Por que Deus não usou seu poder e acalmou o furacão Matthew?

Resultado de imagem para FURACÃO NO HAITI

Furacão agrava a miséria que assola a a população do Haiti

Leonardo Boff
O Tempo

Quando vemos nas primeiras páginas dos jornais a devastação que o furacão Matthew provocou agora em outubro, nos perguntamos angustiados: “Deus, onde estavas naquele momento em que a fúria assassina do furacão Matthew se abateu sobre o Haiti e os Estados Unidos? Por que não usaste teu poder para amainar a virulência destruidora daqueles ventos e daquelas águas inimigas da vida? Por que não intervieste se podias fazê-lo?”

“Nem sequer permitiste aos haitianos tempo suficiente para se recuperarem da devastação que significou o terremoto de 2010. Por que agora enviaste outro látego para açoitar e matar?”

“Tu bem sabes, Senhor: o povo haitiano é um dos mais pobres do mundo. Negros, conheceram todo tipo de discriminação. Foram oprimidos por ditadores ferozes. Tudo sofreram, tudo suportaram. Não desistiram. E eis que, de novo, foram açoitados pela natureza rebelada. Onde está tua piedade?”

DESÍGNIOS DE DEUS – Não entendemos os desígnios dAquele que se revelou como Pai de infinita bondade. Ele pode ser Pai de uma forma misteriosa que não conseguimos compreender. Muito menos pretendemos ser juízes de Deus. Mas podemos, sim, gritar como Jó, Jeremias e Jesus, que clamou: “Meu Deus, por que me abandonaste?” (Marcos 15,34).

Nossos lamentos não são blasfêmias, mas um grito humilde e insistente a Deus: “Desperta! Não te esqueças da paixão daqueles que atualizam a Paixão de teu Filho bem-amado”.

Seguramente, as invectivas de Jó contra Deus por causa do sofrimento incompreensível, e as lamentações de Jeremias vendo Jerusalém conquistada, foram incluídas no rol das escrituras judaico-cristãs para que nos servissem de exemplo.

A MORTE NA CRUZ – Podemos gritar como Jó e nos lamentar como Jeremias. Mais ainda, podemos, no limite do desespero, bradar como Jesus na cruz, experimentando o inferno da ausência do Deus que sempre o chamava de “Abba”, “meu querido paizinho”. E Ele silenciou e não o livrou da morte na cruz.

Semelhante lamentação como a nossa expressou de forma comovente o papa Bento XVI quando visitou o campo de extermínio nazista de Auschwitz-Birkenau, onde mais de 1 milhão de judeus e outros seres humanos foram enviados às câmaras de gás: “Quantas perguntas surgem neste lugar. Onde estava Deus naqueles dias? Por que Ele silenciou? Como pôde tolerar esse excesso de destruição, esse triunfo do mal?” Como nunca antes, o papa Bento XVI se mostrou um finíssimo teólogo que, como homem de fé sensível, ousou queixar-se diante de Deus.

NOBRE SILÊNCIO – Embora guardemos um nobre silêncio diante de tamanha dor, perseveramos na fé como Jó, Jeremias e Jesus. Jó chegou a dizer: “Mesmo que me mates, Senhor, ainda assim continuo a confiar em Ti. Antes Te conhecia só por ouvir dizer, mas agora viram-Te meus olhos (42,5)”.

As últimas palavras de Jesus foram: “Pai, em Tuas mãos entrego meu espírito” (Lucas 23,46). E Deus o ressuscitou para mostrar que a dor, mesmo misteriosa, não escreve o último capítulo da história, mas a vida em seu esplendor.

Na esperança ansiamos por aquele dia em que “Deus enxugará as lágrimas de nossos olhos e a morte não existirá, nem haverá luto, nem pranto, nem fadiga, porque tudo isso já passou” (Apocalipse 21,4).

E nunca mais haverá tsunamis, nem Katrinas, nem Matthews, porque surgirá uma nova Terra, onde o ser humano terá aprendido a cuidar da natureza, e esta nunca mais se rebelará contra ele.

16 thoughts on “Por que Deus não usou seu poder e acalmou o furacão Matthew?

  1. Caro CN … saudações!

    Sem querer convencer ninguém … só expor uma meditação … pois o senhor já clareou em várias vezes que não devemos querer vencer nenhum debate … vamos lá???

    1 – já expus por aqui que as Escrituras mostram que Deus tem um comportamento progressivo.

    2 – já comentei também sobre a Grande Profecia dos 70 Anos de Jeremias, que vale até os dias de hoje.

    3 – também escrevi sobre o Universo, que da Energia tende à Matéria, que tende à Radiação, que parte da Radiação tende à Fotossíntese, que alimenta os seres vivos.

    4 – Os seres vivos também emitem radiação … da Lua se pode fotografar o que está na Terra … só que a radiação não é só nos atos … … … confessamos os pecados por pensamentos, palavras, atos e omissões – todos emitem radiação!!!

    5 – Já filosofava Aristóteles: “nada está no intelecto sem antes ter passado pelos sentidos” … e constatava que os sentidos são para captar as radiações!!! só que, no intelecto, ao lá chegar, os impulsos eletromagnéticos provocam tempestades nas sinapses.

  2. 6 – A qualidade dos pensamentos depende da qualidade das tempestades cerebrais … a Psiquiatria usa drogas medicinais para a melhora dos pensamentos … já se usou choque elétrico para melhorar a qualidade das tempestades das sinapses – há os que ainda os defenda!!!

    7 – Assim como potentes telescópios, como o espacial Hubble, captam radiação fotônica … já há máquinas que captam pensamento!!!

    8 – Os cosmólogos afirmam que o Universo está sem formar novas estrelas …e seria o FIM – não percebem que está se formando um Universo de Radiações, primárias e secundárias.

    9 – As radiações primárias são inconscientes … são emitidas principalmente pelas estrelas.

    10 – As radiações secundárias são conscientes, emitidas pelos seres vivos, racionais ou não!!! e o Universo está se transformando neste Universo de radiações primárias e secundárias racionais ou não!!!

    11 – Toda radiação, quando medida, leva ao Juízo – e o que chamamos de Natureza podemos chamar de Universo … o as radiações conscientes humanas traçam o Futuro, como mostram os Profetas – pois o Universo tem Criador!!! !!! !!!

  3. O texto de Leonardo Boff teria muito mais sentido se, ao final, ele bradasse aos céus que, PT e Lula, nunca mais!
    Porém questionou Deus quanto quanto aos haitianos que morreram neste tufão que devastou a ilha, contribuindo para que o sofrimento e a miséria aumentassem em Haiti muito além das forças que aquele povo consiga suportar.
    Talvez esquecendo o autor do artigo que o ser humano pertence à Natureza, e é a sua parte mais frágil, consequentemente padece diante da grandiosidade do poder climático quando este decide se manifestar, levando consigo quem ousar lhe enfrentar.
    Foi assim em 2004, quando a humanidade assistiu incrédula ao tsunami que matou mais de duas centenas de milhares de pessoas em pleno Natal, e confirmada em 2011 com mais de vinte mil japoneses mortos pelo mesmo fenômeno, que as TVs do mundo inteiro filmaram o avanço das águas sobre as cidades nipônicas levando de roldão o que havia pela frente.
    Nesta idêntica dimensão catastrófica, mas muito mais poderosa, foram os efeitos do PT no governo brasileiro, que ocasionaram muito mais mortes e miséria que os tsunamis na Ásia mencionados por mim, que entendi inicialmente a possibilidade da súplica a Deus pelo ex-frei para que o Brasil não sofra mais a violência de um partido político muito mais devastador que a força de vários tsunamis de proporções bíblicas!

  4. 12 – Pecar é pensar, falar, agir ou se omitir em discordância com os Desígnios do Criador … emitindo radiações que provocam reação do Universo, no sentido de voltar ao Desígnio … sendo que este foi claramente doutrinado por Jesus numa rápida Missão de 3,5 anos.

    13 – “Dizia isso, referindo-se ao Espírito que haviam de receber os que cressem nele, pois ainda não fora dado o Espírito, visto que Jesus ainda não tinha sido glorificado”. (Jo 7,39) … está bem claro que os que cressem em Jesus receberiam o Espírito … enquanto os que não cressem fazem parte do Mundo (conceito de São João Evangelista, exposto pelo ano 100 DC) … fica também claro que Jesus precisava ser glorificado para o Espírito ser dado!!!

    14 – E Jesus adianta a Missão do Espírito … CONVENCER!!! !!! !!! claro que conforme a Doutrina de Jesus!!!

  5. Ele está sempre tentando fazer política usando o nome de Deus, tipo dizendo que a culpa é de quem dirige uma SUV. Cuidado Boff, vai que Deus existe mesmo e terás que o encarar e às centenas de milhões de pessoas que morreram pela pobreza causada pelas ideias que propagas. Perceberás que deus cuida das coisas boas e não das diabólicas.

    Humildade para entender as coisas é o que mais de divino nos foi conferido. A arrogância de acreditar que somos portadores de verdades divinas é a essência do mal.

    Espero que sejas mais humilde de verdade, pois precisas simular humildade usando sempre a mesma roupa. Pois é, somos livros abertos, todos nos lêem, não importa quanto elaboremos a capa.

    https://youtu.be/C0mFiHkUZxA

  6. 15 – “7. Entretanto, digo-vos a verdade: convém a vós que eu vá! Porque, se eu não for, o Paráclito não virá a vós; mas se eu for, vo-lo enviarei. 8. E, quando ele vier, convencerá o mundo a respeito do pecado, da justiça e do juízo. 9. Convencerá o mundo a respeito do pecado, que consiste em não crer em mim. 10. Ele o convencerá a respeito da justiça, porque eu me vou para junto do meu Pai e vós já não me vereis; 11. ele o convencerá a respeito do juízo, que consiste em que o príncipe deste mundo já está julgado e condenado. 12. Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. 13. Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão. 14. Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará. 15. Tudo o que o Pai possui é meu. Por isso, disse: Há de receber do que é meu, e vo-lo anunciará. (Jo 16)

    16 – São João escreve às claras … não necessita interpretação … é o último a escrever nas Escrituras Cristãs … Jesus nos salva; enquanto o Espírito Santo nos convence a crer no Salvador!!!

  7. Deus, como sempre, pagando o pato pelas desgraceiras que o dito ser humano faz contra o planeta…
    Lembrar que para cada ação, existe uma reação contrária e em dobro…
    Aqui se faz, aqui se paga….

  8. O “Senhor” já largou de mão a humanidade. Deve haver outros planetas neste infinito espaço com seres melhores que nós, aos quais o senhor passou a se dedicar.
    Aqui, a última vez que alguém disse ter falado com ele, isso foi a mais de 4.000 mil anos, lá no monte Sinai, no episódio da sarsa ardente, aproveitou e entregou ao Moisés as tábuas da lei, que assim como a legislação brasileira, só é observada por otários.
    Deve o santíssimo ter se arrependido amargamente de ter dado vida a uma coisa tão difícil de controlar, chamada humanidade.
    O Boff, alem das catástrofes naturais, deve também lamentar a catástrofe política, produzida por seus admirados.
    Jesus não volta mais, vem fazer o que aqui? O mundo já esta irremediavelmente perdido. E pra acabar,
    vem o Trump ou a Hilary, é o fim do mundo.

  9. Deus não intervém e nem precisa intervir em nada que acontece na Terra. tudo é previsto antes de nascermos. A Terra é o local ideal para expiação, ou alguém acredita, que aqui é o paraíso.

  10. “Deus, onde estavas naquele momento em que a um bando de ladrões e corruptos assumiu o governo em 2003? Por que não usaste teu poder para destruir estes corruptos? Por que não intervieste se podias fazê-lo?”

    Este boff é um bofe.

  11. DEUS deu inteligência a nós seres humanos, para que saibamos utilizá-la.
    Por quê países desenvolvidos e avançados como o Japão sofrem consequências proporcionalmente muito menores de terremotos, tsunamis(maremotos) e tufões/furacões?
    Porque com alto nível educacional e de desenvolvimento tecnológico sabem se preparar para enfrentar esses fenômenos.
    Por quê no caso do Haiti, as forças internacionais que lá estão não tem contribuído para ajudar os pobres haitianos a se preparar melhor para enfrentar esses fenômenos e assim diminuir as consequências das tragédias?
    Só como uma sugestão há provas que construções em forma de iglu são resistentes a furacões e até mesmo sofrem menos as consequências de terremotos. Por que não foram experimentadas no Haiti, até mesmo como projetos pilotos?
    Com certeza teólogos demagogos como Boff
    não são capazes de responder essas perguntas nem muito menos gerir soluções que aqueles pobres diabos tanto necessitam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *