Presidente uruguaio chama México de “Estado falido”

Deu na Pátria Latina

O governo mexicano parece ter perdoado o presidente do Uruguai, José Mujica, pelas declarações fortes que ele fez à revista Foreign Affairs Latinoamérica. Naquela publicação, Mujica chamou o México de “Estado falido” por causa de uma série de problemas comuns a vários países da região. Agora, as críticas internas ao presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, soam ainda mais fortes.

As autoridades mexicanas convocaram o embaixador uruguaio, Jorge Alberto Delgado, para uma conversa. A Secretaria das Relações Exteriores daquele país também emitiu um comunicado afirmando estar “surpreendida” e “rejeitando categoricamente” certas declarações de Mujica.

O site mexicano Sipse atribui a aspereza da entrevista à “franqueza” de Mujica, “presidente humilde” que passou anos no cárcere durante a época da ditadura.

Já o próprio presidente uruguaio fez uma tentativa de retificar, afirmando que “frente ao narcotráfico estamos falindo todos” e que “o que passa com ele, amanhã pode se passar comigo”. A “Suíça latino-americana ” tem índices menores de crime organizado, tráfico de drogas e sequestros do que vários países do continente.

DOENÇA LATINA

Várias fontes citadas pela mídia confirmam que o incidente “já passou”. Mas, de qualquer modo, o presidente uruguaio atingiu uma parte doente no corpo político e social da América Latina.

Mesmo não sendo as palavras de Mujica acusações, mas uma opinião pessoal, o México não pode fazer como se nada acontecesse. A comunidade internacional e a população nacional já têm a sua atenção posta nas ações do governo mexicano. E Enrique Peña Nieto recebe uma avalanche crescente de críticas.

Os internautas criaram um apelo no Twitter, dizendo #RenunciaEPN (EPN é Enrique Peña Nieto). A cada minuto, aparecem novas postagens com este lema. A mídia local já especula sobre um futuro próximo sem Peña Nieto.

Uma renúncia do presidente antes do fim do mandato (em 2018) é possível se o Congresso aceitar os motivos do presidente. Ainda não houve reações oficiais do governo a esse respeito.

O empresariado também expressou a sua preocupação com a insegurança no México. O presidente do Conselho Coordenador Empresarial (CCE) nacional, Gerardo Gutiérrez Candiani, disse que os empresários manifestam “a sua solidariedade com todas as vítimas e as famílias afetadas pela insegurança pública”.

A ENTREVISTA

O motivo da matéria na Foreign Affairs foi o desaparecimento de 43 estudantes na localidade mexicana de Ayotzinapa, que fez parte de uma obscura operação policial contra o narcotráfico. Mujica respondeu o seguinte: “Dá-se a sensação, visto à distância, que se trata de uma espécie de Estado falido, que os poderes públicos perderam totalmente o controle, estão carcomidos. É muito doloroso o que se passa no México. Eu apelo a que o México reaja na sua ética e na sua moral”.

Esta última frase teve continuação, com o presidente uruguaio explicando que “isto foi possível por uma gigantesca corrupção”, que se tornou “um tácito costume social”.

O pior é que a entrevista publicada no site da revista é um resumo. Segundo a nota da redação, a entrevista completa será divulgada em janeiro. Então, José Mujica irá ter um mês até o fim do seu mandato presidencial, em 15 de fevereiro. (artigo enviado por Sergio Caldieri)

17 thoughts on “Presidente uruguaio chama México de “Estado falido”

  1. Mujica tá certo, se se quer ganhar dinheiro que o ganhe sendo capitalista, no comercio, industria, agro-pecuária, mas não dentro do estado como é do costume dos socialistas.

  2. Armando Mujica disse sobre os últimos acontecimentos em São Paulo sob o pseudo-comando da Quadrilha do Metrô…

    “”.Dá-se a sensação, visto à distância, que se trata de uma espécie de Estado falido, que os poderes públicos perderam totalmente o controle, estão carcomidos. É muito doloroso o que se passa no Estado de São Paulo..(28 anos com a mesma gangue). Eu apelo a que o Estado de São Paulo reaja na sua ética e na sua moral”.

    Adendos.; Não é possível quadrilha de geraldinhos efeagacianos mandarem caixas eletrônicos para os ares, ônibus , carros e caminhões torrados em ruas e rodovias, matança de policiais e trabalhadores honestos
    E o desgraçado não dá uma declaração e não chama a responsabilidade para si e o Partidão dos Corruptos Extremistas de Direita…….
    Estamos lascados…

  3. Lá vem os quadrilheiros safados do PT dizendo que política é para enriquecer ! Pudera, tem como lider o quadrilheiro consultor José Dirceu, dono da conta 660-46652 do Delta Bank nas Ilhas Caymans. Aliás, está na hora de dar uma olhadinha nas atividades da empresa do Waldomiro Diniz em Angola. Já faz dez anos que estourou o seu escândalo. Uma investigação joia ! Petista parece aquele passaro que nunca saiu da gaiola, que quando vê um outro pássaro voando pensa: Ele sofre de uma absurda doença. Tentam denegrir a todos para tentarem justificar a sua total falta de caráter, que beira a psicopatia.

  4. Mais comunismo na Tribuna.

    Vamos lá.

    Pepe Mujica é um comunista de carteirinha,ateu (como todos os comunistas),portador de um histórico de assaltos,assassinatos,atos de terrorismo,sequestro,apologista do aborto,da liberação das drogas (a maconha é o início.Sempre ela a porta de entrada para as demais.E as FARC agradecem.),do homossexualsimo,do estado centralizador,contra a livre iniciativa,do marxismo cultural,(…),e engajadíssimo nas metas do Foro de São Paulo,com a comunização de toda a América Latina.A agenda bolivariana (neo-comunismo do século 21).

    Mujica é antes de tudo isso,um ator.Usa e abusa do marteking pessoal e político fundamentado no “pobresismo”.

    Ele nunca defende que as pessoas possam ter prosperidade e qualidade de vida (sem o assistencialismo safado do Estado) de forma ascendente.
    Tudo é nivelado por baixo .Todos devem ser “padrão comuna”:pobres e subservientes ao Estado.

    Mujica não aprendeu nada sobre política conservadora-liberal durante a vida.
    Tem a vaidade do defeito de seguir letra por letra a cartilha esquerdista-comunista.

    Mujica: Por que no te callas?

    PS: O Uruguai é um país de baixa população (pouco mais de 3 milhões de habitantes).
    Mas de população idosa.

    Um belo país.

    Mas que está sob risco de desestabilização generalizada se essa agenda esquerdista-comunista (tal como aqui e nos demais países da América do Sul) não for descartada.

    PS2: Um “choque de conservadorismo-liberal”,recolocaria o país novamente como o “paraíso sul-americano” dos anos 40-50.

  5. No que diz respeito ao comentado pelo senhor Carlo Germani, sobre o ex-presidente do Uruguai, o acerto foi de 100%. Mujica, um comuna hipócrita e camponês marqueteiro…
    Já vai tarde.

    Quanto ao México, vizinho da maior nação industrializada do planeta, conseguiu o milagre de se superar em incompetência e corrupção. Nem Deus sabe como vai acabar esse país, se num terremoto ou numa sangrenta guerra civil.

    Sei não…

    Com todo respeito…
    Eles, os mexicanos, morrem aos montes pulando literalmente a cerca que os separam do EUA.
    Como os americanos já roubaram quase a metade do México, deixando-os com uma outra metade, que não sabem e nem conseguem governar, poderia ser o caso de se transformarem em americanos,legalmente, chutando sua Constituição.

    Pelo visto e pelo que se sabe sobre o México, no passado, no presente, até que poderia ser uma opção futura.
    Resta saber se os americanos topariam..

    • Caro Andrade,

      O destino do México,segundo o projeto da insana e satânica Nova Ordem Mundial,é compor o bloco EUA-México e Canadá,com o nome de União Norte Americana.

      PS: Quanto ao Mujica,gostei da frase; ” Comuna hipócrita e camponês marqueteiro…”

    • Há pessoas aqui que gostariam de ver tanto a Bolívia quanto o Uruguai na merda para jogarem bosta na Geni à vontade. Até agora, só ficam na vontade.

      Perguntaram a Mauro Santayana se ele publicava algo aqui e ele negou. Ou seja, copiam e colam para que os meninos voltem à “brincadeira” de malhar o judas, conforme faziam antes.

      • Aquiles, há muitos anos os artigo de Santayana são publicados aqui. Até algum tempo atrás, na primeira página de seu blog, ele relacionava os blogs e sites que publicavam seus artigos, nos incluindo é claro. Depois, houve uma reforma no blog dele e essa relação passou a não ser mais publicada.

        Abs.

        CN

  6. O Texas sob controle mexicano

    Com o Destino Manifesto e a expansão dos Estados Unidos em direção ao oeste, rumo ao Oceano Pacífico, assentadores americanos passaram a povoar em números cada vez maiores o Texas, então Estado mexicano. O governo mexicano permitiu inicialmente que alguns empresários americanos comprassem terras no Texas. Em 1820, o governo mexicano permitiu que o banqueiro americano MOSES Austin estabelecesse uma COLÔNIA de americanos no norte do Texas – porém, Moses morreu ainda no mesmo ano. Seu filho, Stephen Austin, continuou com os planos do pai, trazendo 300 famílias americanas ao leste do Texas, tendo fundado as vilas de Washington-on-the-Brazos e Columbus. Outros empresários americanos construíram outras colônias americanas no Estado. No início da década de 1830, o Texas tinha cerca de 30 mil colonos americanos (Entenderam POR QUE os EUA fazem vista grossa ao que ocorre na Palestina ?).

    Em 1830, o governo mexicano interrompeu a imigração americana rumo ao Texas, fazendo com que relações entre os assentadores americanos e os mexicanos em geral piorassem rapidamente. Em 1834, com a ascensão do ditador Antonio López de Santa Anna ao poder, os “colonos” americanos rebelaram-se, desencadeando a Revolução do Texas.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/História_do_Texas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *