Presidente Dilma veta reposição de perdas dos aposentados e pensionistas.

Carlos Newton

Foi uma surpresa a presidente ter Dilma vetado o artigo que assegurava recursos orçamentários necessários ao atendimento da política de ganhos reais para as aposentadorias e pensões acima do salário mínimo, que era um compromisso do próprio PT.

A emenda fora apresentada pelo senador Paulo Paim (PT-RS), com a garantia de que o Orçamento de 2012 incluiria recursos “para o atendimento de ganhos reais aplicável às aposentadorias e pensões do INSS”. A emenda tinha a intenção de assegurar ganhos aos aposentados que recebem acima do piso previdenciário, já que a maioria recebe o piso, que tem o mesmo reajuste do salário mínimo.

A base aliada esperava que a presidente Dilma não vetasse a proposta, por ser genérica. Mas a presidente não quis arriscar ter que aumentar gastos, quando a ordem é de arrocho nas despesas em 2012. O veto diz que “não há como dimensionar previamente o montante de recursos a serem incluídos no Orçamento de 2012, uma vez que até o seu envio (ao Congresso) a política em questão pode não ter sido definida”. Na prática, o governo, dentro do arrocho esperado para 2012, não quer dar reajuste real, apenas a inflação, como determina a lei atual.

Uma decepção para aposentados e pensionistas, que há décadas vêm sendo prejudicados por sucessivos governos e tinham esperanças de que o PT pudesse beneficiá-los, mas na prática isso não está acontecendo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “Presidente Dilma veta reposição de perdas dos aposentados e pensionistas.

  1. A nossa resposta será nas urnas, só la encasa são 5 votos a menos e não é só para a traidora da Dilma, mas para todo o PT. O verdadeiro partido dos traidores. No PT nao voto nunca mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *