PT expulsará condenados tentando escapar do naufrágio

Pedro do Coutto

O Partido dos Trabalhadores decidiu – revela a repórter Andreia Sadi, Folha de São Paulo edição de terça-feira – expulsar de seus quadros os filiados que foram condenados pela Justiça, a partir de agora, o que equivale a dizer que passou a adotar, no que se refere ao gigantesco escândalo da Petrobrás, comportamento diferente daquele que o que colocou em prática no episódio do mensalão. Foi a primeira bomba que explodiu na legenda.

A segunda bomba, ainda de potência maior do que a primeira, foi detonada no comprovado assalto à principal empresa brasileira, que alçou a corrupção à escala dos bilhões de dólares. Incrível. As duas explosões abalaram irremediavelmente a sigla, causando o seu naufrágio no mar da opinião pública do país, com reflexos até no cenário internacional.

A atitude antecipada por Andreia Sadi assinala a ocorrência de uma profunda divisão nas bases partidárias, com uma das correntes tentando escapar do naufrágio. Outra acreditando em algum acontecimento mágico. Uma terceira, na qual presumo situar-se a presidente Dilma Rousseff, isolando-se das duas outras, sobretudo porque, não podendo candidatar-se em 2018, a atual presidente da República encontra-se à vontade para distanciar-se de qualquer colisão e também – vale frisar – de qualquer coalizão.

Inclusive provavelmente passou a sentir-se rejeitada popularmente, tanto assim que preferiu não fazer pronunciamento às classes trabalhadoras no dia primeiro de maio e também não falar no programa do horário político do PT, que foi ao ar na noite de terça-feira, 5.

PRESENÇA INDESEJADA

Dilma percebeu que sua presença em campanhas eleitorais passou a ser indesejada. Este aspecto ficou bem claro no momento em que o próprio Lula, em ato promovido pela CUT a primeiro de maio, pediu publicamente paciência dos trabalhadores e sindicatos para com ela. Assim a divisão que se avistava tornou-se mais nítida com o desenrola dos fatos, das ações e sobretudo das reações do PT e as que estão marcando a vida política no PT.

A legenda passou ao temor de não sobreviver a outras explosões que possivelmente estão no seu caminho. As delações premiadas mudaram o panorama nacional, da mesma forma que a prisão de João Vaccari Neto, ex-tesoureiro da agremiação, eixo-chave do esquema de distribuição e redistribuição dos recursos financeiros originários das transações nebulosas que envolveram as fontes d exploração e refino de petróleo.

VACCARI NÃO AGIA SOZINHO

As propinas foram colossais, com transferência de voos nas trajetórias traçadas em parte por Vaccari. Que não poderia operar sozinho tal esquema, tão profundo e múltiplo ele era. A própria Petrobrás colocou em seu balanço um prejuízo direto da ordem de 6,2 bilhões de reais através do propinoduto instalado e que abastecia agremiações políticas, através de doações feitas para ocultar, isso sim, apropriações indevidas fora do universo partidário.

As doações eram, de fato, em muitos casos, o pano de seda que dividia o palco entre a legalidade e as coações aceitas sem resistência e também aquelas que resultaram de pressões mais intensas que se transmitiram através de ameaças óbvias. Um naufrágio para o PT. No sentido de resgatar os sobreviventes desse mar revolto pela corrupção, o PT preferiu dividir-se, para salvar uma parte da tripulação, já que se tornou impossível salvar a todos. Uma nova fase da vida do PT está começando hoje.

9 thoughts on “PT expulsará condenados tentando escapar do naufrágio

  1. EXTRA ! EXTRA ! EXTRA !

    Para ajudar na prisão de toda a quadrilha vermelha, inclusive o chefe BARBA, a ITÁLIA DECIDE extraditar o PEN DRIVE do Pizzolato e alegando proteger um “cidadão italiano” mantém o ladrão petralha (REDUNDÂNCIA) nas terras de Júlio Cesar.

    xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  2. Naufrágio prá valer é de africanos que esta ocorrendo nesse momento no Mediterrâneo próximo a ilha italiana de Lampaduza. Uma tremenda crise mundial humanitária. Dezenas de milhares já ingressaram nos últimos meses em território europeu. Estão já em muitas cidades européias que atravessam crise de desemprego e problemas fiscais. A RT.com/on air/ está mostrando nesse momento de forma recorrente centenas de tendas de africanos acampados em área cêntrica de Paris que dizem querer rumar para Londres em busca de empregos, porque lá se ganha mais. Os ingleses estão assustados, o terceiro partido político britânico em número de votos cresce por sua posição contrária à imigração e a Comunidade Européia não sabe o que fazer.

  3. Nunca existiu partido com dirigentes tão ridículos quanto o partido dos trambiqueiros. Resolvem expulsar quem for condenado A PARTIR DE AGORA! Os condenados anteriormente serão olvidados. É que só agora se deram conta de que roubar é crime!

  4. O PT, expulsar os condenados, não é uma boa ideia. O Vacari e outros, sabendo que vão ser condenados, serão expulsos do partido e não terão o mesmo apoio do partido que tiveram os mensaleiros. Não haverá incentivo
    maior para fazerem a delação premiada. Se o Vacari disser tudo que sabe,
    aí sim, será o fim do PT Lula e Dilma. Como não se pode acreditar no que o
    PT fala. Vamos aguardar.

    • Estão, como sempre, “jogando pra galera”.

      São enganadores, mentiroros, farsantes, picaretas PROFISSIONAIS.
      VIDE
      ZÉ DIRCEU PAPUDA
      GENOINO PAPUDA
      DELUBIO PAPUDA
      JOÃO PAULO CUNHA PAPUDA

      ETC ]ETC

  5. O autor está endossando essa nova farsa do Grã Circus Petralis? Os condenados do mensalão foram ‘expulsos’, para fazer média e logo depois ‘refiliados’ ! O chefe de picadeiro, Rui Falcão já declarou que os reeducandos do mensalão não serão expulsos, resumindo : Cinismo.
    Quanto aos documentos apresentados pela cunhada do Vaccari, os mesmos deveriam ser periciados, como foram o do falso empréstimo que o Collor ‘fez’ em um banco uruguaio, pois eles não possuem nada que possa garantir que eles não foram feitos após a estouro do caso.
    http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/cunhada-de-vaccari-entrega-documento-sobre-indenizacao-de-r-240-mil-paga-pelo-pt/

  6. E a Tia continua entocada ! kkkkk
    Dilma não vai mais viajar ao Rio de Janeiro na sexta-feira, para a cerimônia dos 70 anos do fim da II Guerra Mundial, no Monumento aos Pracinhas, na Zona Sul da cidade.

    O Ministério da Defesa avisou há pouco ao Planalto que o Exército não pode garantir que os 800 militares na plateia do evento, a maioria da reserva e menos sensíveis à hierarquia dos tempos de democracia, não fossem, de alguma maneira, hostilizar Dilma (leia mais aqui e aqui).

    Com isso, Dilma será a única chefe de Estado de um país que lutou na II Guerra a não participar da comemoração do fim do conflito.

    Por Lauro Jardim

  7. Isto é igual a acreditar na nossa política e justiça, nunca veremos isto ocorrer.

    No pt como cantava Bezerra da Silva

    Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão
    Se gritar pega ladrão, não fica um

  8. Um naufrágio para o PT. No sentido de resgatar os sobreviventes desse mar revolto pela corrupção, o PT preferiu dividir-se, para salvar uma parte da tripulação, já que se tornou impossível salvar a todos. Uma nova fase da vida do PT está começando hoje.

    EU REZO AOS CÉUS E PEÇO QUE DEUS SEJA JUSTO, QUE SEJA O FIM DESSE PARTIDO MALDITO QUE TRAIU A CONFIANÇA DE MILHÕES QUE ACREDITARAM UM DIA NELES!

    ELES CONSEGUIRAM SER MUITO PIORES DO QUE OS PIORES DE NOSSA HISTÓRIA!

    NÃO SÃO POLÍTICOS APENAS DESONESTOS, SÃO MUITO PIORES DO QUE ISSO, SÃO VERDADEIROS MARGINAIS USANDO E ABUSANDO DO PODER! GENTE PERIGOSÍSSIMA QUE SE TIVESSEM CONDIÇÕES INSTALARIAM UMA DITADURA ODIOSA IGUAL OU PIOR DA QUE ESTÁ SE INSTALANDO NA VENEZUELA DE SEU CÚMPLICE MADURO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *