Proposta de apoio de Arruda, recusa, veto e protesto

Como não pertence a partido algum, se desfiliou para não ser expulso, oferece “palanque a possíveis candidatos”. Não houve um só que aceitasse, o que dizer ao cidadão-contribuinte-eleitor, com Arruda pedindo votos, perdão, comissão por fora?

Tomem nota: Arruda não
desiste nem sofre impeachment

Nos círculos íntimos (?), o ainda governador, garante: “Não há possibilidade de me tirarem do cargo”. E acrescenta: “Em 1 ano acontece muita coisa, poderei ser candidato e estarei reeleito”. Não estava brincando e não era para estar mesmo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *