PT não é uma quadrilha, mas aplaudiu de pé um criminoso

Cesar Benjamin

Não gosto quando as pessoas se referem ao PT como “quadrilha”. Não contribui para o debate e é um desrespeito a inúmeros simpatizantes petistas que são honestos.

Porém, é perturbador constatar que o congresso do partido aplaudiu o ex-tesoureiro João Vaccari de pé, por mais de um minuto. Vaccari está preso porque pesam contra ele acusações fortíssimas e bem-fundamentadas de que foi um dos coordenadores do processo de pilhagem da Petrobras.

Ao aplaudi-lo assim, o PT aplaude essa pilhagem, solidariza-se com ela, assume publicamente a defesa de uma prática criminosa que fragilizou grandemente a mais importante empresa brasileira, seja do ponto de vista material, seja simbólico. O PT deu uma bofetada no Brasil e nos avisou que faria tudo outra vez.

A única explicação para esse comportamento também é perturbadora: ao aplaudir Vaccari freneticamente, demonstrando-se tão solidário a ele, o PT tenta assegurar seu silêncio. Se ele falar o partido acaba.

EU ESTAVA ERRADO

Recentemente declarei que tinha esperanças de que as aspirações da sociedade – e principalmente, da antiga base social do próprio PT – se expressassem no congresso do partido. Eu estava errado. Qualquer levantamento mostrará que 100% dos participantes do congresso são funcionários do governo, do partido ou de suas organizações afins, como já vinha ocorrendo em congressos anteriores. Não há lá operários de chão de fábrica, professores que estejam em sala de aula, ninguém que compartilhe o dia a dia dos trabalhadores brasileiros.

O que mais assusta essa gente, e o que a ocasiona, é o pavor de ter de retornar, um dia, ao mundo do trabalho, que ficou para trás. É o triste fim de um caminho.

(texto enviado pelo comentarista Mário Assis)

10 thoughts on “PT não é uma quadrilha, mas aplaudiu de pé um criminoso

  1. ” Qualquer levantamento mostrará que 100% dos participantes do congresso são funcionários do governo, do partido ou de suas organizações afins, como já vinha ocorrendo em congressos anteriores. Não há lá operários de chão de fábrica, professores que estejam em sala de aula, ninguém que compartilhe o dia a dia dos trabalhadores brasileiros.”

    Pior ainda, pois é uma quadrilha de funcionários públicos, roubando o próprio patrão, do dinheiro que é de todos nós.

  2. Caro Cesar Benjamin,
    O senhor não gosta quando as pessoas se referem ao PT como “quadrilha” ?

    Infelizmente não existe termo mais apropriado. Quando, em toda a historia do partido, os petistas contribuíram para o debate ?

    O senhor esqueceu a aprovação do plano real, a eleição de Tancredo, etc etc ?

    Esqueceu o desrespeito dos petista a inúmeros eleitores e simpatizantes de outros partidos ?

    O congresso do partido aplaudiu o ex-tesoureiro João Vaccari de pé, por mais de um minuto porque todos são cúmplices e solidários a roubalheira não só do Vacari mas também do Dirceu, do Lula, do Paloci e de inúmeros outros membros da ORCRIM.

    E sabemos que a Lei 12 850/2013, até reduziu o número mínimo de participantes em delitos criminosos para que seja tipificado o termo quadrilha, que agora é 3.

    Ademais o senhor mesmo admite que levantamento mostrará que 100% dos participantes do congresso são funcionários do governo, do partido ou de suas organizações afins. Então, onde estão os petistas honestos que o senhor se refere no inicio do texto ?

    sds

  3. Existem algumas afirmações que não necessitam de mais provas:
    – o PT é uma quadrilha, sim;
    – os chefes da quadrilha são os lideres antigos e os atuais;
    – tomaram conta do poder, enraizaram-se em todas as instâncias;
    – sindicalistas são profissionais sindicais – jamais retornam as origens.
    Agora, o grande problema, é tirá-los do poder.
    Se deixarmos, ficarão pata sempre!
    Seria importante que, todos aqueles que levaram o PT a chegar no poder e que, por opção, por consciência e responsabilidade dele se afastaram, ajudem agora a retirá-los de lá.

  4. O Cesar conhece bem as entranhas da quadrilha. Uma foto publicada na Folha mostra a realidade. Enquanto a Tia discursava, metade dos ‘delegados’ estavam sentados no chão, tomando cerveja e jogando baralho.

  5. Petista honesto??? Essa é boa, quem tem vergonha na cara não deveria estar filiado a esta corja de bandidos. Se a pessoa esta vendo tanta safadeza e mesmo assim permanece, de inocente não tem nada. Essa foi a piada do ano!!

  6. Depois que roubo e corrupção viraram mal-feitos, privatização virou concessão, qual é o problema em arrumar uma nova designação para quadrilha?
    Podem arrumar a palavra que quiserem, mas que continua sendo quadrilha, ah, continua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *