Quem pedia uma nova ditadura militar vai ganhar uma democracia militar

Resultado de imagem para democracia militar charges

Charge do Thiago (Arquivo Google)

Carlos Newton

Tenho dúvidas de que Deus seja brasileiro, mas considero absolutamente compreensível que escreva certo por linhas tortas. Basta conferir o que está acontecendo agora no Brasil. Depois do mensalão, do petrolão, do impeachment e da ascensão de um governo formado quase que exclusivamente por corruptos (Temer, Padilha, Moreira, Gedell, Renan, Barbalho & Cia), uma enorme parcela da sociedade começou a defender a necessidade de uma intervenção militar não prevista na Constituição. Ou seja, exigiam um novo golpe, e o faziam abertamente, sem temer a Lei de Segurança Nacional.

Aqui na “Tribuna da Internet”, essa tese do novo regime de exceção ganhou adeptos entusiasmados, que alinhavam estranhos argumentos, alegando que seria uma intervenção apenas durante algum tempo, para clarear a situação, e depois os militares devolveriam o poder aos civis, como se fosse possível uma bobagem dessas.

FENÔMENO BOLSONARO – O certo é que, com a aproximação das eleições, houve o crescimento da candidatura do deputado Jair Bolsonaro, e tudo mudou. O movimento a favor do golpe militar foi arrefecendo à proporção que aumentava a viabilidade da candidatura do deputado-capitão, que percorria incansavelmente o interior do país, conquistando apoio local para implantar outdoors nas estradas.

Em março de 2016, quando anunciou sua pré-candidatura, era filiado ao Partido Social Cristão (PSC), mas já sabia que não lhe dariam a legenda para disputar a eleição e teria de se filiar a outro partido.

Apareceu o PEN, que para homenagear Bolsonaro até trocou de nome, passando a se chamar Patriotas. Mas o candidato acabou se desentendendo com os dirigentes e não se filiou. Continuou a campanha sozinho, até iniciar as negociações com outro partido nanico, o PSL.

A MENSAGEM – O partido nem interessava a Bolsonaro, porque o importante era a mensagem de mudanças. Manteve a rotina das viagens pelo país e sua aceitação foi crescendo, de forma espantosa.

Agora, Bolsonaro se prepara para chegar ao poder e traz consigo um grupo de oficiais-generais, que o ajudaram a montar o governo. Ou seja, quem defendia um golpe militar será atendido com um governo militarista, mas eleito democraticamente, vejam como Deus escreve certo com as linhas tortas.

Pessoalmente, o editor da TI continua achando que Bolsonaro é um idiota completo, mas tem condições de fazer um grande governo, se for bem assessorado. Se isso acontecer, prometo que passaremos a classificá-lo de o idiota que deu certo e foi conduzido por divinas linhas tortas, como as usadas genialmente por Garrincha.

###
P.S.
Para evitar que a quadrilha petista volte ao poder, qualquer candidato serve. Até o Tiririca, porque a gente sabe que pior não fica. (C.N.)

 

48 thoughts on “Quem pedia uma nova ditadura militar vai ganhar uma democracia militar

  1. Caro CN … NÃO VAI HAVER DEMOCRACIA MILITAR NENHUMA … pois os oriundos podem ser eleitos e exercer o Poder … a CIDADÃ não os proíbem de ser políticos!!!

    O que está acontecendo é a RESTAURAÇÃO da Revolução das Mulheres de 1964 … ontem, Bolsonaro esteve com o nosso Cardeal Dom Orani e se comprometeu em respeitar o que as mulheres pediam em 1964!!!

    Torço para que ninguém venha com proposta como a de prorrogação do mandato de Castello que facilitou a subversão que nos levou ao Autoritarismo de 1968!!!

    Caso eleito, que Bolsonaro saiba respeitar a CIDADÃ … pois está sendo eleito dentro da LEI LEI LEI … e que não saia dela com medidas de pisar em que já está caído!!!

    Um aperto de mão CIVIL!!!

  2. Lamendo CN Q VC rotule Bolsonaro como idiota. Para cursar uma academia militar e chegar ao posto de capitão o cara tem q ser preparado. E vc, qual é a sua formação?

    • Certa ou errada, idiota ou não, a observação feita pelo C.N. sobre Bolsonaro, extensiva ao Mourão, só o tempo poderá responder. Eleger-se até que não é tão difícil, embora o candidato tenha que levar até facada para chegar lá, o difícil mesmo é governar, suportar as facadas do poder. A conferir. Tempo ao tempo.

      • Caro poeta,desculpa pela intromissão…
        Bolsonaro,conviveu com Paulo Maluf na arena e PP. São muitos “amiguinhos”, já mais Bolsonaro chamou Salim de corrupto.
        Não será surpresa Maluf integrar o estafe do Bolso.

        Em tempo,meu candidato tá fora…
        Meu voto é nulo mesmo.

  3. Intervenção militar não está prevista por ser uma medida quase desesperada para livrar o país dos parasitas do erário que infestam Brasília. Isso sequer passaria pela cabeça de qualquer parlamentar que ajudou a elaborar a Constituição de 88, mas uma percentagem substancial da população brasileira acredita piamente que só isso resolveria. Isso aconteceu pela altíssima sensação de corrupção que ficou no pós governo do PT, confirmada pela investigação da Lava Jato. Qualquer brasileiro que tenha amor a terra onde nasceu, não conseguiria se manter alheio a isso. Principalmente, com o desemprego batendo nas alturas e o custo das coisas apenas subindo, apesar da inflação governamental, jurar que aquilo que era sentido no bolso, não era o que eles expressavam em números. A credibilidade deles cai beirando o zero. Um mentiroso desmascarado é um mentiroso inútil, pois não convencerá mais, nem a mãe dele. Elege Bolsonaro a aqueles que acreditam no Brasil. Aqueles que não querem mais sentir vergonha de ter nascido aqui, mas querem sentir orgulho de ser quem é.

  4. “E CADÊ O CONTRAPONTO ORIGINAL, O NOVO DE VERDADE, OPONENTE AO FAKE BOLSONARO ? A reportagem abaixo bateu na tecla certa. Foi direto ao ponto. Ao fake Bolsonaro, que de novo não tem nada, faltou o contraponto original, o novo de verdade, que pega geral, a Revolução Redentora (RPL-PNBC-DD-ME), o novo caminho para o novo Brasil de Verdade, porque evoluir é preciso ,que estava pronto para bater de frente contra o Bolsonaro e tudo o que ele representa (518 anos de malandragem política), como, aliás, já vinham se pegando em combates mortais na internet há anos (à moda novo de verdade versus velho que já morreu), e que outra vez restou cercado pela pseuda esquerda que acabou militando a favor de Bolsonaro. Contraponto original que poderia ter sido apresentado ao distinto público pelo PSOL (nanico do bem X nanico do mal) que, infelizmente, via Boulos, fiel escudeiro do Lula, optou por ser outra vez apenas puxadinho e linha auxiliar do PT, julgando-se muito esperto à moda PCdoB na vice do PT. E deu no que deu: morreram todos abraçados no mesmo barco, furado pela Lava Jato e metralhado pela mídia, como já estava tudo premeditado, com o tiro de misericórdia vindo à Bolsossauro, sem o possível barco salva vidas que continuou atracado no Porto Esperança, feliz, ou infelizmente. A conferir. Tempo ao tempo. ” https://www1.folha.uol.com.br/colunas/marilizpereirajorge/2018/10/vitoria-no-grito.shtml

    • Reportagem da Foice de São Paulo? Os petistas estão mais perdidos que cusco em procissão. Parecem baratas depois de uma dedetização, ainda não morreram e correm para todos os lados sem saber para onde ir.

    • O PSOL? Impossível. Nada de novo virá da esquerda porque, salvo uma ou outra voz isolada e minoritária, os militantes de partidos esquerdistas dificilmente admitirão qualquer erro cometido pela militância petista, tão consumidos que são pela idolatria cega ao Lula. Os poucos críticos de esquerda do Lula, como a Marina Silva, foram isolados e demolidos pela militância petista fanática. Provavelmente levará uma geração inteira para que surja alguma nova liderança de esquerda capaz de reconhecer os desvios da era lulista e traçar novos rumos.

  5. Excelente artigo e comentário final do Carlos Newton.

    Bolsonaro não é o nosso candidato dos sonhos. Mas é o que temos para hoje, de forma a impedir que a quadrilha lulopetista volte ao poder.

    – Sim, o PT é uma QUADRILHA CRIMINOSA!!!

  6. Democracia, democracia, que palavra bonita, que significado singelo.
    Mas, infelizmente qto mais vivo, qto mais tente entender o comportamento do ser humano, mais me entristece.

    Grande parte das pessoas, enchem a boca ao falar em democracia, mas as atitudes nos mostram um comportamento, exatamente o contrário.

    “Sou democrata, desde que minhas idéias e interesses prevaleçam”.

    !!!!!!

    • Muita gente come gato por lebre, confunde, de propósito, por malícia, ou por ignorância, ou inocência, Plutocracia que é o que está em vigor no Brasil há 128 anos, p. ex., plutocracia putrefata, com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia, por Democracia que deveria ser o poder do povo, pelo povo e para o povo.

  7. A Democracia se restabelece. Estávamos indo para o matadouro e não tínhamos noção disso. O povo acordou e não quer o socialismo. Discordo, caro C.N., principalmente em dois aspectos. Os militares dão prova de sua competência, no Rio, pois a criminalidade está diminuindo. O segundo ponto, um corrupto contumaz que cria um projeto de poder infinito e uma presidente que mal sabia falar, ambos quase enterraram o Brasil, e deram muito do nosso patrimônio e dinheiro para ditadores. Podem existir maiores idiotas que esses?

    • Peraí, a culpa não é do C.N., quem se auto rotulou de idiota foi o próprio Mourão, confessando que não sabe nem se expressar, e o Bolsonaro idem, com o seu histórico besteirol.

    • Criminalidade diminuindo??

      INOCEEEEENTEEEE, TADINHOOO…….

      kkkkkkkkkkkkkkkk

      Dê um pulinho na Rocinha às nove da noite e pergunte ao pessoal de lá como anda a vida deles ultimamente…….

    • A ojeriza da esquerda, pelos militares, não leva em conta que a profissão que escolheram, além de embasar-se em conceitos relevantes, não lhes retira a posição de “cidadãos” que é a mesma dos demais civis. Tanto uns quanto os outros merecem e tem as mesmas prerrogativas diante da lei e de uma eleição! Logo, a adjetivação pejorativa está mais ligada ao ranço ideológico do que à verdade, o que é evidente… Que tal se também for, o C.N., adjetivado como outro idiota da caneta por sua crítica ácida e desqualificadora? Tem seus posts retirados por isso? Faz sentido?

  8. Carlos Newton

    Idiotia: ” (Med) Estado de debilidade mental profunda, caracterizado por idade mental nunca superior a 3 anos”

    Será que Bolsonaro é isso mesmo ? Acho que o poeta se perdeu no rima e da métrica.

    Com minha admiração e respeito, um abraço.

    • É só uma força de expressão, amigo Elmir Bello. Se fosse um idiota completo, Bolsonaro não chegaria à Presidência, mas ele se comporta como um idiota completo, como eu também me comporto, pleno de idiotice.

      Abs.

      CN

  9. Ao que parece, C.N. usa a expressão no sentido amplo, figurado, referindo-se à boca aberta do Bolsonaro, que de forma tola, irrefletida, bravateira e inconsequente fala muita besteira, como falou, p. ex., contra o seu melhor amigo de infância e adolescência, Gilmar Alves, residente em Registro, SP, sem sequer pedir-lhe perdão, pelas quais noutro país mais sério já poderia ter pego até prisão perpétua, mas que por aqui pode até chegar a ser presidente, caso não encontre outros “Bispos”, ” a mando de Deus”, com melhor sorte pela frente (oxalá não aconteça), ante as besteiras que fala a esmo, como essa de querer colocar saia justa num jornalista que é uma lenda viva e que está se declarando publicamente seu eleitor, e que está apenas lhe dando um toque para maneirar no seu linguajar.

  10. 1) Para quem não acredita na Lei do Retorno/Reencarnação/Renascimento, a quase certa eleição de Bolsonaro significa a volta dos militares aos Poderes.

    2) A Lei de Ação e Reação se faz presente em todas as áreas da vida humana, no pessoal e no coletivo.

  11. Ninguém de renome político quis arriscar “perder tempo e a eleição” sendo vice do Bolsonaro, daí ele teve que procurar um militar, ou perder a chance de fazer uma lucrativa coligação só para abriga-lo.
    E, mesmo assim, ELE NÃO desistiu…

      • “pois é…

        O Malta não quis deixar o “certo” pelo “duvidoso”.
        Somente o “maluco”, com a reeleição garantida para mais um mandato como deputado, quis arriscar o emprego pelo país.

        • Com a sua família inteira já garantida lá, nas tetas gordas do erário, mais soldos, pensões, investimentos, juro$ e dividendo$, e com aquele imenso laranjal ou bananal lá no Vale do Ribeira, na cara de todo mundo, com o campo aberto, daria para arriscar tranquilamente, de olhos fechados, à moda o que vier a mais é lucro. É assim mesmo que a coisa funciona, quanto mais rico mais precisa e mais quer. Eu sei que é pelo país, eu conheço essa mantra.

          • “…quis arriscar o emprego pelo país. ” Papo de carreirista profissional viciado nas tetas do erário. Política não deve ser considerada um emprego mas, isto sim, uma missão, um múnus público.

  12. O erro do C.N. no artigo acima, a meu ver, foi o de ter compara Bolsonaro ao nosso inolvidável Mané Garrincha. Até porque, ao que consta, conforme nos informou o amigo de infância e adolescência dele, Gilmar Alves, que tb pescavam juntos às margens do Rio Ribeira de Iguape e vendiam juntos os peixes pescados, Bolsonaro foi o goleiro mais frangueiro que já surgiu no Vale do Ribeira, mais precisamente em Eldorado Paulista, SP.

  13. tratar um militar como idiota demonstra a tua ignorância e boçalidade… ainda mais quando formará um ministério eminentemente técnico. a mídia do teu nivel está em vias de extinção…

    • C.N. já explicou, o que ele quis dizer, e me parece bem explicado. O que mais vc quer que ele faça, se ajoelhe a seus pés e lhes peça perdão, sós porque vocês tem armas em mãos. Logo um Jornalista com a história de vida do C.N. Ele não vai fazer isso nunca, nem torturado. Ele não disse que todo militar é um idiota, como vc está tentando confundir as coisas, ele disse que o político Bolsonaro afeiçoa-se a um idiota, mas, mesmo assim, vota nele, porque lhe parece menos ruim que o candidato do PT. Quem se disse idiota foi o General Mourão, em público. Da minha parte, aos militares que honram as suas fardas e carreiras, como foi o caso do meu avo, p. ex., eu tiro e tiro o meu chapéu. Mas, em relação aos militares que perfazem o militarismo politiqueiro, oportunista e aproveitador e se imiscuem na politicalha partidária-eleitoral ou golpista-ditatorial, mais suja do que pau de galinheiro, eu fico com o pé atrás, tb não tenho muito apreço por esse tipo de gente não, na verdade nenhum apreço, prefiro os militares nas suas funções originais, à moda cada macaco no seu galho, onde são muito mais úteis à sociedade, por razões óbvias e ululantes.

  14. Na idade do Newton a paixão é avassaladora: Democracia Militar?????. E o Newton é declaramente um marxista. O mundo muda é natural que as pessoas mudem.

    • Com aquela Manuela, daquele PCdoB , na Vice, quase que extorquindo a vaga do cara preso, tirando proveito da situação, até eu estou pensando seriamente se vale a pena votar válido.

  15. Nossa, depois de viver o desgoverno petista desde 2003.
    Prefiro pensar que surgi uma esperança.
    Nossa nação não pode continuar vivendo a merce de bandidos.
    Vamos acreditar que ainda há esperança.
    Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos.
    Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó,
    Ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta.

    Jó 14:7-9

  16. “Para evitar que a quadrilha petista volte ao poder, qualquer candidato serve. Até o Tiririca, porque a gente sabe que pior não fica.”

    KKKKKKKK Essa foi impagável, Sr. Newton!

    Estou rindo há horas!
    Boa!!!!

  17. Prezado editor, a principal noticia de hoje na mídia é a possibilidade de financiamento ilegal de campanha do candidato Bolsonaro por empresas que compraram o tal “impulsionamento” de mensagens. Esta Tribuna fará alguma menção ao fato?

  18. E quem nos garante que Bolsonaro não é chefe de uma quadrilha ainda mais poderosa, armada, com projeto de poder vitalício, contra a qual reclamar será a mais coisa que colocar o pescoço na guilhotina ?

  19. Para pedir intervenção militar basta estar do “outro lado”.
    Twitter do Boff
    “@Gen_VillasBoas General faço uma súplica: por favor, que alguém que foi da corporação, liquide a democracia e reintroduza um regime ditatorial. O Sr como o exército são guardiães da democracia e não seus algozes. É uma súplica em nome de milhões de compatriotas.”
    Respondendo aos que se indignaram por sua mensagem ele responde, incoerentemente, que:
    “Suplicava exatamente o contrário, QUE NÃO SE PERMITISSE ISSO.”
    Queria intervenção das forças armadas para que Bolsonaro não líquidasse a democracia!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *