Profanação dos cargos de presidente da República e comandante-em-chefe das Forças Armadas

O POVO Mais

Charge do Clayton (Arquivo Google)

Jorge Béja

Profanar significa macular, aviltar, desonrar, injuriar, ofender e outros sinônimos mais. Ao assistirem pela televisão, no final da tarde desta sexta-feira (22/5), ao vídeo da reunião ministerial de um mês atrás (22/4), no Palácio do Planalto, comandada pelo presidente da República, os brasileiros viram e ouviram a mais nefasta e ultrajante profanação dos cargos de presidente da República e comandante-em-chefe das Forças Armadas Brasileiras.

Foi pavoroso. Foi deploravelmente inédito. E a profanação partiu do próprio presidente da República, o que torna a profanidade cometida de gravidade extremada.

NO PRÓPRIO PALÁCIO – E muito mais grave, ainda, porque o ultraje, a maculação, a desonra se deram no interior da sede central do governo federal na capital da República, presentes todos os ministros de todos os ministérios.

“A dignidade, o decoro, o zelo, a consciência dos princípios morais são os primados maiores que devem nortear o servidor público”. É o que está escrito logo do artigo 1º do Código de Ética Profissional do Servidor Público do Poder Executivo Federal, quando trata “Das Regras Deontológicas”, como consta do Decreto Federal nº 1171, de 22.6.1994.

Mas nada disso foi observado. E tudo isso nem precisava constar escrito como norma de conduta, como imperiosa diretriz, porque são princípios comezinhos da civilidade, da urbanidade, do trato social, do respeito ao próximo, do respeito a si próprio, da reverência e liturgia do cargo, da função, do múnus que recebeu dos eleitores brasileiros.

RAIVOSO E DESBOCADO – O que se viu foi um presidente da República desesperado, raivoso, desbocado, descontrolado, pornográfico, a pregar o confronto armado e a externar e desfilar, com naturalidade e sem pejo, sem o mínimo acanhamento, palavrões e palavrões, um atrás do outro. Um monte de palavrões.

“É o jeito dele”, dirão. Mas esse jeito é incompatível com a nobreza, a lhaneza, a singeleza dos cargos que ocupa, da cadeira em que se senta, dos poderes que detém, dos palácios onde trabalha e reside com sua família, da faixa presidencial que recebeu do povo brasileiro na tarde de 1º de janeiro de 2019.  Foi horroroso. Foi deprimente.

NÃO É CORRUPTO… – “Ele xinga, fala palavrão, mas não é corrupto”, dirão também. Mas não ser corrupto não é virtude. É dever. Vem do berço, do ambiente em que viveu da tenra idade até se tornar adulto. Na expressiva votação que recebeu em 2018 e que o elevou à presidência do Brasil, o eleitor apostou e desejou um mandatário probo-decente e probo-decoroso.

Não vamos aqui tocar noutras abordagens sobre o valor probatório do vídeo para o inquérito policial instaurado. O tema é a profanação que todas as instituições nacionais, principalmente as Forças Armadas e o povo brasileiro (ou 220 milhões de habitantes, como sistematicamente o presidente se refere aos brasileiros) assistiram pela televisão no final da tarde desta sexta-feira (22/5), cometida pelo presidente da República contra o cargo para o qual foi eleito: presidente da República e, consequentemente, comandante-em-chefe das Forças Armadas brasileiras. 

38 thoughts on “Profanação dos cargos de presidente da República e comandante-em-chefe das Forças Armadas

  1. O Dr. Jorge Béja mais uma vez nos brinda com um outro excelente artigo!

    Quanto eu comecei a assistir ao vídeo, liberado por atitude brilhante do ministro Celso de Mello, fui sentindo uma vergonha IMENSA.

    Pois o falatório do presidente da república e alguns dos seus apaniguados é digno de uma reunião de bandidos: traficantes, assaltantes ou milicianos!

    Agora torço para que as nossas instituições republicanas tomem as devidas medidas necessárias para frear e enquadrar – nas leis – esses pilatras, começando pelo chefão e presidente da república!

  2. É corrupto sim.
    Está corrompendo a dignidade do cargo e as normas de conduta que deve ter um PR.
    PS: Querer liberar remédios e liberação total da economia; é mandar os brasileiros mais pobres para a morte.
    E ele ainda pensa (?) que terá o apoio do povo.
    Se tiver o apoio das força armadas; ela terá que completar a tragédia que o COVID-19 deixar de resto.
    Deus nos Proteja. Nos de Paz, Esperança e Fé.

  3. Caro Dr. Béja,
    Me permita complementar. O palácio não pode ter sido maculado apenas pelas chulas palavras do tosco e atual ocupante,
    Vem sendo maculado há décadas, pela torpeza dos então ocupantes.
    Sabe muito bem a o ilustre causídico que se o povo soubesse como se fazem as leis e as linguiças,….desconfiaria de ambas.
    Nesses termos, não há por haver indignação pois todo povo tem o governo que merece
    Saudações!

  4. O “tosco” pensa (?) que terá o apoio do centrão.
    O centrão só faz a política para se “dar bem” mas na hora do vamos ver; correm que não são trouxas e sim, sobreviventes nessa pocilga em que estamos metidos.
    PS: Imagine uma ditadura com este clã se perpetuando no poder?!!!

  5. É comovente ver que até num comportamento tosco, inconveniente, baixo, os que compõem a manada ainda pensam que o “mito” saiu vencedor após a divulgação do vídeo.

    Como já é conhecido(?), há um ensinamento que diz o seguinte: “os semelhantes se atraem”.

    Nada mais do que verdadeiro, haja vista a euforia daqueles que aplaudem o descontrole e a baixaria de seu “mito”.

    Cantam uma quimérica vitória. Essa manada chega a ser engraçada.

  6. O vídeo da desordem ministerial é grande, mas percebam que em nenhum momento falam sobre saúde, salvar vidas, metas, ações, soluções, ou seja, nada de útil.

    Despreparados, incompetentes, irresponsáveis. Nada novo, pois estas foram as marcas de Bolsonaro em 28 anos de deputado.

    https://bit.ly/3c3D8c8

    Quem ainda apoia esse governo se iguala na imundice de Jair e tem desprezo pela vida, pela saúde do povo.

  7. E o que dizer da nobreza dos cargos de ministros do STF, presidentes da Câmara e do Senado e o de Governadores? Estariam sendo aviltados também? Gravações feitas pela Justiça envolvendo muitos desses personagens não revelam conduta incompatível com os cargos? Não percebo essa mesma indignação quando se trata dos ocupantes desses outros cargos.

  8. Afora a demonstração absoluta de má educação, desrespeito, a profanação do cargo pelo qual foi eleito, de presidente da República, Bolsonaro escancara a hipocrisia e o cinismo reinantes no Planalto, e também de sua equipe:

    Se para consumo externo, usa de formalidades para com outras autoridades nacionais – Vossa Excelência -, internamente todos são considerados excrementos.

    Aliás, nesse aspecto, o presidente deveria mudar a coloquial forma de tratamento:
    No lugar de V.Exª,
    Bosta Excelência.

    Dória é bosta;
    Witzel é estrume;
    o prefeito de Manaus outra bosta …
    Bostas Excelências, portanto, muito mais autêntico e verdadeiro.

    Agora, o ministro da (des) educação, chamar o STF de vagabundo e que deveriam estar todos os magistrados presos, aguardo reações da Suprema Corte.
    Caso nada acontecer, a moral do STF foi para o espaço definitivamente.

    Enfim, foi divertido ouvir o presidente berrar que querem as suas hemorroidas e de seus assessores!
    Devo entender como ânus ao avesso ou expressão escatológica, mesmo?

    Achei interessante a ministra Damares, que alega ter visto Cristo na goiabeira:
    vai prá cima de governadores e prefeitos, mostrando-se furiosa na reunião.

    Mourão era um vaso, apenas enfeite de mesa.

    Uma “reunião” de acordo com o nível da maioria dos participantes, com raríssimas exceções, comprovando que a equipe que tem a obrigação de conduzir o Brasil é a pior possível!

    Na razão direta que se deve vender imediatamente a “porra do Banco do Brasil”, na opinião de Paulo Chicago Guedes Boy, eu diria que deveríamos fechar algumas porras de instituições também!

    • Estimado amigo Bendl
      Apenas um reparo, ou será uma visão futurista:
      “Mourão era um vaso, apenas enfeite de mesa.”
      Após os primeiros meses nos quais Mourão se sobressaiu, Boilsonaro deu-lhe umas “enquadradas” para colocá-lo no lugar que não aparecesse muito. Mourão é formado, inteligente, conexo ao mundo e tudo mais.
      Está quieto para não se comprometer, até por que, poderá a vir assumir o cargo.
      No mais, concordo e assino embaixador.
      Logo após a posse de Bolsonaro, tenho repetido o que disse antes da eleição: Bolsonaro é ponte que nos fará atravessar o mar de lama. Apenas isto. Ou seja, um varredor de lixo!
      Neste momento, estão sendo identificadas as correntes dos extremos, as que tem “doenças cronicas” e restaram as outras duas: omissos & ineptos e a corrente que pensa.
      O país dependerá somente da que “pensa”. Todas as demais podem ser captadas, ou pelo menos parte delas.
      A outra saída será a “nova colonização”.
      Abraço.
      Fallavena

      Fallavena

      • Caríssimo Fallavena,

        Alegro-me que tenhas voltado a postar teus comentários irrepreensíveis e necessários à TI, mesmo que ocasionalmente.

        Nada contra a tua opinião manifestada, meu amigo, mas, a meu ver, Mourão deixa a desejar como querem que ele seja, um estadista.

        Falta personalidade ao vice-presidente!
        Nesta reunião, especificamente, o general deveria ter participado como tal, no entanto, o seu rosto era de paisagem, como se diz, e apenas esboçava um sorriso estilo Monalisa para cada impropério proferido pelo chefe Bolsonaro.

        Aliás, os militares presentes foram decepcionantes em suas atuações, comprovando que não se faz mais generais como antigamente e, pior ainda, capitães!

        Quanto à classe ministerial de Bolsonaro, Fallavena, a mediocridade abundou!
        Indiscutivelmente foram escolhidos a dedo pelo presidente, que não lavara as suas mãos antes.

        Sobre a ponte que seria Bolsonaro, que nos faria atravessar o mar de lama, lamento:
        o coronavírus nos evidencia que o presidente quer que nademos pelo oceano de imundície, e quem sobreviver, muito bem, pois o descaso, o desdém, o desprezo pela vida dos brasileiros foi evidente!

        Um forte abraço.
        Saúde e paz.
        Te cuida, meu!

    • Brilhante comentário, amigo Chicão Bendl. O Carlos Newton deveria transmormá-lo e artigo.

      Mas é claro que não seria adequado porque foi necessário que você repetisse os palavrões e xingamentos que o presidente e seus apaniguados baba-ovos usaram na infame reunião ministerial.

      Ontem uma jornalista da Band News até pedia desculpas ao vivo, mas precisava citar os palavrões e xingamentos.

      O governo Bolsonaro já se tornou imoral por todos os lados. E precisa ser encerrado o mais rápido possível, dentro da constitucionalidade, obviamente.

      • Mariano, meu caro amigo,

        O governo de Bolsonaro é uma fraude!

        Caso não fossem as presenças de generais que rasgaram suas folhas de serviços prestados à Pátria, e se colocam ao lado do ex-capitão, submetendo-se aos seus devaneios e rompantes, o ex-capitão já teria sofrido o impeachment merecidamente!

        Observa que, na reunião, os temas abordados foram variáveis mas, em nenhum momento, o povo teve um minuto da atenção dos frequentadores sobre como sobreviver à pandemia!

        Palavrões e ofensas foram abundantes, em compensação. Agora, risível, tem sido eu ler as defesas de fanáticos e radicais defensores de Bolsonaro, tentando explicar o baixo nível da reunião, inclusive e curiosamente, o comportamento omisso e até mesmo receoso dos generais 4 estrelas presentes ao encontro fiasquento!

        Um abração, meu amigo.
        Saúde e paz.
        Te cuida, meu!

        • Prezado conterraneo colorado!

          Abraço grande, e concordo com tudo o que expressas com a sua natural “simplicidade.” Nossa representação do executivo da republica é dolorosa. Inimaginável que, quem como nós, votou na criatura – que a designo por sargento Tainha, o que é um modo de elevá-lo um pouco mais além da linha do piso – tivesse um choque de tristeza ao ver a condução que é dada ao brasil.

          Tá minúsculo, eu sei. Mas é o que estamos sob o mundo que nos observa com desdém.

          A minha tese é que somos inviáveis, sob todos os aspectos. Abaixo da linha do equador, o sgto. Tainha confirma a tese, é de lascar.

          Te cuida, Chicão. Segura a onda!

          • Caro amigo, Ricardo Miguel,

            Sei que posso contar contigo, então sigo em frente na TI.

            Mais uma vez fomos enganados ou nos enganamos, tanto faz.

            A verdade é que lá se vão mais 4 anos jogados no lixo da História, onde nossos problemas se agravam cada vez mais.

            O que me traz muita dificuldade para acreditar, é a tarefa dos robôs que, persuadidos, perderam o discernimento e a capacidade de criticar, aceitando passivamente o que lhes é dito sem contestação.

            Bolsonaro virou uma espécie de lei em vida, mesmo que deformado e totalmente destituído de sensatez e verdade.

            Fazer o quê?

            Volta e meia é atazanar a vida dos programados robôs e anônimos que infestam a TI, no mínimo para compensar o que fazem conosco.
            Mas, em decorrência, deixamos de debater assuntos importantes, lamentavelmente.

            Um abração, parceiro.
            Saúde e paz.
            Te cuida, meu!

  9. Isso aqui tá cada dia pior: “Não vamos aqui tocar noutras abordagens sobre o valor probatório do vídeo para o inquérito policial instaurado”. Ora, tudo gira em torno de prova para instrução do inquérito. Logo, não são apenas “noutras abordagens sobre o valor probatório”, estamos a discutir o caminho (vídeo) que levaria à prova (que não existiu e o tiro saiu pela culatra). Que coisa estranha…

    Quanto a palavrões. Com a palavra a mídia porca e esquerda abjeta (royalties para Luladrão, condenado criminoso e seu “grelo duro” (dentre outras célebres vomitadas). Rede Globo criticando palavrões numa reunião privada e aparentemente recebendo apoio aqui na Tribuna da Internet, mas em suas novelas e programação a putaria rola solta.

    Na verdade, O VÍDEO FOI UM TIRO NO PÉ.
    A luta continua. Ninguém vai derrubar o presidente Jair Messias Bolsonaro. O homem falou apenas verdades que se ouvem todos os dias na boca do povo.

    A divulgação de um vídeo de reunião ministerial para provocar convulsão social é a prova de que o Supremo ajuda nas crises contra o governo e procura atingir o presidente da República. Foi um tiro pela culatra.

    Saem desmoralizados o Supremo e o senhor o senhor Moro, que demonstra seu caráter. Lembro que nada apaga sua atuação positiva na Operação Lava a Jato. Todavia, estava apenas cumprindo seu dever, o que se daria com qualquer juiz que lá estivesse, concursado e empossado no serviço público para realizar aquele trabalho.

    PS.: “O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), não explicou a utilidade da sua decisão de liberar quase a íntegra do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. Experiente, o decano do STF sabia que faria “o circo pegar fogo”, mas seria inútil ao inquérito que apura a suposta “interferência” de Jair Bolsonaro na Polícia Federal. Para o Planalto, a divulgação do vídeo objetivou criar nova crise política, à falta de meios de apontar prática de crime pelo presidente da República.”

    PS.1: https://diariodopoder.com.br/coluna-claudio-humberto

    PS.2: E ninguém larga a mão do presidente Jair Bolsonaro. O único capaz de confrontar esse sistema criminosos e pecaminoso.

  10. Prezado Dr. Béja
    Se FHC nos legou a “herança maldita que se chama PT”, o desmanche do “espírito público e da sociedade”é a herança maldita deixada pelo PT e e seus agregados, ao país!
    Hoje, muitos, mas muitos brasileiros, não sabem o que é profanar. Mas, ainda, tem coisa pior: não sabem o que são valores morais, ética, liturgia de cargos públicos, política em geral e tudo mais.
    Ou reformamos o estado, por completo, de cabo a rabo, ou nosso futuro como nação estará condenado a andar em círculos, aumentando a miséria física, económica, educacional, de ensino e cultural.
    E isto precisa ser feito enquanto ainda temos parcela da sociedade não contaminada pelo vírus da idiotice, corrupção e perda do que nos resta dos valores maiores de um povo e de uma nação!
    Fallavena

  11. TEMOS QUE ARMAR O POVO!
    O idiota pensa que o povo armado iria salvar seu mandato. Pelo jeito nunca estudou história, se estudou esqueceu totalmente ou mais provavelmente, nunca aprendeu nada.
    Como exemplo histórico o regime feudal russo na 1ªa Guerra Mundial, meio que no desespero, resolveu armar o seu povo. Não demorou nada para que o povo rebelado, revoltado e ARMADO fizesse a revolução e se voltasse contra a familia imperial russa e de forma brutal eliminasse todos os seus membros, inclusive crianças.
    Bolsonaro é muito primário, com certeza não sabe ou prefere não saber que as 1ªs instituições que ficariam contra essa idéia estúpida de se armar a população de maneira indiscriminada serão as próprias forças armadas. Aliás, já basta as milicias, as organizações criminosas e os traficantes armados, que já infernizam a vida da nação. Legalmente alguém para ter porte de arma deve passar por no minimo uma avaliação psiquiatra e de habilitação técnica. Se na hora que fosse passar por uma avaliação psiquiatrica o candidato expusesse os argumentos do Bolsonaro seria praticamente impossível obter a aprovação de um psiquiatra que se preze..

  12. O vídeo arrombou as hemorroidas do Bolsonaro.

    Esta lá no contexto da reunião as provas explicitadas por Moro, em seu depoimento.

    Quem prestou atenção ao vídeo que, quando o Bozo fala de intervir na Polícia Federal ele olha para o lugar onde estava Moro.

    “Manter este desclassificado,aceitar,aceitar seus planos de armar milícias em seu favor e permitir que ele siga a transformar a República em um encontro de rufiões de bordel é concordar que, pela força , se consume totalmente um golpe autoritário da bandidagem com matrícula estatal e nome Diário Oficial”.Este parágrafo foi extraído de um artigo que eu li.

  13. O autor cometeu um erro grave: não levou em conta o primarismo do Capitão Tubaína – ele não vai entender o que foi dito, a começar com as tais “Das Regras Deontológicas”. Se ele leu o artigo, deve ter marcado consulta com o dentista.
    A propósito dessas regras de natureza ética, convém lembrar que igualmente desrespeitoso foi o comportamento dos seus auxiliares estrelados – nem um dos chamados generais pareceu se tocar com o desrespeito flagrante ás instituições e ao povo.
    Se alguém chegou recônditamente a desejar antes um golpe militar, já não deve pensar mais – chega de tais generais!

  14. Aos que comemoram que o vídeo da reunião ministerial “pariu um rato” é bom lembrar que os ratos são os responsáveis pela transmissão de 40 doenças, dentre elas as fatais peste bubônica, leptospirose e raiva.

  15. O que vem por aí é devastador, muita gente vai correr do Blog para se esconder e vão ver a armação do maior Golpe de Estado da História Republicana, Governadores já começam a desistir de compras mal assombradas, Zé Dirceu e Lula estão com o pé já fora do país , tentaram todas as formas para desestabilizar o país e criminosamente com a ajuda do STF que só faltou prender o Presidente da República por não ter tomado Grapete quando era garoto tal foram as interpretações cínicas. No mais é devastador o que vem por aí, se cuidem, esticaram muito a corda pensando que o povo ia às ruas para derrubar o Governo, mas, o povo vai derrubar tudo, fortemente, que vergonha tanta sandice em forma de Lei, ou será que temos uma Nova Constituição Globalista e nós que conhecemos a de 1988 e a pomos em prática não sabemos ???

  16. E o pior, com anuência das forças armadas, a qual lhe dá apoio, quem diria, depois de 21 anos de ditadura, as forças armadas voltarão para a história do Brasil, não como detentor da ordem, mas apoiador de um lunático, que insufla o povo a um regime tirano, lamentável, espero que não consigam.

  17. Beja, deves viver em outro planeta ou faz que pela primeira vez sabes disto. Bolsonaro foi eleito pela maioria do povo brasileiro que continua apoiando por ser como é. Pessoa simples com suas limitações porém com Deus acima de tudo, Brasil e sua bandeira para lutar por ela e contra a corrupção e está cumprindo o que prometeu. Agora sua fala é a fala do povo que realmente nunca esteve na alta posição de Presidente e o pacote é completo com suas limitações porém com seus valores. Vai com teu discurso enganar outros, queres ter homens de fala bonita, porém corruptos como passaram a maioria de Presidentes que tivemos? Não seja sonso, a poucos vas enganar, pela tua escrita te descobres, deves ser dos que perderam e até agora não entenderam: mauricinho perdeu, agora esperar 2022 e com esse vídeo 2028 porque esse vídeo reelege Bolsonaro.

    • Jesus Mansilla, por que me injuriais?. Que mal vos fiz?. Lestes o artigo que escrevi e, dele discordando, me chamais de “sonso”!!.
      E mais esta frase: “vai com teu discurso enganar os outros”. Por que tanta ira?. Sois leitor da Tribuna da Internet e aqui todos têm o direito e a oportunidade de escrever, de falar, de externar o que pensam…Mas ofender?. Xingar? Magoar?
      Somo 74 de idade. E ainda que idoso não fosse, ainda que os escritos que publicam estejam em desacordo com a vossa compreensão e aprovação, discordai, com elegância. Mostrai vossa crítica e vossas razões, com lhaneza própria das pessoas educadas. Creiais que não vos quero mal. Li vosso comentário. É mais um ataque gratuito contra a minha pessoa do que uma crítica ao conteúdo do artigo.
      Com a permissão do nosso editor, jornalista Carlos Newton, que certamente me será dada, convido-vos a escrever um artigo (ou tantos quantos forem) para que publicado aqui na TI. A TI é nossa. É de todos. É vossa também.
      Saúde, caro leitor que desde a pia batismal recebestes tão divino e abençoado nome.

      • Dr.Béja,

        Esse pessoal jamais conseguirá escrever algo útil, pois as tarefas desempenhadas para seus amos e senhores é depreciar textos e artigos que contestem Bolsonaro e seu comportamento antissocial.

        Observe, que os ataques que Jesus lhe dirigiu foram em caráter pessoais.
        Se o senhor respondesse à altura as agressões postadas, o senhor seria automaticamente acusado de “xingar” e querer que a sua opinião prevaleça sobre as demais!

        A técnica que essa turma de robôs está usando é conhecida, antiga, e tem como objetivo desgastar o articulista e/ou comentarista da TI, ao manifestar-se contrário aos arroubos autoritários do presidente dessa republiqueta!

        Não sei aonde esse tipo de conduta instalada nesse blog vai parar. No entanto, a minha certeza é que a qualidade da TI vem se perdendo gradativamente, pois há limites para se aceitar ofensas e ataques advindos de robôs e anônimos, caso o Mediador ainda não tenha se dado conta!

        Enfim, minha solidariedade ao senhor, como sempre tenho feito, tanto em razão do legado que o senhor tem na TI, quanto à sua importância para o blog, conforme seus notáveis conhecimentos jurídicos, qualidades pessoais e exemplo de cidadania.

        Um forte abraço.
        Saúde e paz.
        Cuide-se, tanto do COVID-19, quanto de textos insidiosos e deploráveis, que estão vicejando na TI a cada dia que passa!

        • Sim, caríssimo Bendl. Li sua postagem que muito me conforta.
          Bendl, somos ex-alunos salesianos. Ex-alunos de Dom Bosco. Bendl estudou no Colégio Salesiano de Brasília e eu no de Niterói.
          Bendl, hoje é 24 de Maio. Hoje é o Dia de Nossa Senhora Auxiliadora. Tantas e tantas vezes, e por tantos anos, quando éramos alunos, repetimos esta jaculatória “Maria Auxilium Christianorum Ora Pro Nobis”.
          Salve Nossa Senhora Auxiliadora dos Cristãos! Padroeira dos Salesianos.
          E

          • Nessas alturas, caro dr, Béja, dependemos somente de intervenções divinas para salvar esse país e seu povo do rumo que estão lhe dando criminosamente!

            Antes que tentem pular na minha jugular, caminho que escolheram para nós há vários anos, e que este atual governo segue o mesmo.

            Certamente porque possui generais no staff presidencial, e o vice-presidente é um deles, os defensores fanáticos e radicais de Bolsonaro imaginam que estão com a Proteção das FFAA!

            Então estão com o território livre para suas investidas, ataques e insultos sem cuidado algum.

            Esquecem, no entanto, que pessoas da nossa idade não temem nada e ninguém.
            Devemos satisfações e explicações a nós mesmos, e não obedecer e ser humilhado porque nos mandaram, nos deram ordens, nos manipulam, e ainda temos de agradecer tamanha deferência!

            Encontramo-nos em patamares mais elevados, legitimamente independentes, conquistados graças aos nossos esforços, famílias constituídas, e exemplos de cidadania, que temos deixado ao longo de nossas existências.

            Indiscutivelmente, a base religiosa que fui ensinado no Colégio Dom Bosco em Brasília, no início da av, W3 Sul, ao lado da TV Brasília, Canal 6, há quase 60 anos, tem sido foi o meu alicerce para que eu chegasse até esse momento, de decepção e frustração pelo que fizeram com o povo e o meu Brasil!

            Outro abraço, solidário, e de salesiano para salesiano.

      • Prezado Beja, peço desculpas pelo que escrevi e atingi a você. Saiba que sempre fui um leitor de seus comentários e neste caso infelizmente discordo. Por favor aceite minhas desculpas.

        • Claro que aceito, Jesus Mansilla. Está desculpado. Nunca o culpei. Apenas externei sentimento de mágoa que agora desaparece para sempre.
          Saúde, Jesus Mansilla.
          Jorge

Deixe uma resposta para ricardo miguel Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *