, mas não respondeu.

O presidente Michel Temer poderá decidir nos próximos dias se revoga ou não o decreto assinado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último dia de seu governo – em 31 de dezembro de 2010 – e extraditar Battisti, condenado à prisão perpétua na Itália por quatro assassinatos. Na ocasião, Lula não seguiu a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) pela extradição.

HABEAS CORPUS – A defesa do italiano apresentou no fim de setembro um habeas corpus na Corte para evitar uma eventual revogação do decreto presidencial.

Na segunda-feira, a defesa enviou nova manifestação ao STF, pedindo que a Corte suspenda qualquer procedimento que vise à extradição, à deportação ou expulsão do ex-ativista do País até que seja analisado o pedido de habeas corpus apresentado ao STF no fim de setembro.

A alegação é de que há risco de irreversibilidade no caso, diante da possibilidade de o presidente Michel Temer decidir pela extradição do italiano, que na Itália foi condenado por quatro homicídios. O relator do caso é o ministro Luiz Fux, que ainda não despachou no habeas corpus.

Os advogados destacam que surgiu na imprensa notícia de que o Planalto está tratando da expulsão do italiano do País.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
– As grandes dúvidas persistem. Onde trabalha Battisti? Como sustenta a família? Como arranjou o dinheiro (6 mil dólares e 1,3 mil euros) que portava ao ser preso? O povo quer saber, até porque Battisti se diz escritor, mas seus livros jamais estiveram na lista dos mais vendidos. Este é o ponto principal da questão, porque, se não ganha dinheiro legalmente, está agindo fora da lei e precisa mesmo ser extraditado, apesar de ter um filho brasileiro. (C.N.) 

16 thoughts on “Polícia Federal pede apoio para monitorar Battisti em Cananéia, litoral paulista

  1. Já devia estar na Itália. Terrorista encontrou proteção com os amigos do PT, outros da mesma índole.
    Vai pagar o que deve na cadeia se o conde Drácula tiver vergonha na cara de madeira.
    Terrorista bom é terrorista morto.

  2. Intrigante, o governo Lula tinha diversos colaboradores, com dupla nacionalidade: brasileira e italiana.
    Se o ministro Luiz Fux, não der o habeas corpus ao Battisti, certamente será extraditado..

  3. A quadrilha petista cometeu três crimes graves com relação ao asilo político concedido ao assassino italiano:

    1 – Tratá-lo como asilado político;
    2 – Ter mandado de volta para Fidel Castro os três atletas cubanos que pediram asilo político, e cuja deportação para o amo e senhor da petezada, o sanguinário e assassino Fidel em tempo recorde;
    3 – Tarso Genro, o bizarro, quando governador do RS, ter condecorado em pleno Palácio Piratini, o assassino Battisti, em clara e indiscutível ofensa aos gaúchos e brasileiros!

    A extradição desse criminoso se faz tarde, e lamento que uma brasileira tenha lhe dado um filho.

    • Quanto ao dinheiro é só perguntar ao Tarso Genro. Ele sabe a origem. Quanto a brasileira que lhe deu um filho, é mais uma petista patética.

  4. A esquerda no mundo todo tem o mesmo procedimento, os assassinos da direita são lembrados e condenados todos os dias.
    Até hoje falam nos tais quatrocentos e poucos mortos durante o governo comandado pelos militares.
    Denunciam sempre os regimes de direita que aconteceram no Chile, Uruguai, Argentina e em outras partes do mundo.
    Nunca disseram qualquer coisa sobre os 100 mil mortos de Cuba, os milhões também mortos da antiga União Soviética, que alem da matança, ainda condenava os não apoiadores a trabalhos forçados na Sibéria, com temperaturas de 40 graus negativos, sem que achassem que isto constituía tortura.
    O reitor que se matou, virou bandeira, acham que que os culpados são a justiça, o MP e a PF, porque passaram a investigar.
    Tudo isto na visão deles é criminoso, agora chama a atenção, a proteção que estão a dar a um terrorista estrangeiro, TETRA HOMICIDA, com sentença transitada em julgado e que o condenado não usou o direito de defesa, preferiu fugir.
    O que de útil produz este Battisti para o Brasil? Porque desta proteção, se ele foi condenado como criminoso comum, na cadeia adotou a ideologia de esquerda, justamente para obter vantagens, sabia que um homicida com rótulo de comunista teria mais privilégios, como estamos vendo acontecer.
    O governo temer que esta sendo bombardeado por todos os lados, pelo menos deveria fazer um agrado a opinião pública e despachar de vez este
    facínora.

    • Vilela,

      A tal esquerda ou os comunistas sabem usar como ninguém a propaganda política, e adulterarem os fatos em seu favor.

      O capitalismo é o demônio, mas omitem criminosamente o genocídio que praticaram nos países onde o comunismo foi implantado à força, na marra!

      Admito que a queda do czarismo na Rússia era imprescindível, assim como este nosso governo ladrão, mas depois que mataram a sangue frio a família dos Romanov, e tomaram o poder para que nunca houvesse a democracia na União Soviética e seus milhões de mortos por Stálin, os tais comunistas somente se contradizem e mentem, enganam e iludem, justamente quem deseja uma vida melhor oferecida pelo governo, que depois se tornam escravos desse regime.

      A esquerda no Brasil é criminosa, ladra, que se aproveita da condição de inculto e incauto do povo para proveito próprio.

      Um abraço.
      Saúde e paz.

  5. Só mesmo um país imbecil que nem este é capaz de torrar tanto dinheiro do idiota do contribuinte para proteger um sujeitinho táo desprezível e inútil que nem os italianos o querem mais lá. Preferem deixá-lo aqui sendo sustentado pelos cretinos dos brasileiros. É por isso que o país não sai da merda. O exemplo vem de cima. Até o supremo tribunal de jecas demonstram em julgamento estúpido, caro e cretino que o país não tem futuro.

  6. Battisti veio para o país certo, escolhido a dedo.

    Aqui qualquer mulher de aluguel pode ser mãe de um filho do assassino e o assassino permanecer impune, livre e fagueiro, como qualquer político delinquente. O STF garante.

    Internacionalmente, o Brasil é um país desmoralizado, o paraíso da impunidade.

  7. Não podemos esquecer que o ministro Barroso à época, era advogado do bandido.

    E também, Joaquim Barbosa, que adora Lula e o PT, votou a favor do tetra assassino.

  8. Eu não teria porque achar que Temer está certo em mandar Batistti de volta para Itália. Mas acho.Ele é criminoso e não devia ter recebido asilo. Assim com o senador boliviano Roger Molina bandido de alto coturno, que recebeu asilo no Brasil patrocinado pelos senadores Ferraço, Petecão, Renan, Aloísio, Aécio, Agripino e outros. Chantagearam Dilma até ela ceder. Agora o bandidão morreu em um desastre de avião. Assim como Teorizawaki, pode ter sido queima de arquivo. Molina era riquissímo e dizem ter rolado fardos de dólares como presentinho para seus amigos. Agora estavam com medo e o queimaram.

  9. Afinal, onde Battisti arranjou tanto dinheiro?
    Lula e demais lideranças petistas sabem. Alguma empresa, algum criminoso amigo. Aqui, tudo é fácil. Criminoso com dinheiro, no Brasil, é muito comum.
    Mandar para a Itália é uma questão de honra, pelo menos para aqueles que ainda sabem do que se trata!
    Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *