Procuradoria recorre e pede a priso de ex-primeira-dama Adriana Ancelmo

Resultado de imagem para adriana ancelmo

A advogada Adriana com Huck, um dos “clientes especiais”

Deu na Agncia Estado

Investigada por suspeita de praticar lavagem de dinheiro e conduzida coercitivamente para prestar depoimento na ltima quinta-feira, a advogada Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Srgio Cabral (PMDB), ainda corre o risco de ser presa. O Ministrio Pblico Federal havia pedido ao juiz Marcelo Brtas, da 7 Vara Federal Criminal do Rio, a priso temporria de Adriana. O juiz negou o pedido e determinou a conduo coercitiva. Na quinta-feira, mesmo dia em que Cabral foi preso, Adriana foi levada Polcia Federal, prestou depoimento e foi liberada.

RECURSO EM PAUTA – O MPF recorreu da deciso de Brtas e impetrou ontem novo pedido ao Tribunal Regional Federal da 2 Regio (TRF-2). O desembargador Abel Gomes, relator do recurso, negou o pedido de liminar, mas vai submeter o recurso 1 Turma Especializada da corte.

A advogada investigada por suposta lavagem de dinheiro. Outra suspeita sobre Adriana se refere a contratos firmados pelo escritrio de advocacia da qual ela uma das donas com empresas que prestavam servio ao Estado durante a gesto de Cabral.

CONTRATOS SUSPEITOS – Segundo a investigao, o escritrio da ex-primeira-dama recebeu cerca de R$ 17 milhes em contratos com empresas que prestam servios pblicos

Essa ligao do escritrio de Adriana foi revelada pelo Estado em 2010. Na ocasio o jornal contou que, um ms depois de ter seu contrato como concessionrio estendido at 2038, o Metr Rio era representado em ao coletiva pelo escritrio da ento primeira-dama. Na ocasio, o Metr Rio afirmou que o escritrio de Adriana Ancelmo era um entre os 20 que prestavam assistncia jurdica concessionria.

A reportagem revelou ainda que Adriana representava em 28 processos o grupo Facility, uma das principais empresas fornecedoras do Estado. Na ocasio, o grupo empresarial afirmou que seu contrato com o escritrio de advocacia foi firmado antes de Cabral.

HABEAS CORPUS – De acordo com o advogado Raphael Mattos, um dos defensores do ex-governador Srgio Cabral, a defesa do peemedebista entrar com pedido de habeas corpus na prxima semana, “provavelmente no incio dela”. Ele representa Cabral ao lado de Ary Bergher e Aristides Junqueira.

“So dois pedidos de priso, no um caso simples”, afirmou Mattos. O ex-governador foi alvo de dois mandados de priso simultneos, expedidos pelos juzes Marcelo Bretas, da 7 Vara Federal do Rio, e Srgio Moro, da 13 Vara Federal de Curitiba.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Como ficou demonstrado aqui na Tribuna da Internet em artigo de Mrio Assis Causanilhas, Adriana Ancelmo no era (nem ) somente companheira de Cabral, mas sua cmplice e laranja, atuando diretamente no esquema de corrupo e dele se beneficiando, s custas da populao do Rio de Janeiro. Os juzes precisam se livrar dessa mania de achar que toda mulher frgil e presumivelmente explorada pelo homem. Todos devem ser iguais perante a lei, diz a Constituio, mas na prtica ainda no isso que ocorre. (C.N.)

13 thoughts on “Procuradoria recorre e pede a priso de ex-primeira-dama Adriana Ancelmo

  1. Em princpio, Newton, toda mulher mais frgil, pelo menos fisicamente, que o homem.

    Mas a Margarida, empregada l de casa na minha infncia, deu um rabo de arraia num homem, que jogou no cho, e foi presa. Acho que ainda era ‘di menor’, veja voc.

    Sei que a Geralda, a outra empegada, estava com ela e foi junto. No lembro se meu pai esteve na delegacia. Sei que o carro da polcia trouxe as duas para casa. Ao que Geralda agradeceu. E o policial.
    “No h de qu, quando quiser estamos s ordens”.

    As mulheres, Newton, penaram pra aprender a se defender. Eu no dou nem tapa. E em geral sou amorosa. Mas, como escreveu o Millr, ‘at formiga tem seu dia de ira’.

    O que nada tem a ver com a Adriana Ancelmo, claro.
    Abs

  2. “Aqui mesmo neste blog eu vi quase proporem a canonizao da mulher do Cunha sob a alegao de desconhecimento das estripulias de seu marido.”””

    Dr. Promotor.: De onde vem o dinheiro para pagar os cartes internacionais da senhora??

    Dona Claudia Cunha . “No tenho a mnima ideia, tenho total confiana no Cu-nha”…

    • O Acio recebeu o esprito do av…

      “A anistia aos casos pretritos de caixa 2 seria a salvao de muita gente…
      Isso no chegou ainda na Cmara. S quando conhecermos o texto que veremos se houve excessos.

      H abusos nas prises provisrias, como ocorreu com Srgio Cabral?
      No conheo o caso. Mas temos de ter cuidado para que a priso no seja a primeira etapa de um processo.

      Houve abuso na conduo coercitiva do Lula?
      No conheo as razes. Mas como de l para c no houve outras consequncias, talvez pudessem ter chegado ao mesmo desfecho e obtido as mesmas informaes sem a necessidade de uma conduo daquela.”

  3. Cabral o inflador..

    O ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral foi preso nesta quinta-feira acusado de levar propinas de empreiteiras em projetos do Estado, entre eles as reformas do Maracan. Durante suas duas gestes, o poltico influiu decisivamente para aumentar os custos das obras do estdio. Aps ida e vindas, a arena custou pelo menos 165% a mais do que o prometido na remodelagem para a Copa-2014, beneficiando as construtoras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.