Processo da Tribuna da Imprensa envergonha a Justiça brasileira

Vicente Limongi Netto

É um recorde que envergonha o pais. Canalhice que humilha a liberdade de imprensa do Brasil. Covardia e omissão que deveria doer no coração dos juízes. Refiro-me ao processo de indenização da Tribuna da Imprensa. Há 35 anos ainda sem solução. O mais grave é que o STF há muito tempo determinou que a União mandasse pagar a Tribuna da Imprensa.

A má vontade dos homens, aliada à irresponsabilidade, à inércia e à burocracia da justiça, é patética e irritante. Todos se perguntam porque tanta indolência, omissão e sordidez. Os homens de bem que ainda acreditam nas leis e nos magistrados continuam exigindo resposta para uma pergunta simples: o que falta para a justiça pagar a indenização que a União deve a Tribuna da Imprensa?

Será que advogados e parte da banda boa da imprensa não deveriam, mais uma vez, com firmeza, exigir providências para esta insensatez  que cobre de vergonha a todos nós? O próprio STF, a Suprema Corte do país, e seus atilados ministros, que julgaram procedente a ação movida pela Tribuna da Imprensa contra a União, não se sentem incomodados com o pouco caso que a Justiça Federal carioca trata o assunto?

Os magistrados que demoram um eternidade para julgar avançar e finalmente concluir o processo de indenização favorável a Tribuna da Imprensa também são desrespeitosos com Hélio Fernandes, que a vida inteira lutou e continua lutando, bravamente, pelo aprimoramento da democracia e da liberdade de expressão.

A Tribuna da Imprensa comandada por Hélio Fernandes sempre foi uma trincheira das boas causas nacionais. As páginas da Tribuna da Imprensa abrigavam comentaristas consagrados e respeitados. Representantes de todos os segmentos de atividades. Entre eles, lembro com orgulho, Sobral Pinto. Se ainda estivesse entre nós, a palavra forte e marcante de Sobral Pinto não descansaria enquanto a justiça, pela qual ele se dedicou incansavelmente, não desse um ponto final neste longo martírio que se tornou a indenização à Tribuna da Imprensa, pelos dez anos de censura prévia. Foi o único jornal do país a sofrer tão longa perseguição.

15 thoughts on “Processo da Tribuna da Imprensa envergonha a Justiça brasileira

  1. Sr. Limongi, parabéns pelo artigo, o Jornalista Helio Fernandes, por sua luta dos DIREITOS DA CIDADANIA, tendo seu patrimônio físico, a “GRANDE TRIBUNA DA IMPRENSA” explodido, já deveria ter recebido o que lhe é de DIREITO: “indenização justa”. Era leitor da Tribuna, ainda tenho alguns exemplares guardados, pelos assuntos tratados.
    Realmente, as ações da Srª Justiça em nosso País, nos envergonha, como dizia RUI BARBOSA: ‘JUSTIÇA TARDIA NÃO É JUSTIÇA”, E “TENHO VERGONHA DE MIM, EM SER HONESTO.
    A CHAMADA GRANDE MÍDIA, QUAL À RAZÃO DE SUA OMISSÃO, EM NÃO COBRAR QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA, ATRAVÉS DE REPORTAGENS, SUGIRO UM “QUADRO PERMANENTE: “JUSTIÇA CONTINUA AMORDAÇANDO A TRIBUNA DA IMPRENSA” COM PEQUENO HISTÓRICO da safadeza! AO CIDADÃO- JORNALISTA HELIO FERNANDES, MERECEDOR DE TODO RESPEITO DOS CIDADÃOS(ÃS), POR TER LUTADO PELA HONRA E DIGNIDADE DE UM POVO!!.
    Sr. Limongi, este é o nosso País, se “endeuza” patifes, e se despreza a HONRA.
    Estou com RUI Barbosa.

  2. Estado forte é isso aí: o cidadão não ganha uma contra ele.
    Portanto, para aqueles que sempre apoiaram esse tipo de estado, com verdadeiros galinheiros conhecidos como estatais nas mão de raposas, como a Petrobrás, que Helio Fernandes apoia e até a pouco disse que a dívida dessa empresa ela tira de letra, que fique bem claro que a Tribuna não ganhará coisa nenhuma e ponto final.

    Se fosse num estado normal, onde não há estatais, como nos EUA, a Tribuna já teria sido ressarcida. Claro, por outros motivos se os houvesse, já que nos states não haveria o crime que cometeram contra ela.

    • Em um ‘estado normal’, na mesma época estavam sendo condenados pelo crime de estupro William Kennedy Smith, sobrinho de Edward Kennedy e Mike Tyson, sendo que para este último sabia-se que a ‘vítima’ fora visitá-lo às duas da manhã. Um só foi condenado. Quem ?

      • E quem disse que um estado normal é prefeito?
        “Perfeito” são os estados fortes como os comunistas, fascistas (Brasil desde Getulio) e nazistas, pregados por essas ideologias que pessoas como você ficam encantadas.

        Aprenda essa, e não vou cobrar nada por isso: não existe o absoluto. O que existe é o viável e, este deve ser o menos pior.
        E , o menos pior, são os estados verdadeiramente democráticos e com a economia livre.

        • Lição # 1 => Tu disseste ‘Se fosse num estado normal, onde não há estatais, como nos EUA, a Tribuna já teria sido ressarcida’ sem acrescentar que poderia também não pagar , pois nem os EUA são perfeitos.

          Lição # 2 => Tu disseste ‘… e até a pouco disse …’. O contexto sugere a elipse do substantivo tempo, logo o correto seria ‘… e até há pouco disse …’. Esta eu deveria cobrar pela arrogância em querer se passar por instrutor ou professor sem méritos na própria língua. Em sentido contrário : ‘Eu sairei daqui a pouco’, significando ‘de aqui até pouco (tempo)’.

          Lição # 3 => Elipse difere de zeugma. Na segunda , o termo omitido já foi citado anteriormente . Aproveite e desfrute !

  3. SERVIÇOS TELEFÔNICOS, CAROS E RUINS, MESMO PRIVATIZADOS

    “Essa é a realidade dos milhões de clientes de telefonia e de internet no país. Apesar disso, as decisões da Agência Nacional de Telecounicações (Anatel) e do Ministério das Comunicações têm sido quase sempre favoráveis às operadoras. Não por acaso, o setor é há anos seguidos um dos líderes em queixas nos órgãos de defesa do consumidor. De 2011 até o primeiro semestre deste ano, foram mais de 1,57 milhão de reclamações registradas pelos Procons.

    “Não há estímulos à competição desse mercado. A demanda não para de crescer, mas a oferta fica aquém porque governo e Anatel mantém relacionamento estreito com as empresas”, observou Elizabeth Velos, consultora de telecomunicações da Câmara. Para ela, as concessionárias de telefonia fixa retardam o avanço da banda larga, para não perder receitas bilionárias, uma vez que o sistema voz sobre IP (Internet Protocol) permite a comunicação gratuita entre computadores.

    Elizabeth lamentou que um impasse político tenha enterrado, em 2000, o projeto Fust Educação, que levaria internet às escolas, e o “congelamento das licenças” de tevê a cabo e o abandono dos leilões para a tecnologia WiMax, que levaria acesso a baixo custo para pequenas localidades. “E o governo Dilma favoreceu as operadoras no Plano Nacional de Banda Larga”, acrescentou.”

    Com tem ladrão neste país.

  4. Concordo com o Sr. Limongi.. ..E aqui mesmo já venho escrevendo sobre este assunto..do
    nosso grande amigo HF…de que este NÃO vai receber nada enquanto vivo ESTIVER.

    Essa que é a dura VERDADE ..que TODOS nós verdadeiros cidadãos de bem não queremos
    ACEITAR…mas essa que é a VERDADE.

    e AINDA TEMOS vários COMENTARISTAS aqui mesmo nesta TRINCHEIRA da INFORMAÇÃO
    que LUTAM por uma “justa indenização ” dos “guerrilheiros de ontem ” , e não movem uma
    LETRA em favor do nosso amigo HF….

    Há tb aqui mesmo ..MILHARES MAIS MILHARES DE COMENTARISTAS (EXAGEREI ? ha..ha..ha.. )
    que DEFENDEM O STF …inclusive quando o tagarela e idiota do JB …estava lá como “presidente”
    tendo este sido inclusive um dos que “sentaram” em cima do processo do nosso amigo HF…

    SINTO por vc amigo HF..sinto mesmo por TODA essa podridão que estão fazendo contra VC velho amigo e por extensão com TODA sua CASA … mas tenho que lhe ser VERDADEIRO .. e com muita
    TRISTEZA lhe dizer que essa vc NÃO VAI GANHAR.

    Quanto ao mais lhe desejo paz para sua vida…paz e saúde para vc ver muitos e muitos dias

    YAWHE …POSSA LHE DAR ESSA GRAÇA …A VC MEU AMIGO… E MUDAR O QUE PENSO SOBRE SUA INDENIZAÇÃO..(afinal o que escrevi é minha visão..longe de mim querer com isso afirmar que o
    destino do nosso amigo HF …está desvendado por mim ..longe de mim essa ofensa…aos designios e vontade de YAWHE .. ).

    PAZ PARA VC HF…

    YAWHE SEJA LOUVADO…SEMPRE ..POR TODA A ETERNIDADE…

    Carlos de Jesus – D. Caxias -RJ

  5. Diante da ( má ) qualidade dos nossos jornalecos e revistinhas ( de todas as matizes ) a Tribuna da Imprensa faz muita falta. A Tribuna da Internet preenche parte deste espaço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *