Primo de Aécio entrega mala de dinheiro e deve fazer delação premiada

AECIO NEVES

Aécio tenta inocentar a irmã, mas está difícil

Deu em O Tempo

Os advogados de Frederico Pacheco, primo do senador afastado Aécio Neves (PSDB) que foi preso na operação Patmos da Polícia Federal (PF), estiveram nesta terça-feira (13) em uma agência da Caixa Econômica Federal no bairro Luxemburgo, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde fizeram um depósito judicial no valor de R$ 1,4 milhão, segundo o portal de notícias G1.

O dinheiro seria parte do valor de R$ 2 milhões entregue por um diretor da JBS a Pacheco, após um pedido do tucano.

Depois de passar a tarde no banco acompanhado da PF, o advogado deixou a agência com uma mala vermelha. Ele não quis dar declarações e apenas confirmou que o depósito foi feito por parte do cliente. “É o máximo que eu posso falar”, afirmou.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A devolução do dinheiro é da maior importância, porque juridicamente significa que o primo de Aécio está confessando o crime – ou seja, torna-se réu confesso, não tem mais a mínima possibilidade de ser absolvido. Isso significa que Fred Pacheco cedeu à pressão da família e vai pedir delação premiada para entregar tudo o que sabe sobre o primo Aécio Neves, que o transformou em operador da corrupção. Nesta terça-feira, no desespero, Aécio lamentou que a irmã Andréa continue presa, por determinação do Supremo, e disse que ela não cometeu crime algum, mas não é isso que os autos do inquérito indicam, segundo a Procuradoria-Geral da República. (C.N.)

3 thoughts on “Primo de Aécio entrega mala de dinheiro e deve fazer delação premiada

  1. Essa história de que o PSDB não rompe com Temer pensando no país e nas reformas não convence ninguém!
    Qualquer criança sabe que o que está em jogo é o acordão contra a Lava Jato.

  2. Lendo a matéria, lembrei-me de uma expressão muito utilizada na minha adolescência, quando nos referíamos a alguém sem força, sem caráter, sem hombridade. A este indivíduo identificávamos como um “bundinha”.
    Pois Aécio sempre foi e continuará sendo um “bundinha”.
    Ora, ele “tenta inocentar, libertar a irmã”! É só fazer delação!
    Pois que se responsabilize por seus erros e libertará não apenas ela mas o que utilizou em sua vida política.
    O PSDBosta tem hoje, um digno presidente licenciado.
    Não tem nada do avô, nem mesmo a esperteza!
    Fallavena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *