Programa do PT foi recebido com panelaços

Deu no G1

Nas mais diferentes cidades do país, vaias, gritos e batidas em panelas foram ouvidos na noite desta quinta-feira durante programa eleitoral do PT em rede nacional de rádio e televisão, no qual apareceram a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em sua fala, Dilma afirmou que sabe suportar “pressões e injustiças”, sem mencionar casos específicos. Ao final da propaganda, que durou 10 minutos, foi feita uma referência irônica aos protestos, com panelas cheias de comida e o narrador dizendo que o PT “foi o partido que mais encheu a panela dos brasileiros”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGA matéria do G1 mostra dezenas de vídeos dos panelaços espalhados pelo país. Em algumas cidades, as pessoas saíram às ruas usando roupas verdes e amarelas, para bater panelas nas ruas. (C.N.)

 

8 thoughts on “Programa do PT foi recebido com panelaços

  1. O que era pra fazer naquela hora ? Ah, sim, de novo :

    “Bento que bento é o frade!
    Frade!
    Na boca do forno!
    Forno!
    Tudo que o seu mestre mandar:
    Faremos todos!
    E se não fizer?
    Levaremos bolo! ”

    Recuso-me.

  2. Nas manifestações de rua e nas casas/aptos não são os “panelaços” que se sobressaem.
    É de arrepiar a marcha nas ruas, em apoio à Dillma, a seu governo social e vigoroso e ao PT, partido que construiu o novo Brasil.
    Elles são os responsáveis pela nova maneira de governar:”tudo pelos oprimidos, pelas minorias”. Viva a bolsa família! Nos últimos meses, a massa petista tornou-se uma imensa onda do silêncio, do nada de apoio, de coisa nenhuma.
    Interessante, o sindicalismo rico, sustentado pelo governo, tinha de aparecer, de comparecer, de defender o partido e a “presidenta”. Afinal, seu governo construiu o país que almejavam.
    Dillma disse: o governo do PT foi aquele que mais comida colocou na panela do povo. Ontem condenavam, hoje usam o expediente da comida e da fome.
    O país está sangrando. O Estado está apodrecido, dominado, impotente e devastado. Pelos votos inconsciente e inconseqüentes ou mesmo pelas urnas “encomendadas”, o PT está no poder fazem 13 anos, 13 longos anos.
    Os assaltantes da nação se defendem com o argumento de que, os protestos estão menores.
    Esperem. A coisa crescerá neste mês.
    Enquanto isto, por que os defensores do PT e de seu governo não vão às ruas apoiar a companheirada: Dillma, os mensaleiros e os petrolarápios.
    Quem sabe conseguem colocar mais pessoas em suas manifestações. Mas não vale usar desempregados. Estes já estão na rua, mas na rua da amargura.

    • Falavena, é isto que mais temo: a divisão do país. Em uma postagem anterior, Carlos Chagas pergunta: “Sucessão ou secessão ?”. Lembro do que li e vi em filmes sobre a Guerra de Secessão nos EUA (certamente, estes adorariam esta hipótese). Foi uma coisa pavorosa, irmãos matando irmãos. Vejo na oposição um almofadinha que jamais trabalhou e um evangélico desvairado, querendo piorar o que já está ruim ( e aplaudido aqui por muitos, talvez sejam evangélicos).

      O quadro pode piorar drasticamente.

  3. Independentemente de tudo isso, já passou da hora de Dilma sair, sendo ou não culpada/cúmplice. Está tão perdida mentalmente que não mais consegue formar uma frase inteligível. Nem governar.

    • Nada a desculpar. Tudo certo e bem explicado. Tua preocupação também é a minha e de muita gente, gente boa, séria, honesta e que ama seu país.

  4. Até quando Dilma, Lula e PT, pensam que podem enganar o povo, mesmo o menos letrado sabe interpretar mentirosos, acham que podem com seus programas justificar o que estão fazendo com o país, juros altos, inflação galopando, desvios de dinheiro público, corrupção escancarada e por aí vai, melhor seria pedir afastamento antes que piore, este seria um gesto de um estadista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *