Procurem o concorrente, por favor!

Resultado de imagem para banco do brasil charges

Charge do Pelicano (pelicanocartum.net)

Mauro Santayna

Um amigo, recém-retornado ao Brasil depois de muitos anos trabalhando no exterior, resolveu abrir, outro dia, com parte de suas economias, uma conta na agência Estilo do Banco do Brasil do Setor Sudoeste, em Brasília, e não conseguiu. A justificativa, citada pela atendente – que não quis nem saber sequer quanto ele tinha para depositar e aplicar, foi “tout court”, “superlotação”, como se tratasse não de uma agência bancária top de linha, mas de uma vulgar – e desumana – cela de prisão.

A apressada e repentina decisão do governo Temer, tomada a toque de caixa, com menos de seis meses de governo e sem discussão com a sociedade, de fechar ou transformar em postos de atendimento centenas de agências do BB, apesar de o Banco do Brasil não ter tido um centavo de prejuízo nos últimos 15 anos e dos seus funcionários já estarem atendendo, em média, mais de 400 contas por cabeça quando a medida entrou em vigor.

PELA INTERNET – Orientado, em nova agência, a tentar abrir sua conta pela internet, ele tentou várias vezes, mas também não conseguiu, embora o governo tenha feito paradoxalmente há alguns meses campanhas na  televisão sobre apps do banco, em seu esforço de tentar molhar a pata de veículos que – com seus próprios interesses em vista e decepcionados com a baixíssima popularidade de Temer – agora mordem a sua mão.

Conversando com outro funcionário, na porta do estabelecimento, foi lhe explicado, diretamente e sem subterfúgios, que, com a desculpa de “modernizar” o banco, se está sabotando deliberadamente o Banco do Brasil – como se fez no governo FHC – com a intenção de privatizá-lo, de forma fatiada, a médio prazo.

Na verdade, esse é um movimento que já começou, com a venda de ações do Banco do Brasil do Fundo Soberano, que fará cair a participação do governo para apenas 50,7% do total. Enquanto isso, entrega-se, diminuindo a qualidade do atendimento ao consumidor, parcelas cada vez maiores do seu público e de seu mercado aos bancos privados, corrigindo o “crime” perpetrado por Lula e Dilma, de terem fortalecido – da Caixa Econômica federal ao BNDES – o papel dos bancos públicos e aumentado o percentual de sua participação no mercado financeiro e na economia nacionais.

FALTAM RESPOSTAS – Quantos clientes do Banco do Brasil, ou potenciais  clientes, como esse, se passaram, nos últimos meses – irritados com a queda de qualidade do atendimento – para bancos particulares, ou pior, para bancos particulares estrangeiros – como o Santander, que em plena pressão pela Reforma da Previdência, acaba de ter 338 milhões de reais em multa perdoados pelo CARF –  desde que começou, no BB, essa pilantragem chamada genericamente de “reestruturação”?

A quem interessa arrebentar com os nossos bancos públicos – a Caixa e o BNDES também estão sob insuportável pressão – indiscutíveis e estratégicos instrumentos para o desenvolvimento nacional?

Por que os sindicatos não entram – ou não entraram – na justiça para contestar essas medidas?

Por que o extremamente bem sucedido Ministro da Fazenda de um governo sem voto, que ganhou de fontes privadas mais de 200 milhões de reais em “consultoria” nos últimos quatro anos – de um país de uma justiça absurda, no qual tem gente que está se arriscando a ser preso e ter seus direitos políticos cassados por ser “dono” de um apto do qual não possui escritura, cujas chaves nunca recebeu – não tenta aplicar, para mostrar confiança na nação – pelo menos uma parte dessa “merreca” no Banco do Brasil?

21 thoughts on “Procurem o concorrente, por favor!

    • Em Tambau – João Pessoa havia 3 agências, fecharam duas.
      Atualmente só uso cartão NuBank. que não tem mensalidade , com a enorme vantagem de , dentro do teu limite máximo de crédito, você poder estabelecer o limite de crédito que quiser.
      Sem contar que você blo que ia e desbloqueia o carta quantas vezes quiser via celular.
      Já que estão querendo ferrar dou o troco , tudo o que não tenho pressa estou comprando pelo Wish. Paguei R $ 32 num pen drive de 2 tera entregue em casa. ..

  1. Todos os bancos estão se tornando virtuais e isto não tem volta. Aprendi isto, doze anos atrás quando fui ao banco depositar um dinheiro e tive que pagar 10 dólares por usar o caixa com atendimento presencial. Com isto aprendi a usar as máquinas para fazer tudo e depois o computador. Ir ao banco só para retirar dinheiro e na máquina. Gerente, uma vez por ano e com hora marcada com um mês de antecedência. A história do amigo do Santayna,está muito estranha, para quem morou no exterior. Concordo que está muito difícil abrir uma conta em banco, principalmente, e muito principalmente, se não é para lavar dinheiro. Se for para lavanderia ganha até uma garrafa de scotch.

  2. Tudo bem até o penúltimo parágrafo. Daí, prá variar (como sempre) , puxou o cordão da descarga: “governo sem voto”? O vice, hoje titular, foi eleito pelo PT, com adjutório do PMDB, por duas vezes; e o proprietário de imóveis a que ele se refere, é um contumaz salafrário, exímio chefe de quadrilha, comprovado pelos “acordes” da Justiça.

    • assino em baixo as palavras do Sr Luiz Alvaro e, acrescento, em minha agencia BB, com meu gerente de conta somente consigo falar via telefone. 40133001

  3. Em primeira mão…

    STJ mantém condenação de Bolsonaro por ofensas a Maria do Rosário.

    Deputado foi condenado a pagar R$ 10 mil a Maria do Rosário por dizer que ela não merece ser estuprada por ser ‘muito feia’. Bolsonaro disse que recorrerá ao STF, onde é réu.
    Ainda segundo a decisão, Bolsonaro deveria se retratar publicamente em jornais, no Facebook e no Youtube.

    Durante o julgamento desta terça (15/8), a relatora do caso, ministra Nancy Andrighi, votou contra o recurso de Bolsonaro, alegando que, ao falar que Maria do Rosário não merecia ser estuprada, o deputado “atribuiu ao crime a qualidade de prêmio, de benefício à vítima”.

    “A expressão ‘não merece ser estuprada’ constitui uma expressão vil que menospreza a dignidade de qualquer mulher, como se uma violência brutal pudesse ser considerada uma benesse, algo bom para acontecer com uma mulher.”

    https://goo.gl/tfDdmg

    • A Maria do Rosário primeiro ofendeu o Bolsonaro, chamou ele de estuprador e teve a resposta, também ofensiva. Quem fala o que quer, ouve o que não quer.
      A Maria do Rosário, deveria ser punida, haja vista, que ela provocou a reação do Bolsonaro ao ofende-lo. O Bolsonaro agiu em ligítima defesa.

  4. I beg to differ Mr Santayanna. O seu amigo encontraria sem dúvida nenhuma um banco privado brasileiro para prestar-lhe ótimos serviços. Falo por experiência vivida recentemente.
    Não há mal nenhum em não ter bancos estatais. Dou como exemplo os americanos. O FED, embora tenha seus membros indicados pelo presidente e aprovados pelo senado, não se subordina ao governo. E lá as coisas funcionam.
    Do que adianta o nacionalismo doentio de querer ter tudo sob o guarda-chuva estatal para não ter nada que funcione – ou pior: que apenas sirva de cabide de emprego e meio de enriquecer políticos canalhas.
    O Bendine foi indicado pela dona Dilma (dá para acreditar?). Depois foi indicado para presidir a Petrobras! As empresas estatais foram saqueadas por uma quadrilha chefiada por entes políticos.
    Esse bordão de que o petróleo é nosso, que o Banco do Brasil tem que ser brasileiro (oficial) é um acinte ao bom senso. Coisas assim só servem para manter o status quo deplorável.
    O nacionalismo só ajuda os populistas.

  5. Boa noite.

    Carlos Newton, desculpe-me, mas volto a insistir, por que a MINISTRA Carmem Lúcia não toma a atitude de parar com todos os processos do STF, e dar prioridade aos processos da LAVA JATO. A população saberia entender este “pequeno” DETALHE, pois sofre outros bem piores.

  6. “A quem interessa arrebentar com os nossos bancos públicos – a Caixa e o BNDES ……”
    Resposta – arrebentar? O PT já arrebentou.
    “Por que os sindicatos não entram – ou não entraram – na justiça para contestar essas medidas?”
    Resposta – mamaram durante décadas. Ajudaram o PT a arrebentá-los.
    “Por que o extremamente bem sucedido Ministro da Fazenda de um governo sem voto,…”
    Resposta – Tem pessoas, para não chamar de boçais, que continuam achando que o Temer caiu de paraquedas. Nada disso. Temer foi o “kinder ovo” de Dilma. Fazem merda e depois não querem nem limpar e nem sentir o cheiro.
    O Banco do Brasil sempre foi mais dos governos, funcionários e sindicatos do que do povo brasileiro!!!
    Fallavena

    • Assino embaixo: esse nacionalismo cafona de pregar que as estatais são esenciais ao nosso país é balela pura. As estatais servem aos patrões da vez. No momento em que a Petrobras for totalmente privatizada, vai passar a ser eficiente e lucrativa. Melhor de tudo: não vamos mais nos preocupar com ela – o corrupto que for pego vai pra rua e processado porque o dinheiro não seria mais da viúva.
      Que venga la vaca! Ou: let’s roll!

    • O concurso para ingressar no BB esteve aí, disponível, durante todos esses anos.
      Muito mais no passado do que hoje em dia.
      Não fizeram o concurso porque não quiseram;
      ou não passaram porque não lograram êxito ou, ainda. quem sabe, passaram mas não tiveram coragem de se embrenhar no meio do mato, em cidades pequenas, carentes até, das mínimas condições para se viver.

  7. O BB já foi um dos bancos mais bem conceituados do país. A Caixa sempre o foi seu primo pobre, reconhecida por apresentar serviços de qualidade inferior. O governo FHC preferiu vender o mais apetitoso para o mercado e com isso vendeu também boa parte de seus clientes. Já o governo petista investiu na Caixa que mesmo assim contém problemas crônicos, tanto no pessoal, quanto na organização e comodidade dos serviços, mas matéria de equipamentos e instalações houve um grande avanço o que se inverteu no caso do BB. Hoje o BB definha, não por conta de seus clientes, mas por conta de quem o gere. O BB ainda não fali, mas é bom que seus clientes abram os olhos. Não temos governos confiáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *