Presidente da CBF e secretário da Fifa disputam com o dinheiro do BNDES

Helio Fernandes

Ricardo Teixeira (CBF) e Jerome Valcke (Secretário-Geral da Fifa) travam batalha pelo estádio do Corinthians, e pela abertura da Copa do Mundo de 2014 em São Paulo. O governador de São Paulo e o prefeito da capital dizem: “Não haverá um real de dinheiro público na construção desse estádio” (bancado pelo BNDES).

Ótimo, mas como acreditar na Odebrecht? O grande problema: o presidente da CBF e o secretário-geral da Fifa brigam pela presidência do maior órgão do mundo, na sucessão de Blatter em 2015.

Acontece que Blatter, presidente desde 1998, tem garantido: “Meu mandato vai até 2020”. Nenhum dos adversários pode protestar. Se julgam eternos. Blatter não sairá por vontade própria.

***

QUEM ESTÁ COMPRANDO TANTO AUTOMÓVEL?

Em outubro, a globalizada indústria automobilística fabricou 320 mil carros. Exportou apenas 80 mil, os outros 240 mil foram vendidos aqui dentro mesmo. Nunca os lucros foram tão majestosos por causa das vendas em 60 ou 72 meses, com JUROS EMBUTIDOS. Enganando o consumidor com a farta publicidade: “SEM JUROS, ou JURO ZERO”. E o Conar, onde já viu JURO ZERO?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *