Política não pode ser espaço de “gente que não deu para nada”

Barroso deve julgar que os brasileiros são desmemoriados

Celso Serra

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso advertiu, em palestra recente para alunos da Universidade de Harvard, que “não podemos deixar que a política seja espaço de gente que não deu para nada”.

Uma declaração dura, leitor, mas que revela, com precisão, a realidade do que tem acontecido há anos em nosso país. No entanto, perde inteiramente seu valor quando todos sabemos que o mencionado ministro votou no Supremo no sentido de que os delinquentes do mensalão não formavam uma quadrilha.

Desculpe, senhor ministro, mas ninguém acredita mais no senhor… Continue a vender seu peixe lá fora.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O advogado Celso Serra tem toda razão. O ministro Luís Roberto Barroso deve pensar que os brasileiros são desmemoriados ou até descerebrados. Mas acontece que neste país ainda existem pessoas em seu juízo perfeito e que lembram todos os “malfeitos” que ocorreram aqui em nome dos Três Poderes verdadeiramente apodrecidos, cometidos por “gente que não deu para nada”. (C.N.)

25 thoughts on “Política não pode ser espaço de “gente que não deu para nada”

  1. O Toffoli fez vários concursos para juiz e foi reprovado em todos. E lhe deram de presente, pelos serviços prestados, uma cadeira como juiz do “supremo”.
    Isso é que é mérito…

    • Isso sem contar com a reputação ilibada dele, que já foi duas vezes condenado a devolver recursos públicos aos cofres do Amapá e pegou um empréstimo de pai para filho, no valor de R$ 1,4 milhões, junto ao Banco Mercantil do Brasil, que tem uma causa sob sua relatoria, fato vedado pelo CPC.

  2. QUEM CANTA SEUS MALES ESPANTA.

    Palhaçada (Miltinho)

    Cara de palhaço
    Pinta de palhaço
    Roupa de palhaço
    Foi este o meu amargo fim;
    Cara de gaiato,
    Pinta de gaiato,
    Roupa de gaiato,
    Foi o que eu arranjei pra mim.

  3. Um governo dos incapazes para nada e dos capazes de tudo..
    “A Polícia Federal interceptou, às 15h do dia 24 de novembro, um telefonema do então ainda deputado para a mulher de Léo Pinheiro, dono da OAS, cuja prisão preventiva acabara de ser decretada. Diz o petista:
    “Alô, Ângela, aqui é o Vaccarezza. Eu sei que não está tudo bem, eu estava no exterior. Eu estou ligando primeiro para me solidarizar e para dizer que sou amigo do Léo. Eu sei que você não precisa de nada, mas se você precisar de alguma coisa, queria que contasse comigo”.

    E acrescentou: “Eu sou amigo dele [Léo Pinheiro] de muitos anos. Não tem nada de política, não tem negócios, eu gosto de Léo pessoalmente. Acho injustiça como ele está sendo tratado. Pode ter certeza e falar para os seus filhos que ele é um homem de bem, que não merecia ser tratado desse jeito”. E se pôs à disposição: “Esse [telefone] de Brasília fica ligado direto, pode ligar, se quiser, alguém ligar, pode mandar… No que precisar eu estou à disposição”.

  4. Esse cara é tremendamente pernóstico. Além de disse, é um hipócrita na expressão mais pura da palavra.
    mas lá no Supremo, só pululam gente dessa estirpe.Teori, “Lewando” Toffoli. Alguns( dois ou três) ainda tem um pingo de caráter.

  5. Desnaturado mentiroso. Consciente ou inconscientemente cagou no prato que usou no banquete; traçou “um ponto fora da curva”. Coisas dos expoentes da quadrilha gentalha.

  6. Bom mesmo é ser conselheiro de Tribunal de Contas. Aqui no Rio, breve, breve será empossado um deputado estadual dono de posto de gasolina chamado Domingos Brazão, frequentador de uma garage carioca com centenas de táxis e que os aluga a 200 reais/ dia cada SÖ EM GRANA VIVA, tremenda lavagem de dinheiro, pertencente a um certo Zé Luiz na rua Amazonas, no bairro de São Cristóvão, RJ.RJ. Ganhará esse conselheiro de “bons relacionamentos” 30 mil limpinhos e viverá esquecido na contra mão da imprensa com essa boca rica “apreciando” as contas públicas do Estado do Rio de Janeiro.

    • Meu caro, o TCE/R, é um ninho de safados, aprova contas de ladrões, que depois, se defendem: o TCE e o Legislativo aprovaram; como Cidadão e Conselheiro da Saúde, da cidade em que vivo: Guapimirim, com mais de 60 denuncias à 10 “ortoridades” 3 em Brasilia e 7 no Rio, desde 2004, eu mandei fechar em 2006, só serve para sustentar ministros nomeados pelas “raposas”, ficando no velho ditado: “Raposa no galinheiro”, recebi como resposta do Presidente Graciosa: que “eu era abusado”, estou preparando outro oficio, reiterando e acrescentando, pois, o roubo na Cidade, continua, e o TCE também continua aprovando, com essa nomeação de agora, tudo continua “como dantes no quartel de Abrantes”. Denuncias na área da Saúde, de superfaturamentos, e mal serviço, o Conselho, tem feito, mas….
      RUI BARBOSA, estou contigo: Tenho Vergonha de mim em ser honesto, chegar aos 86 anos, e ver a podridão em que estamos mergulhados, é duro!!!!, a cada dia, um novo escândalo!!!!!!

  7. E POR FALAR NISSO…

    Aécio e os aviões: Tucano usou aeronaves oficiais de MG quando já não era mais governador

    maio 3, 2015 13:06

    Aécio e os aviões: Tucano usou aeronaves oficiais de MG quando já não era mais governador

    Envolvido em outras polêmicas com aeronaves – como o caso do aeroporto em Cláudio nas terras do seu tio-avô ou o helicóptero com cocaína dos Perrella -, Aécio coloca agora no currículo mais uma: utilizou, ao menos seis vezes, helicópteros oficiais do estado entre 2011 e 2012, quando já tinha deixado o governo de Minas Gerais

    Por Redação

    Ex-candidato à presidência da república no ano passado, o senador Aécio Neves (PSDB) está envolvido em mais uma polêmica envolvendo aeronaves. Ele utilizou em ao menos seis ocasiões diferentes helicópteros e jatos oficiais do governo de Minas Gerais quando já não era mais governador.

    As informações, reveladas pelo jornal Folha de S. Paulo, constam nos Relatórios do Gabinete Militar do Estado e mostram que o presidente do PSDB fez as viagens em aeronaves do governo entre 2011 e 2012 sem a presença de uma autoridade oficial, como exige o regulamento para o uso das aeronaves. O tucano deixou o cargo de chefe do executivo mineiro em 2010.

    Um dos helicópteros utilizados por Aécio neste período, inclusive, foi um de transporte especial que teve seu uso regulamentado em seu próprio governo. Este, em específico, destinava-se ao “atendimento do governador do Estado, em deslocamento de qualquer natureza, por questões de segurança”.

    Procurado para comentar o caso, o senador disse apenas que estava em “missões especiais” a pedido de seu sucessor no governo, Antonio Anastasia – também tucano. A resposta, inclusive, serviu para justificar apenas três dos seis voos que constam no relatório. As outras viagens não foram comentadas.

    Essa é apenas mais uma polêmica com aeronaves envolvendo Aécio Neves. Até hoje o caso do aeroporto de Cláudio (MG), construído com recursos públicos nas terras de seu tio-avô e a ligação deste aeroporto com o caso do helicóptero da família do senador Zezé Perrella (PDT), apreendido com mais de 400 kg de pasta base de cocaína, não foram esclarecidos.

    PS: Aqui pra nós: tirar o pt, todo mundo concorda; pena que muitos AINDA não acordaram quanto às opções para a troca…

    Saudações,

    Carlos Cazé.

  8. Cazé tem as suas razões quando se nega a votar, quando proclama o voto nulo ou a ausência nas urnas.
    Este tipo de irregularidade que ele publica a respeito de Aécio, decepciona, frustra, causa indignação, além daquela que já sentimos pela presidente Dilma e o PT, pois para onde nos viramos a paisagem é a mesma: corrupção, desonestidade, uso do erário público indevidamente!
    Não se trata mais de sofrermos de pessimismo, mas de se constatar que, na política, não se encontra a solução para o Brasil, muito menos em seus representantes e parlamentares ou qualquer um ex-deputado, vereador, senador, governador, prefeito, presidente …
    O objetivo dessa turma de bandidos é o poder e, de posse dele, o Brasil à disposição, e o povo pagando um dízimo pesado para manter esta religião professada pelos partidos políticos e partidários, dirigentes e seguidores, de adoração ao ilícito, ao crime, ao roubo, ao desvio de verbas, ao pacto demoníaco para explorar o povo até a última gota de sangue!
    Na razão direta da impossibilidade de exorcizar estes agentes do mal, proponho a criação de Tribunais Populares, nos moldes da Inquisição, onde serão julgados pela traição ao povo e País, e automaticamente condenados à fogueira!
    Basta de falsos salvadores;
    Basta de ouvirmos as promessas de sempre;
    Basta de sermos enganados e iludidos;
    Basta de trabalharmos como escravos para sustentar canalhas, ladrões, gente má!
    Basta de sermos vítimas de impostos e tributos escorchantes, e cujo destino dessas arrecadações é o bolso desses farsantes;
    BASTA!
    Candidato-me a Tomás de Torquemada, e caçar esses hereges onde estiverem, onde se esconderem, de modo a fazer justiça, e não ao teatro que assistimos dos atuais tribunais instituídos, que são benevolentes com esses criminosos, ainda mais se pertencerem à religião do governo, e não às demais seitas satélites do Grande Mal.
    Cacemos essas bestas, e vamos ter uma vida digna, decente, donos daquilo que ganhamos, e gente decente no poder, e não agentes movidos pela maldade, por um sistema do inferno, que somente nos faz padecer e sofrer, comprovados pela insegurança, saúde pública, educação, falta de infraestrutura, roubos em série e diários, exércitos particulares, líderes malignos, e o povo cada vez mais pobre e analfabeto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *