PSDB não pede impeachment porque não será o “beneficiário”

Catia Seabra e Natuza Nery
Folha

O PSDB desistiu de bancar, neste momento, um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Após receber parecer sobre sua viabilidade jurídica, o presidente do partido, senador Aécio Neves (MG), admitiu nesta quarta-feira (20) que outras medidas devem ser adotadas antes que o partido apresente um pedido de afastamento de Dilma.

Nesta quinta-feira, Aécio apresentará aos demais partidos de oposição um relatório do jurista Miguel Reale Júnior. O parecer não traz elementos que sustentem um pedido de impeachment agora.

Na avaliação do PSDB, é melhor esperar o avanço da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras, e buscar outros elementos que sustentem um processo contra Dilma.

Em vez de impeachment, Aécio vai sugerir que a oposição entre com uma ação penal contra a presidente por causa das manobras fiscais usadas para fechar as contas do governo no seu primeiro mandato, que viraram alvo de questionamentos no TCU (Tribunal de Contas da União). ” Embora afirme que existem indícios fortes contra a petista, este “não é o momento para o movimento de impeachment”.

A mudança de tom no discurso de Aécio é significativa. Em abril, o tucano disse que já via “motivo extremamente forte” para impeachment nas denúncias de corrupção na Petrobras. Dias depois, o líder da bancada tucana na Câmara, Carlos Sampaio (SP), afirmou que apresentaria um pedido de impeachment em uma semana.

Acabou prevalecendo no partido a tese de que é preferível desgastar a presidente do que propor uma ação de resultado incerto agora. Os tucanos reconhecem que não há adesão popular significativa à causa do impeachment, e que não há consenso sobre o tema nem mesmo no PSDB.

BENEFICIÁRIO

O senador José Serra (SP) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, por exemplo, não estão certos de que o PSDB será o beneficiário direto de um eventual afastamento da presidente.

Tucanos lembram que o PMDB, partido alinhado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assumiria o poder em qualquer circunstância, fosse com a posse do vice Michel Temer ou com a convocação de uma nova eleição, processo que seria conduzido pelos peemedebistas que hoje controlam o Congresso.

Parte da cúpula do PSDB, incluindo Fernando Henrique, acha que, apesar dos arranhões em sua imagem, Lula poderia voltar ao jogo eleitoral. Por isso, a estratégia preferida agora é explorar a atual vulnerabilidade do PT para atingir o líder do partido.

“Em 2016 [ano das eleições municipais], o PT estará nas cordas”, afirmou Aécio. “Até 2018, Dilma não vai recuperar a economia. O crescimento médio [do PIB] será de 1%”, disse o senador tucano.

GOVERNADORES

Na quarta, durante reunião em Brasília, governadores de oposição se mostraram resistentes às propostas de impeachment, porque temem os reflexos de um agravamento da crise político na economia de seus Estados.

Antes de entrar na reunião, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que “o país enfrenta uma recessão maior do que se imagina”. Segundo ele, a gravidade da crise é perceptível na economia de São Paulo.

Os tucanos acham que, com o PMDB à frente do Congresso, há mais chances de os Estados verem suas reivindicações atendidas. “Nunca tivemos um ambiente tão favorável”, afirmou o governador Marconi Perillo (GO).

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGAo enviar esta matéria ao blog, o jornalista Vicente Limongi Netto fez a seguinte pergunta: “Até onde irá a canalhice dos tucanos?”. Realmente, é impressionante, e parece que eles não têm limites. (C.N.)

35 thoughts on “PSDB não pede impeachment porque não será o “beneficiário”

  1. Caro Jornalista,

    Está cada vez mais deprimente ler algum noticiário sobre o Brasil, sobre os governantes nacionais e sobre a nossa realidade cotidiana. O que quer que você leia, encontrará a menção a algum ladrão ou a algum crime.
    Fez bem a brasileira que se classificou para a viagem à Marte, principalmente por ser só de ida.

  2. Eita, se os tucanos pedem o impeachment são golpistas. Se não o pedem são canalhas. É preciso que haja uma decisão aí: são golpistas, ou são canalhas?

  3. Estamos mal, mesmo, de classe politica.
    Olhem só, conforme a coluna acima a frase: ” Os tucanos acham que, com o PMDB à frente do Congresso, há mais chances de os Estados verem suas reivindicações atendidas. “Nunca tivemos um ambiente tão favorável”, afirmou o governador Marconi Perillo (GO).
    Esta frase é lapidar! Mostra o que são os governadores. Proposta de melhoria, desenvolvimento, qualificação da administração, aperfeiçoamento das instituições? NENHUMA! O que querem é BOCA!
    E viva o Brasil!

  4. Assim fica difícil, né, sr. Alessandro. Já não temos ninguém por nós – nem mesmo no STF – e ainda jogamos pedras no único que poderíamos pressionar.Temos é de ir pra cima dos tucanos, pois lhes demos (não sei o senhor) mais de 50 milhões de votos e eles nos largam na mão. Tem de ser dia e noite (ou diuturnamente e noturnamente, como diz a presidentA) no twitter, no face, no what, por e-mail, pessoalmente. A gente tem de levá-los a agir por pressão. Não dá para ver o Brasil se acabar nas mãos dessa maldita quadrilha.

  5. A canalhice dos tucanos irá até onde foi a canalhice do collorido, que hoje apoia incondicionalmente a petesada. É tudo farinha do mesmo saco.

  6. Perdão, mas que eu tenho certa vontade de rir, tenho sim!
    Estão impressionados?!
    Ora, mas não leio, sempre, aqui, sobre a disposição de tantos em VOTAR,VOTAR, VOTAR?

    ” HÁ! HÁ! HÁ! ”

    Espero que a ficha caia, enfim. NÃO-VOTAR É A SOLUÇÃO.

    Saudações,

    Carlos Cazé.

    PS: e aquela vontade frenética E irrefletida de votar no Aécio…tá passando? Já passou?!

    ” HÁ!HÁ!HÁ! “

    • Mara,

      CN está atento e não deixará.

      PS
      Os ataques serão respondidos, colloridamente, na mesma moeda.

      Duela a quem duela.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. O psdb não movera uma palha, esta simplemente cumprindo acordo feito em 2002. Qual seja, vocês (petistas) não investigaram as privatizações doações, e nós, jogaremos para a platéia, pois, no fundo daremos lhes sustentação, mas de modo sbliminar.
    Não sabem nada, inocentes!

  8. Martim Berto Fuchs,

    Parabéns. Deixa eu assinar embaixo ?

    PS
    SOMOS GOVERNADOS POR QUADRILHAS DE SAQUEADORES
    DE COFRES PÚBLICOS. DESDE 1500.

    sds

      • Sem perspectiva. O Brasil continuará
        por muitas décadas deitado em berço
        esplendido. Tudo dominado.

        Em 1985, quando o povo imaginou que Tancredo iria dar
        um rumoà nação, engolimos o Sarney.

        Em 1989, quando o povo jogou suas fichas no caçador de
        marajás, nos deparamos com um gangster.

        Em 1994, quando o povo apostou naquele que participou da criação
        do real, fomos tragados pela dilapidação das nossas riquezas.

        Em 2002, quando o povo deu vez aquele que durante décadas gritou
        e berrou palavras de ordem contra tudo e contra todos, descobriu que
        era tudo teatro e o FARSANTE enganou a todos e faliu o país.

        • Dorothy.
          Observe a própria sequência que você descreveu.
          TODOS esses candidatos foram imposições de partidos e de grupos interessados no Poder.
          Nós, eleitores, povo, só fomos chamados para referendar.
          É este justamente o problema. Por isso que continuamos nadando contra a correnteza.
          Enquanto forem os cortesões da Corte e seus vários tentáculos (partidos) à disponibilizarem os candidatos, a chance de mudar é igual a zero.

        • Verdade, Martim Berto Fuchs,

          A solução é uma reforma política profunda, que não
          virá através da corja que temos no legislativo. Tudo
          apoiado pela corja encastelada no judiciário e também
          pela corja que comanda o executivo.

          S-O-M-O-S
          G-O-V-E-R-N-A-D-O-S
          P-O-R
          Q-U-A-D-R-I-L-H-A-S

          DESDE 1500

  9. Uai! Newton,
    O Sr. deletou meu comentário. Por quê?
    Acho que não cometi nenhuma ofensa, pelo contrário, eu externei uma verdade, e, a verdade , dizia meu saudoso pai ,tem que ser dita. Mais de qualquer maneira, vou ficar aqui na minha.
    Grande abraço.

  10. O maior exemplo de canalhice dos tucanoso é o poluto Álvaro Dias apoiar o indicado pela Dilma para o STF e o trio maravilha dos senadores tucanos estarem em New York quando da entrevista do mesmo.

  11. “Até onde irá a canalhice dos tucanos?” Não sou muito de concordar com o Sr. Vicente, mas nesta ele acertou em cheio….
    Os tucanalhas não tem escrupúlos, deram com os burros nágua, inventaram uma REELEIÇÂO COMPRADA por um corruptão já morto para beneficiar o Sult~]ao de Paris movida por bilhões de reais, e agora não conseguem ganhar uma eleição no VOTO , na sua grande maioria dos bolsas famílias……
    A inês tá morta!..Já era…….eh!eh!eh

  12. Bobagem. Exceto vc, o Brasil quase que inteiro já virou Leão, pela Mega-Solução. O resto é só mais dos me$mo$. E se o quinzão, marajá do judiciário, tb se atrever a entrar na disputa tb irá levar pau do Leão nas urnas.

    • Para que continue a babar pelos EUA:

      Em 22 de maio de 1908, os irmãos Wright apresentam seu artefato voador no escritório de patentes norte-americano. Em 1903, Orville Wright teria conseguido realizar o primeiro vôo com um aeroplano mais pesado do que o ar, o Flyer 1. No entanto, alguns atribuem a Santos Dumont o feito, que teria acontecido em julho de 1906, com o 14 Bis.

      PS1: Dumont jamais registrou sua invenção. “Os direitos sobre a patente (da Demoiselle) foram dedicados ao público por Santos-Dumont, com o objetivo de encorajar a aviação; e qualquer um pode usar seu projeto para construir uma máquina similar”

      PS2: É por isso que qualquer país podia e pode fabricar seus aviões sem ter que pagar royalties ao país dos babões.

      PS3: Os irmãos Wright criaram o precursor da asa delta, ou seja, um dispositivo lançado de uma rampa.

  13. Xará, bom dia.

    Reza a CFno Art. 226 (família):

    § 3º Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.

    § 4º Entende-se, também, como entidade familiar a comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes.

    § 5º Os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e pela mulher.

    Ou seja, fala tacitamente de união de “homem” e “mulher”. Vai o STF e, por analogia, reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo. O STF, guardião da Constituição !!!

    Por estas e outras, um gay pretendeu usar a Lei Maria da Penha por ser agredido constantemente pelo – royalties ao STF – “marido” e foi rechaçado. Cabe a pergunta: no caso análogo de duas lésbicas, caberia a lei ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *