PTB pede que líderes substituam deputados que não querem apoiar Temer

Jovai, líder do PTB, está temendo derrota na CCJ

Cristiane Jungblut
O Globo

O líder do PTB na Câmara, deputado Jovair Arantes (GO), cobrou dos demais líderes do governo controle sobre os membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para evitar traições a Michel Temer e acelerar a análise da denúncia contra o presidente por corrupção passiva no escândalo da JBS.

“Os líderes do governo têm que se mostrar mais e têm que trocar mesmo os integrantes da CCJ, se for preciso – disse Jovair ao Globo. Ele foi relator do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff na Casa.

Um outro fiel aliado de Temer quer apressar a análise do processo por conta do recesso parlamentar. “O Rodrigo Maia vai acabar levando isso para agosto. Eu mesmo viajo no dia 15 e não volto” – reclamou.

MAIA SOB SUSPEITA – Alguns deputados da base aliada já avaliam que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, tem se comportado como alguém que poderá assumir em caso de afastamento de Temer. Ontem, ele não presidiu a sessão e passou boa parte do tempo cumprimentando deputados no meio do plenário.

Na CCJ, a batalha do governo será grande. Em caso de parecer a favor da denúncia, Temer terá que ter força na base para derrubá-lo. O presidente da comissão Rodrigo Pacheco (PMDB-MG) lembrou que, pelas regras, o parecer a ser apresentado pelo relator pode ser aprovado ou rejeitado. Em caso de rejeição, a CCJ nomeia um relator ad hoc para proferir o parecer do resultado.

“O parecer de um relator pode ser vencedor ou vencido na CCJ” – disse Pacheco, sintetizando a questão.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Está difícil garantir maioria para apoiar Temer na Comissão. Se o parecer for contra ele e passar na CCJ, vai dificultar a situação no plenário, que tem o poder de decisão. Muita água vai rolar debaixo dessa ponte para o futuro. E muitos deputados serão cooptados. O leilão já começou. (C.N.)

3 thoughts on “PTB pede que líderes substituam deputados que não querem apoiar Temer

  1. E Brizola não conseguiu a sigla que tanto desejava, se conseguisse, este deputado não faria parte da legenda, se mostra contrário a moralização do país, não é Michel Temer que vai endireitar este país, é inadmissível obrigar aos deputados do PTB concordar em proteger o presidente, este país merece uma mudança geral deste congresso.

  2. Na minha modestíssima opinião, esse rodizio chega a ser indecente e, se no seu final, atender às pretensões do presidente interino, quem vai faturar, mesmo,será o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

    Os dados estão sendo lançados e como assinalou o Moderador, o leilão, junto, igualmente…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *