Procuradoria faz mutirão para entregar denúncias da Lava Jato

Deu na Folha

“Estamos em uma corrida de cem metros rasos”. Assim o procurador da República Orlando Martello Jr. descreveu o ambiente no Ministério Público Federal no Paraná às vésperas da apresentação das denúncias contra os suspeitos da sétima fase da Operação Lava Jato.

Os nove procuradores da força-tarefa da operação estão pressionados pela proximidade do fim dos prazos legais para apresentação das acusações contra parte dos indiciados, que se encerram na semana que vem.

Para cumprir os prazos, a Procuradoria montou um esquema de mutirão com os procuradores e mais 20 servidores da instituição que entra pelas madrugadas, fins de semana e feriados. Nas noites de terça-feira (9) e quarta-feira (10), a reportagem acompanhou a movimentação na frente do prédio onde fica o “puxadinho” da Procuradoria alugado para receber a equipe da Lava Jato no centro de Curitiba.

NOVAS APURAÇÕES

Por volta das 22h30 de terça, o procurador Deltan Dallagnol saiu correndo do edifício. Ao ser abordado pela reportagem, disse: “Desculpe, preciso tirar meu carro do estacionamento antes que feche”. Após liberar o carro e voltar, Dallagnol contou que o trabalho é difícil porque o volume de documentos apreendidos na operação é muito grande e a avaliação do teor dos papéis muitas vezes depende de novas apurações.

Em seguida, subiu novamente para as movimentadas salas improvisadas para as atividades da força-tarefa no edifício Patriarca, que fica em frente à sede da Procuradoria da República no Paraná.

Na última segunda-feira (8), feriado do Dia da Justiça para os profissionais da área, o trabalho não foi interrompido.

Martello Jr., que tinha início de férias marcado para quarta (10), adiou o período de descanso para se dedicar à preparação das acusações formais contra os suspeitos.

“Aqui todo dia tem pizza. Mas cuidado ao escrever isso, não é pizza para os envolvidos nos crimes”, disse o procurador.

ENTREGA DA PIZZARIA

Na quarta, a última entrega de pizzaria chegou à equipe da Lava Jato pouco depois das 22h, depois de intenso tráfego de motoqueiros de restaurantes durante toda a noite no local.

Martello Jr., Dallagnol e os procuradores Carlos Fernando Lima e Januário Paludo já têm no currículo a experiência da atuação no caso Banestado no início da década de 2000, no qual o doleiro Alberto Youssef também foi acusado pela prática de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, e fez uma delação premiada.

Completam o grupo da força-tarefa procuradores mais novos da instituição, que já tiveram trabalhos bem avaliados em casos mais recentes nas procuradorias de outros Estados.

17 thoughts on “Procuradoria faz mutirão para entregar denúncias da Lava Jato

  1. O MP faz o que tem que ser feito. Faz porque as denuncias contra o doleiro, conhecido de longas datas, tem que ter uma resposta das autoridades. Acontece que as denúncias só foram desvendas porque o PSDB, Aécio, FHC e Agripino, por interesse político, para ganhar a eleição, expuseram o que todo mundo sabe (ia) que ocorre (ia) em todas as empresas brasileiras, em todos os Estados, Prefeituras, órgãos públicos, polícias, inclusive na iniciativa privada, que frauda produtos, não cumpre o que está no rótulo dos produtos, se une em cartéis, financia eleição para que o político eleito lhes garanta vantagens. O PSDB, Aécio, FHC e Agripino perderam a eleição, não têm a maioria no novo congresso, só lhes resta, com o poder que têm, continuar a atrasar o Brasil, tática mais que conhecida do povo: Parar obras de investimentos, cortar orçamentos, se aproveitar da fragilidade política e da venalidade da mídia, usar a malícia para obter vantagem. Destruir a Petrobras, a nossa maior empresa, logo agora, que os royalties do pré-sal , sancionado por lei, num montante de 75% para a educação e 25% para a saúde , vão começara a apresentar seus resultados para o país. O crime da Petrobras foi ter sido usada para controlar a inflação. Não estou aqui para defender corrupto, mas eu sinceramente não acredito nestes homens. Eles já provaram que não merecem crédito. Ainda mais agora que está na cara que querem destruir a Petrobras para que as conquistas e os investimentos vultosos desta grande empresa no povo brasileiro sejam apagadas, para que ninguém mais diga, que no governo do PT, o povo foi agraciado com tanto investimento de uma empresa pública. Aécio, FHC e Agripino estão em guerra e para vencer não respeitam nada, destroem o que lhes convêm, a troco de poder , porque se quisessem moralizar alguma coisa começariam pelo próprio estado do Paraná, governado pelo PSDB, que através do lago de Itaipu faz fronteira com o Paraguai , onde estão as rotas conhecidas do tráfico de drogas, armas, munição e contrabando. Porque destruir a Petrobras ? INJUSTIÇA de um bando de destruidores incompetentes, incapazes de construir. Uma vergonha , uma burrice tamanha, um ódio lamentável, deixar a nossa empresa vulnerável, por puro interesse político. Eu tenho nojo desse tipo de gente. Hipócrita, mentirosa, egoísta.

    • Que ridículo ! Quem é muito conhecido na melhor churrascaria de Foz do Iguaçu é o Ronaldinho dos negócios. Essa questão vai estourar pois é tão joia como as idas clandestinas da Rose a Angola. A Petrobras de antes do pré sal (2008) valia 6 vezes mais do que vale depois que o bando de gafanhotos dos lullarápios acabou com ela. O fascismo travestido de esquerda do PT adora aquela frase do Lenin: Acuse os adversários daquilo que você faz.

      • Estou emocionado com o espírito caridoso da Srª Marisa Rocco Lula da Silva ! O Instituto Lula soltou uma nota dizendo que aquela cobertura triplex não é do Lulla. A nota diz que a Dona Marisa é dona de cotas da Bancoop. Quanta bondade! Ela mandou trocar o piso por porcelanato, colocar um elevador privativo interno e fazer um espaço gourmet numa cota coletiva ! Até quando vão nos chamar de palhaços hem japonês ?

    • A Corja da estrelinha foi quem destruiu a Petrobras.
      ” JOSETTE GOULART – O ESTADO DE S. PAULO
      14 Dezembro 2014 | 06h 00
      Em seu auge, em maio de 2008, a estatal chegou a ser cotada a R$ 737 bilhões, em valores corrigidos pela
      inflação, mas sofreu com a crise global, com a falta de reajuste da gasolina e com os escândalos de corrupção e
      hoje é avaliada em R$ 127 bilhões
      Abalada pelas investigações de corrupção e, mais recentemente, pela queda da cotação do petróleo, a Petrobrás não para de sofrer os
      efeitos no preço de suas ações. Sua cotação afundou tanto que na sextafeira
      passou a valer na Bolsa de Valores o mesmo que no
      primeiro ano do governo Lula, como se estivesse paralisada há 11 anos.
      A estatal brasileira vale hoje menos do que antes do anúncio das descobertas do présal.
      Para os investidores do mercado financeiro, é
      como se as reservas gigantes de petróleo, anunciadas em novembro de 2007, tivessem perdido todo o valor.
      No auge da cotação da empresa, em 21 de maio de 2008, seu valor a preços de hoje, já considerando a inflação, era de R$ 737 bilhões.
      De lá para cá, queimouse
      no mercado R$ 610 bilhões. Para se ter uma ideia da dinheirama, é como se a companhia tivesse perdido toda
      a produção anual de Portugal. Ou quatro vezes o Produto Interno Bruto (PIB) do Uruguai.
      Toda essa perda não se deve apenas ao inferno astral do momento. As perdas começaram logo em 2008, por causa da crise financeira
      global. No ano passado, a Petrobrás teve outra grande perda porque não pôde reajustar os preços da gasolina para não pressionar a
      inflação. Em 2014, a cotação estava começando a se recuperar, quando as notícias de corrupção atingiram a empresa. Foi assim que na
      sextafeira
      a estatal passou a valer R$ 127 bilhões.
      Os números já ajustados pela inflação foram compilados pela consultoria Economática, a pedido do Estado. Aplicar a inflação é
      importante porque traz o passado para os preços de hoje, como diz o gerente da consultoria, Einar Rivero. Dá o real poder de compra do
      dinheiro. “O dólar hoje está caro ou está barato? Eu digo que está barato porque vale R$ 2,60. Olhando o dólar de 2002 e aplicando a
      inflação do período eu teria de ter R$ 8,25 de hoje para comprar dólares. Está barato.”
      No caso das ações da Petrobrás, não há quem arrisque dizer se o papel está caro ou barato. São muitas as incertezas em relação à
      empresa, que ainda podem jogar os preços mais para baixo. Não se sabe, por exemplo, o impacto no balanço da companhia quando
      reconhecer – se reconhecer – as propinas pagas e denunciadas por exdiretores.
      Nem sequer o balanço auditado do terceiro trimestre foi
      publicado e, se isso não for feito até 31 de janeiro, alguns bilhões em dívidas terão de ser pagos antecipadamente.

    • Renato, eu acho que só o Lula consegue mentir tanto e tornar uma mentira uma grande verdade. Você não, não aqui neste espaço. Experimente com os ganhadores do bolsa família e outras bolsas mais, que o governo vergonhosamente mantem neste cabresto de ignorância e esmola.

      • Notícia que ninguém deu :

        Foi na condição de “intimado como testemunha” que Lula foi obrigado a depor, na última terça-feira (dia 9), na sede da Polícia Federal, em Brasília.

        O Presidentro finalmente falou à PF sobre o Mensalão, depois que teve seu nome relacionado por Marcos Valério, em denúncia tardia pós-condenação na Ação Penal 470.

  2. Depois dos generais tivemos: um presidente escritor, Sarney; um jornalista empresário, Collor; Itamar (não sei a profissão); o sociólogo FHC; o sindicalista Lula; a economista Dilma. Para o Brasil entrar no século 21, a meu ver, precisamos eleger para o Planalto um negro ou negra. Já está passando da hora, se estamos nessa tal de Democracia, ela deve ser também interétnica. Cabe à oposição equilibrada, de preferência que saia da Federação Partidária, a ser lançada na próxima terça-feira, unindo PSB – PPS – SD – PV (67 deputados, a segunda força do Congresso) trabalhar este possível candidato negro ou negra. É isso o que explicitei em comentário ontem: “Eleição Permanente – Luta Contínua 24 horas” a partir das minhas atuais reflexões. Boa sorte aos amigos, companheiros e camaradas da Federação Partidária. Não é só ideia minha… está nas ruas, nos transportes coletivos por onde ando no Grande Rio, nos táxis… pensem nisso.

    • Racismo ao contrario bem superficial não? Quer dizer, as avessas, que a cor da pele é culpada pelas atitudes x ou y. Vários dos piores ditadores do mundo foram negros. A questão do racismo, como assim a de outros preconceitos, só estará suplantada quando cair na BOA INDIFERENÇA, onde as pessoas sejam apenas pessoas, independente de raça, credo, etc…

      • Prezado Tamberlini, entendo o seu ponto de vista, mas acho inevitável. Desde os anos 1980 acompanho os MNs = Movimentos Negros e essa é uma reivindicação antiga deles. No dia em que tivermos um presidente ou presidenta Negro/Negra o Brasil começa uma nova História.

        • Eu tenho todo o respeito aos Movimentos Negros, inclusive tenha vários amigos negros, mas , os considero amigos pessoas. O problema é o uso político que fazem dessa questão, veja a questão das cotas raciais… Como ‘filosofia’ sou totalmente a favor, só que o governo a transformou num instrumento eleitoral e como isso ela vai terminar por se tornar inútil. Atualmente em algumas carreiras acadêmicas os cotistas estão com uma nota de corte superior a dos demais candidatos. O motivo é simples: Quando, por politicagem, você dá cota a todos, por mera questão matemática elas deixam de existir. É uma ótima e complicada discussão.
          Um abraço.

  3. Engraçado essa notícia ninguém deu ….

    Foi na condição de “intimado como testemunha” que Lula foi obrigado a depor, na última terça-feira (dia 9), na sede da Polícia Federal, em Brasília.

    O Presidentro finalmente falou à PF sobre o Mensalão, depois que teve seu nome relacionado por Marcos Valério, em denúncia tardia pós-condenação na Ação Penal 470.~

  4. Bacana ver,que os “Goebbelsinhos ” estão mais mansos. Antes xingavam,atirava pedras,babava os ódios pelos cantos das bocas,eram curto e grosso. Agora,metem um H de bonzinhos,apelando para o sentimentalismo chamando a gente pra dançar. É impressionante a criatividade desses deformados mentais.
    Iletrado que sou, apelo aos companheiros do blog para explicar o comportamento sistemático em trazer para o meio do salão, FHC,PSDB,Agripino e outros menos votados. Não estamos discutindo quem fez,discutimos que faz. Se no passado fizeram, deveriam os petistas, botar o bloco na rua,preder todos os culpados,mandar para o paredon,fazer o diabo. Não o fizeram,locupletaram_se e deu no que deu. Amadores!!!

  5. “ Para cumprir os prazos, a Procuradoria montou um esquema de mutirão com os procuradores e mais 20 servidores da instituição que entra pelas madrugadas, fins de semana e feriados “
    Eis a diferença que faz um órgão público ter funcionários concursados, inclusive a chefia. Além é claro, de boas condições de trabalho. O concurso público é solução não defeito :
    https://www.youtube.com/watch?v=RdRRpH0LFSA

  6. Corrida legal, em todos os sentidos… juntando provas para que não fique pedra sobre pedra, como gostam de apregoar os petistas no comando, para suavizar os desmandos do PT e agora, como praga, outros malfeitos, crimes cabeludos, contaminando grande parte dos demais partidos.
    Vamos a profilaxia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *