Queiroz insiste na candidatura e garante que ser o deputado mais votado do Rio de Janeiro

Queiroz permanece em silncio durante primeiro depoimento no caso das  'rachadinhas' - ISTO Independente

Fabricio Queiroz est mesmo decidido a entrar na poltica

Camila Zarur
O Globo

Piv do caso das rachadinhas no antigo gabinete do senador Flvio Bolsonaro (PL-RJ) e smbolo das suspeitas de corrupo que envolvem a famlia presidencial, o policial militar reformado Fabricio Queiroz, animado pelo esfriamento das investigaes do caso, quer se candidatar a deputado federal.

Em entrevistas e publicaes nas redes sociais, por ora sem sinal de cobrana explcita, ele deixa claro que pretende contar com o apoio do presidente a seu nome. Bolsonaro at agora no fez gesto pblico em relao ao amigo, que sofre para encontrar um partido que abrigue algum com seu histrico.

At nas legendas mais fiis a Bolsonaro h forte resistncia ao ingresso de Queiroz. O Globo ouviu dez dirigentes de oito siglas. Cinco delas so da base do governo PL, PP, Republicanos, PTB e PRTB e trs se dizem independentes: Unio Brasil, MDB e PSD. Nenhum deles se mostrou favorvel possibilidade de se tornar correligionrio do ex-policial.

SEM CRIAR ARESTAS – A contrariedade ainda maior entre os polticos desse universo que ocupam assentos de comando em diretrios do Rio, domiclio eleitoral de Queiroz.

A maior parte falou sob a condio de anonimato, alegando receio de criar arestas com a famlia presidencial, de quem Queiroz prximo desde a dcada de 1980. J o presidente do PL no Rio, deputado Altineu Crtes, confirmou que se encontrou com Flvio Bolsonaro na semana passada para discutir candidaturas do partido ao Congresso, mas disse que jamais tratou sobre os planos eleitorais de Queiroz.

Em seus perfis nas redes sociais, Queiroz tem feito acenos ao PTB. O ex-PM j publicou inclusive fotos homenageando o ex-deputado Roberto Jefferson, cacique histrico da sigla, e que est preso desde agosto do ano passado. O Globo apurou com lideranas da legenda, porm, que o amigo da famlia Bolsonaro no seria bem-vindo.

PEDIDO DE AJUDA – H uma semana, em entrevista ao Estado de S.Paulo, Queiroz afirmou que, se receber apoio explcito de Bolsonaro, ser eleito o deputado mais votado do Rio. Foi um primeiro pedido indireto de ajuda. Outro recado implcito veio nesta sexta-feira.

Depois da publicao de uma entrevista revista Veja em que outro amigo de longa data da famlia Bolsonaro, Waldir Ferraz, admite que havia rachadinha nos gabinetes do cl atribuindo a culpa ex-mulher de Jair Bolsonaro, Ana Cristina Valle Queiroz publicou:

Se isso amigo, imagina se fosse inimigo, escreveu o ex-policial. A frase remete lealdade que o prprio Queiroz sempre manteve com a famlia Bolsonaro durante toda a investigao da rachadinha na Alerj.

CONSTRANGIMENTO – As movimentaes do ex-assessor tm provocado clima de constrangimento na famlia do presidente. Na ltima semana, em entrevista CNN, o senador Flvio Bolsonaro no descartou apoio do pai ao seu ex-assessor, mas evitou se comprometer, saindo pela tangente:

Qualquer um pode querer ser candidato, tem uma grande rede de relacionamentos. um PM respeitado no Rio de Janeiro. Sobre apoio, o Bolsonaro tem que apoiar todos que estejam dentro desse contexto de alianas.

Embora no admitam publicamente, integrantes dos partidos aliados sabem que as resistncias podem ser deixadas de lado se algum representante do cl presidencial fizer um pedido direto pela filiao de Queiroz. Todos os dirigentes ouvidos pela reportagem disseram, porm, que isso jamais ocorreu.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Para a famlia Bolsonaro, Queiroz sempre foi um parceiro rachadista da melhor qualidade. Mas as coisas mudam, ele ganhou vida prpria e se tornou cada vez mais inconveniente, como se fosse aquela metamorfose ambulante celebrizada por Raul Seixas e Paulo Coelho. (C.N.)

4 thoughts on “Queiroz insiste na candidatura e garante que ser o deputado mais votado do Rio de Janeiro

  1. Realmente, no Brasil a tal “merdamorfose ambulante” tornou-se um caso srio, no RJ ento, um estado de criminalidade, nem se fala. Alis, o eleitorado carioca campeo em eleger cabrais, etc. e tai$..

    • Foi-se o tempo em que Machado de Assis, Rui Barbosa…, eram figuras exponenciais do RJ, da BA, e do Brasil, a bandidocracia reinante no pas criou os seus prprio “mitos”.

  2. O Rio vai de mal a pior. A bandidagem tomou conta. A Muzema, Rio das Pedras, Praa Seca, os Complexos da Mar e do Alemo, so apenas as “comunidades” mais aparentes.
    Est tudo dominado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.