Proposta não é boa para o Brasil, adverte Sergio Moro sobre a “PEC da Vingança”

Sérgio Moro entra no Twitter | Poder360

Moro grava vídeos para mostrar que a mensagem é dele

Cristiane Noberto
Correio Braziliense

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro disse, nesta quinta-feira (18/10), que a PEC 05/21, a chamada “PEC da Vingança”, vai permitir interferência política nas funções do Ministério Público. No Twitter, Moro escreveu: “Precisamos de um Ministério Público forte e independente para proteger a sociedade e as pessoas contra o crime. #PEC5NÃO”.

Em vídeo, o ex-juiz se dirige à população explicando que os promotores de justiça poderão sofrer “retaliações” e “punições” quando estiverem investigando pessoas poderosas ou com influência política.

MAIS IMPUNIDADE – “Você acha que o promotor vai conseguir realizar o seu trabalho sem medo de sofrer retaliações ou punições, quando ele [o promotor], por exemplo, investigar uma pessoa poderosa e que tenha influência política? Essa proposta não é boa para o Brasil. Tirar a independência do Ministério Público é desproteger a sociedade. É deixar vulneráveis as vítimas daqueles crimes”, disse.

Moro ainda insta os cidadãos a pedirem aos deputados voto contrário à proposta.”Fale com seu deputado, peça para ele votar contra essa proposta, o Brasil precisa de um Ministério Público forte e independente”, afirmou o ex-ministro da Justiça.

“PEC da Vingança” – A proposta é uma espécie de resposta aos efeitos causados pela Operação Lava-Jato no meio político. O texto impõe alterações no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), como a composição do colegiado — ampliando, por exemplo, o número de integrantes indicados pelo Congresso. Outra mudança prevista é de conceder ao Parlamento a prerrogativa de indicar o corregedor do MP.

A matéria está em tramitação desde março deste ano, sob relatoria do deputado Paulo Magalhães (PSD-BA), e já está em sua sétima versão.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Olha o Moro aí, gente! Será que já está em campanha para 2022? Tomara que sim. Daqui a duas semanas saberemos. (C.N.)

5 thoughts on “Proposta não é boa para o Brasil, adverte Sergio Moro sobre a “PEC da Vingança”

  1. Uau nesta o Moro cresceu no meu conceito. Foi o primeiro a por o dedo na ferida, agora os outros vão ter que correr atrás, mas quem sai na frente sempre leva alguma vantagem.

  2. Bom dia , leitores(as):

    Senhores Carlos Newton , Jorge Béja , Marcelo Copolli e Sérgio Moro já que existência do MP-BRASIL é ” CLÁUSULA PÉTREA CONSTITUCIONAL ” e que não permite modificações e nem emendas , então porque o Procurador Geral da República – PGR Augusto Aras até hoje não moveu uma palha em defesa do respeito ao que prevê a ” Constituição Federal ” , que regula e disciplina o MP-BRASIL , e os seus defensores ficam perdendo tempo em negociar o inegociável ou seja , a ” CLÁUSULA PÉTREA CONSTITUCIONAL “.

  3. Não tem como ser diferente.
    Na hierarquia do Poder no Brasil temos dois poderes eleitos (Executivo e Legislativo) e o Poder Judiciário (um super poder sem voto e com mandato de prazo indefinido)
    Como se não bastasse ainda temos diversos Feudos Modernos com poderes quase ilimitados e sem uma definição clara de subordinação.
    Tudo feito para dar errado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *