Quase metade da nova Câmara Federal será formada por milionários

Deu no G1

Quase metade da nova Câmara que tomará posse em 2015 será formada por deputados federais milionários. É o que mostra levantamento feito pelo G1 com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). São 248 políticos que declaram ter patrimônio superior a R$ 1 milhão (48% dos 513 eleitos).

O número cresce a cada legislatura. Eram 194 na eleição passada. Em 2006, havia 165 milionários na Casa. Em 2002, eram 116.

O eleito mais rico para a próxima legislatura é o deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR). O industrial declara possuir R$ 108,6 milhões. Entre os bens estão quotas de várias empresas em seu nome.

No total, os parlamentares declaram um patrimônio de R$ 1,2 bilhão – o que representa uma média de R$ 2,4 milhões para cada um. Há, no entanto, quem diga não ter bem nenhum: são 11 políticos que declaram patrimônio “zero” ao TSE.

BANCADAS
A bancada que possui o maior número de milionários é a do PMDB. São 39. O PSDB aparece logo atrás, com 32. PSD, com 24, PP, com 23, e PR, com 18, completam a lista das cinco mais.

Os outros partidos que comportam milionários são PTB (16), DEM (15), PSB (15), PT (13), PDT (11), SD (10), PSC (6), PPS (4), PRB (4), PROS (4), PV (3), PHS (2), PMN (2), PRP (2). PC do B, PSDC, PSL, PSOL e PT do B têm um cada um.

ESTADOS
São Paulo manterá o status de estado com mais milionários: 32 (um a mais que na última legislatura). Minas Gerais aparece logo atrás, com 26. O Rio de Janeiro terá 22, a Bahia, 20, e Pernambuco, 18. A exemplo de 2006 e 2010, só o Amapá não contará com nenhum deputado com patrimônio superior a R$ 1 milhão.

E em 2015 a Câmara terá o maior número de deputados estreantes desde 1998, ano em que Casa começou a contabilizar esse tipo de estatística. Na eleição do último domingo (5), 198 deputados (38,6%, do total de 513 parlamentares) foram eleitos pela primeira vez.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A reportagem é muito interessante e reveladora. Mas é preciso destacar que os cálculos se baseiam em “bens declarados” à Receita Federal, cujo valor, em termos de imóveis, por exemplo, é muito reduzido em relação à realidade. Se os cálculos forem feitos mais próximos aos valores de mercado, poder-se-á dizer que a quase totalidade dos deputados federais é formada de milionários. (C.N.)

3 thoughts on “Quase metade da nova Câmara Federal será formada por milionários

  1. Não tenho nenhum preconceito se são milionários ou não, o problema é que quase todos estão pouco se lixando para o Brasil.

    Observei nessa eleição, que os nossos males do passado continuam em pauta.
    Politico que defender e praticar, a moralidade, a não compra de votos(que está presente como nunca), os interesses do Brasil, não se elegem.

    OBSERVEM OS ELEITOS E TIREMOS AS CONCLUSÕES COM FACILIDADE.

  2. Impressionante mesmo é a declaração de bens da PRESIDANTA que reconhece estar em posse de uns R$ 150000 no colchão( será que está se precavendo de uma proposta de seu partido de uma futura imposição da poupança fraterna?) , declara possuir um patrimonio total de menos de R$ 500.000.
    Como é que pode alguém que chega a ganhar só no conselho da Petrobrás mais de 60000 por mes durante anos, isso fora todas as mordomias de ministra e presidente. Ou seja, na melhor das hipóteses é uma grande imbecil que mal consegue adminstrar o próprio patrimonio ou então está pouco se lixando em declarar corretamente um patrimonio escondido sabe-se lá em que e aonde.
    Em qualquer das 2 hipóteses seria um fato mais do que suficiente para essa figura ser alijada de um cargo tão importante como o de presidente da República. Não tem condições morais, intelectuais, gerenciais de continuar onde está.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *