PSDB pede investigação de manifestações racistas na web

Carlos Sampaio denuncia a armação do PT

iG São Paulo

A Coligação Muda Brasil, encabeçada pelo PSDB, protocolou na Procuradoria Geral da República no Distrito Federal um pedido de investigação para que sejam identificados os autores e os integrantes de comunidades na internet que tem propagado discursos racistas contra nordestinos na internet.

A denúncia é de que estão sendo plantados sites racistas na internet, com objetivo de difamar o PSDB e fortalecer a campanha do PT pela presidência da República.

“A Coligação Muda Brasil apresentou à Procuradoria uma representação para que se promova a devida investigação dos fatos e a responsabilização de todos os autores destes crimes”, diz nota assinada pelo coordenador jurídico da campanha, o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP).

Na nota, o tucano admite dificuldades para identificar os autores dos insultos, mas manifesta e classifica os ataques como inaceitáveis. “Essas manifestações estão sendo realizadas sob o anonimato, através da criação de fakes, o que impede conhecer, de forma efetiva, a origem destas ações. Por esta razão, esperamos que as investigações possam levar aos verdadeiros autores destes crimes, que fazem uso indiscriminado da internet para promover o ódio entre nossos próprios cidadãos, de forma a conhecer quem são aqueles que se beneficiam deste procedimento inaceitável”.

9 thoughts on “PSDB pede investigação de manifestações racistas na web

  1. Tenho visto muita manipulação nas redes. E como o PT ameaçou fazer o diabo para vencer, creio que o coisa ruim anda muito contente com o PT. Haja ódio!!

    O discurso da Dilma falando que FHC quebrou o Brasil 3 vezes é de uma absurdidade enojante.
    O economista Rodrigo Constantino faz um excelente comentário sobre o tema:
    http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/economia/mentira-tem-perna-curta-ou-o-brasil-quebrou-tres-vezes-com-fhc/

    E quando ela diz que vai acabar com a corrupção?!
    Ó céus… Que isso termine logo!

  2. Matéria tendenciosa e ação eleitoreira do PSDB com o intuito de atenuar o impacto da derrota do PSDB no Nordeste. Com eleitores assim queimando o filme, ao mostrar a sua verdadeira face, temos uma pequena compensação do ataque massivo promovido pela mídia contra o PT. Vale recordar que os difamadores das eleições passadas (2010) feitas por eleitores do Serra foram identificados como realmente sendo eleitores do PSDB. Mayara Petruso que o diga. Mais uma mentira com este jogo de cena do PSDB tentando inverter responsabilidades.

  3. Coisa típica desses bandidos da internet. O Franklin Martins criou uma enorme quadrilha virtual. Retiraram na Wikipédia o pedido de afastamento sem remuneração do JB da Uerj, para dizer que ele recebia sem dar aulas. Alteraram a idade do Tuma para alegarem que ele não poderia ser do DOPS, quando o cagoeta esteve hospedado lá e , depois, uma outra quadrilha no interior da Petrobras alterou os dados do paulo Costa para falar que ele foi nomeado diretor pelo FHC. Como o eleitor pode ver não passam de quadrilheiros, não digo baratos, pois saem muito caros para os cofres públicos.

  4. É incontestável que o Partido dos Trabalhadores foi sempre adepto de tiroteios ideológicos – principalmente, quando abrindo caminho para o poder, usava toda capacidade da sua usina de mentiras, jogando pedras nos telhados dos vizinhos – tática aprimorada quando instalado na presidência, usando todos os meios factíveis para instalar e injetar o ódio entre brasileiros. Ou seja, dividir o país que é o PT e os “inimigos”, os que não são…
    Nos tempos atuais o PT sente o efeito bumerangue, ou mais para a ciência, a reação inversa a suas ações criminosas e, descaradamente, estimular subliminarmente condenáveis apologias. sempre atribuídas como partindo dos adversários.
    O PT, alçado ao poder deixou cair a máscara de partido de massas voltado para unir essas massas. Ao contrário, as divide. Rico contra pobre, negro contra branco e agora. os do sul contra e os do norte e nordeste… dividir para governar.
    Concordo com os leitores que atribuem essas manifestações racistas pela internet, como plano articulado pela Gerência da Discórdia, criada pelo comissariado petista para tentar reverter com o ódio, os resultados negativos nas urnas, nesse primeiro turno das eleições.
    O patético de todo esse trololó de Lula e sua gangue, é que são eles que inventam e propagam esse ponto futuro da discorda há muito tempo… já era tempo do brasileiro estar acordado contra todas essas jogadas sujas da saúva petista.
    Como no tempo da saúva de priscas eras, continua valendo o bordão da época: OU O BRASIL ACABA COM O PT OU O PT ACABA COM O BRASIL …

  5. O discurso do PT (Dilma) é direcionado para os mal informados, que representam
    grande parte do eleitorado, que a única informação que têm é a propaganda enganosa
    oficial. Assim sendo, com mentiras e distorções dos fatos fazem crer que só eles são a
    favor dos pobres e não do banqueiros e a corrupção desenfreada só está aparecendo,
    porque ela (Dilma) deu independência a Polícia Federal e o MP.
    O Aécio Neves, deve ficar atento, o PT é muito mais perigoso do que se pode imaginar.

  6. Permita-me, CN!

    Em junho de 2011, às vésperas do 80° aniversário de Fernando Henrique Cardoso, Dilma Rousseff enviou ao ex-presidente a mensagem abaixo reproduzida:

    “Em seus 80 anos há muitas características do senhor Fernando Henrique Cardoso a homenagear. O acadêmico inovador, o político habilidoso, o ministro-arquiteto de um plano duradouro de saída da hiperinflação e o presidente que contribuiu decisivamente para a consolidação da estabilidade econômica. Mas quero aqui destacar também o democrata. O espírito do jovem que lutou pelos seus ideais, que perduram até os dias de hoje. Esse espírito, no homem público, traduziu-se na crença do diálogo como força motriz da política e foi essencial para a consolidação da democracia brasileira em seus oito anos de mandato. Fernando Henrique foi o primeiro presidente eleito desde Juscelino Kubitschek a dar posse a um sucessor oposicionista igualmente eleito. Não escondo que nos últimos anos tivemos e mantemos opiniões diferentes, mas, justamente por isso, maior é minha admiração por sua abertura ao confronto franco e respeitoso de ideias. Querido presidente, meus parabéns e um afetuoso abraço!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *