Quem sonha com intervenção militar estará iludido ao votar em Bolsonaro

Resultado de imagem para intervenção militar charges

Charge do Cazo (blogdoafr.com)

Carlos Newton

A política é uma atividade movida a promessas, mentiras e ilusões. Nada tem de meritocracia, muito pelo contrário, qualquer um pode se eleger, não existem critérios bem definidos, conforme se constatou na eleição de Donald Trump, que representou um verdadeiro aborto da natureza, embora a adversária Hillary Clinton fosse muito fraca. Aqui no Brasil, aproxima-se mais uma eleição presidencial, em meio a uma crise política, econômica e social de muita gravidade, e ninguém sabe o que pode acontecer, porque o poder está acéfalo, o presidente Michel Temer não manda nada, está apenas esquentando a cadeira para o próximo ocupante.

Apesar da proibição legal, a campanha para presidente já nas ruas e uma considerável parcela do eleitorado defende abertamente uma intervenção militar, conforme se constata na liberdade editorial da internet, onde há grande número de sites e blogs destinados a propagar essa tese.

SÃO POUCOS – Os militaristas fazem muito barulho, mas são poucos e podem até ser recenseados, pois quase todos apoiam a candidatura do capitão reformado Jair Bolsonaro. Alimentam a falsa ilusão de que, caso eleito, o candidato do PSL poderá promover reformas profundas. E, se não conseguiu concretizá-las, terá forças para convocar as Forças Armadas.

“Isso não ecziste”, diria o padre Oscar Quevedo, com seu sotaque castelhano. É realmente um sonho maluco, pois a possibilidade de intervenção militar simplesmente não tem condições de se concretizar, conforme deixaram claro o juiz Sérgio Moro, o ministro Luís Roberto Barroso e o pré-candidato Ciro Gomes, ao fazerem palestras em Harvard num seminário conjunto organizado pelos estudantes brasileiros dessa universidade e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

MARXISMO MILITAR – Na confusa política brasileira, o mais interessante é que os defensores da intervenção militar são ferrenhos anticomunistas. Em seu furor uterino pelo capitalismo, eles não percebem que não há nada tão marxista quanto as organizações militares, que cultivam a meritocracia e as oportunidades iguais, nelas não há favorecimentos, todos têm idênticas chances de progressão profissional, recebem tratamento comum, são atendidos pelos mesmos médicos e hospitais. Ora, amigos, se esse sistema for transposto para a nação, estaremos em pleno marxismo, que maravilha viver, diria Vinicius de Moraes.

É impressionante que muitos militares não percebam esta realidade e se proclamem anticomunistas. Minha ironia não chega a tanto, caio na gargalhada quando leio críticas ao marxismo que partem de chefes militares, logo eles, que praticam as teorias comunistas (do bem comum) na caserna e em família, mas não conseguem racionalizar a realidade que os cerca, parecem analfabetos funcionais em termos ideológicos.

MARXISMO RELIGIOSO– Há duas semanas, ao trocar ideias com um amigo antimarxista de sólida formação cristã, eu lhe disse que todo militar e todo religioso é muito mais comunista do que capitalista. Ele ficou espantado e impressionado com minha observação, porque não há como refutá-la, a realidade dos fatos não admite dupla interpretação.

Na minha condição de defensor de um marxismo adaptado ao mundo de hoje (nada a ver com Stalin, Pol Pot, Fidel Castro, Mao Tsé Tung etc.), sonho com um sistema político-administrativo em que todas as crianças tenham as mesmas oportunidades em termos de ensino; a assistência médico-hospitalar seja igual para todos, sem planos de saúde; a meritocracia e a produtividade prevaleçam nos ambientes de trabalho; todas as famílias tenham direito a um teto sólido, protetor e salubre; os moradores de rua e excluídos sejam amparados pelo poder público; os criminosos trabalhem em colônias agrícolas e presídios-indústrias, para serem remunerados e se socializarem. Simples assim.

###
P.S. 1 –
Na minha concepção, não haveria planejamento central, prevaleceria o livre empreendimento, com burocracia mínima e garantia do direito ao lucro.

P.S. 2  – Sonho também com bancos estatizados, que não visem ao lucro pelo lucro e não cobrem 450% ao ano quando o brasileiro atrasar o pagamento do cartão de crédito.  Em tradução simultânea, eu sonho com um misto de capitalismo e marxismo, que é justamente o sistema praticado nas instituições militares e religiosas. Mas quem se interessa? (C.N.)

30 thoughts on “Quem sonha com intervenção militar estará iludido ao votar em Bolsonaro

  1. Concordo com o sr.
    Mas , em verdade, muitos , como eu ,que querem uma intervenção, pensam que esta é a unica maneira de colocar ordem na casa devido ao aparelhamento do poder público pela bandidagem .
    Eu, como muitos, somos saudosos dos valores de outrora que coincidiam com a época do regime. ( era garoto e lembro como era).
    Tinhamos paz, trabalho e oportunidades, apesar da inflação e corrupção. Aliás, corrupção é “mais velha que andar para frente.”

    Penso que o militar não deve comandar o pais, lógico, mas alguma coisa tem que ser feita para que se restabeleça a ordem . Os tempos são outros. Duvido que os generais queiram embarcar nesta furada.
    Apesar de meu raciocínio ser simplista, reconheço, não vejo outra forma.

    Gostei muito do que escreveu.
    Saudações

  2. Quem disse que a redenção do país passa por reformas autoritárias e de pouca eficiência? Acho que o primarismo deveria ser deixado de lado, caso haja realmente algum interesse e que este seja verdadeiramente voltado a melhoria das condições do país. Os problemas são estruturais e voltados a como o sistema é usado para sugar a ceiva do país. Bolsonaro tem mostrado que está focado neles. O que queriam os defensores de Temer e suas “reformas”, era manter o sistema parasitário e aumentar a retirada de ceiva do bolso do trabalhador, adequar a oferta ao aumento da demanda. Isso é cretino, criminoso, não apenas primário. O grande fato é que a resposta a população, quando os militares são exigidos é satisfatória ou as FAs não estariam figurando entre as raras Instituições públicas com algum crédito entre a DESILUDIDA população do país. Não que as FAs estejam imunes aos maus cidadãos, mas mostrado ter mecanismos mais eficientes de conter ou se livrar deles. A população não está só desiludida com os políticos, mas com si mesma, não sem razão.

  3. Parece que você tem total razão. Veja bem, quando os generais que governaram o pais, deixavam o cargo, estavam na mesma condição financeira, de que quando assumiram a presidência, já os “democratas” dito de esquerda, estão indo todos para a cadeia por roubarem dinheiro público.
    Já que o militarismo se assemelha ao marxismo, então vocês da esquerda, deveriam defender a volta deles ao poder.
    Afinal se comunismo não se harmoniza com democracia e regimes militares também não suportam oposição, seria então, quem sabe a solução para o Brasil.
    Quem deseja a volta dos militares, nem em sonho, pensa em comunismo, porém se a sua tese for a realidade, sugiro aos “militaristas” que revejam os seus conceitos.
    Que seja o regime, capitalista, comunista, socialista, militarista ou civilista, uma coisa é fundamental, que seja adotada com urgência no pais. A honestidade e que seja disposta na constituição, como obrigação intransferível de todo brasileiro, com penas severíssimas ao seu descumprimento.
    Já estamos fartos de tantos impostos e tantos roubos.

  4. A tudo isso que vc escreveu eu sintetizo como sucesso pleno do bem comum do conjunto da população, que se expressa no IDH, que é o foco principal da RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, uma grande omelete que não será possível fazê-la sem quebrarmos ovos, muitos ovo, e tirar do caminho o excesso de serpentes. Vale dizer, com o excesso de bandidos e vampiros sediados em Brasília, a Ilha da Fantasia dos me$mo$, como corolário da federação falida que ai está jamais conseguiremos descortinar os novos horizontes. que se fazem necessários há muito tempo. Confederação é tb união, porém com independência financeira regional para que todas as encrencas sejam resolvidas em suas respectivas regiões geradoras das ditas-cujas. Brasília, enquanto carro-chefe, tem que ser enxuta, livre, leve, solta e forte para comandar com lucidez e sabedoria os destinos da nação, e não essa coisa cheia de elefantes brancos e esse eterno Deus nos acuda para sustentá-los. Venho comigo, vai dar tudo certo, foi Deus que me indicou o novo caminho.

  5. Caro Newton, assino, tuas palavras expressam a Lei da Fraternidade entre os homens, e estão dentro do Código da Vida, apresentado à 2018 anos, por Mensageiro de nosso Criador- Deus-Pai, Jesus Cristo, seu Evangelho, que sintetiza: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao Próximo como a sí mesmo”. Infelizmente o Homem, deturpou, servindo Mamom, o resultado, aí está, os homens se entredevorando, esquecido, que vida de sua Alma Eterna, continua viva, e fará a prestação de contas de suas obras, à Consciência, Tribunal Divino, com a pena: Luz e Paz ou Ranger de dentes, como resultado do Livre arbítrio da Alma. Jesus Cristo, nos deu a Doutrina Cristã, em ensino e exemplo do que ensinava, estudar e exemplificar o Evangelho, é o Caminho para alcançarmos um dia a Luz Divina: Deus- Pai, por mérito das boas obras.
    Que Deus abençoe a humanidade desgarrada, que luta pelos bens terrenos, perecíveis, desprezando o Bem do Tesouro Divino.

  6. A insistência em negar que existe mais no universo que imagina….
    Nisso se acha dono da verdade e aí se vai á loucura da salvação.
    O dia que o americano, que não são perfeitos como todos nós, mas que tem um estilo de viver mais próximo da nossa verdadeira natureza, mudar para o socialismo, o mundo vai pro brejo definitivamente.
    Por enquanto vamos aproveitar essa situação e usufruir tudo que temos aqui de bom como esse computador, por exemplo.

  7. não seja tolinho…r… ou … ninguem que vota em Bolsonaro quer militarismo, quer alguém descente para governar esse país já que a sociedade civil não produziu nada que preste até agora. De resto, lembro que quem foi enquadrado nos anos 60 voltou novamente para a cadeia ou em breve ira, e a cada dia me divirto mais com a intervenção do Rio. Até pouco tempo execravam as forcas armadas e agora tiveram que convocar justamente ela para resolver problemas dessa sociedade civil podre que temos???

  8. P.S. 2 . Não é nenhum sonho impossível. Quanto aos bancos, eles praticam esta taxa escranchante de juros, por uma razão apenas, os governos permitem isso. Quer cobrar taxas abusivas? Que sejam também sobretaxados pelo governo. Ou aderem a um patamar razoável ou aceitem perder um pouco dos lucros altíssimos. A promiscuidade entre políticos, banqueiros e grandes empresários tem sido o maior culpado por isso. Outro problema é que o governo quando resolveu ser o sócio majoritário do comércio de produtos e serviços em geral no Brasil, depositando o peso do Estado sobre os impostos indiretos, todos os preços explodiram e o país perdeu competitividade. A festa em impostos, taxas, contribuições, representa dizer que aumentando-se os lucros de quem vende, aumenta-se os lucros de quem vive de explorar o comércio do país. A cultura inflacionária é alimentada por quem teria o dever de ofício em combater. Quanto a possibilidade ou não de intervenção militar, sinto informar que não são tão poucos assim os que a desejam. Quando se tem duas escolhas, ou serem governados por ladrões ou serem governados por quem foi forjado em uma forte disciplina, costuma cumprir com suas obrigações, tem conhecidamente um forte sentimento pátrio e cultua os símbolos nacionais, a escolha parece ser bem mais fácil do que parece. Se isso é ser marxista, deixei de saber o que é ser nacionalista.

  9. Esse negócio de banco ser malvado, sei não.
    Não tem muitos bancos que tem parte do capital investido na produção?
    Não foi um banco que ao dominar a maior parte do capital da empresa de Edson, criou a GE, uma das maiores empresas do mundo, que traz benefícios a todo mundo?

  10. Concordo plenamente com o que você diz, Carlos Newton. Mas temos outro problema enorme pela frente: o crescimento desordenado da população. Outro dia dei carona a uma senhora que, apesar de idosa era muito bonita, bem conservada e educada, que me disse ter tido 25 filhos. Isso confirma minha teoria de que a humanidade vai perecer envenenada pelos seus próprios dejetos e pela fome, dado que o fenômeno é mundial. Por volta de 1955 eu morava no Rio e a cidade era infinitamente mais limpa, pacífica e feliz. Mas, aí, além da política, entram na discussão as religiões. Aí mela !!!

  11. Bolsonaro e demais sistemistas, entendidos como tais os que ganham uma nota do erário e ainda têm mordomias e privilégios mil, quando não ainda por cima chafurdam em maracutaias. Estes serão evitados na caneta.

    A evolução natural da inteligência fez a experiência configurar o instituto da intervenção militar neste protocolo atualizado:

    1) Remover sistema e sistemistas corruptos afastando-os de vez da política e acessórios.
    2) Tudo ao mesmo tempo: governar provisoriamente segundo as leis morais ; elaborar o novo sistema brasileiro publicamente nas redes e na mídia escaneada dos virus corruptos, com a participação pública de todos que se julgarem capazes, em plebiscito passo a passo e referendo final ; dar na telinha e presencialmente onde necessário curso de capacitação eleitoral inteligente, sem presepada e verborragia imbecil e corrupta, para entre outras coisas no popular explicar todo tipo de pilantragem que rola na política, e dar noções boas e básicas sobre política, economia, arrecadação, sociologia, e mesmo religião, essa de modo limpo e segundo as instruções cósmicas principais de fazer e deixar de fazer em relação ao próximo como prefere em relação a si mesmo.
    3) E concluído o que vai acima, convocar-se eleições gerais nos termos do novo sistema, reiniciando-se a vida brasileira.

  12. Os dizeres da charge, não reflete a verdade. Quem tem acima de 50 anos, a ampla maioria pode utilizar:
    1) A Saúde. Com ótimos hospitais públicos.
    2) A Educação. Com excelentes escolas públicas.
    3) A Segurança. Este item nem dá pra comentar… é só ver o nível de degradação INSUPORTÁVEL que temos que conviver todos os dias.
    Quanta ingratidão dos brasileiros…!
    Pois praticamente todos usaram os serviços públicos dos militares.
    Quanto a Infraestrutura… essa é a verdadeira piada.
    Absolutamente todas as obras de grande porte e que utilizamos até hoje, foram realizadas no período do Governo Militar.
    Pergunto, o que estes ladrões, desde o Sarnento fizeram, a não ser DESINTEGRAR TOTALMENTE o País?
    E agora?
    Ah! Agora cospem no prato que comeram.
    Simples assim.
    Atenciosamente.

  13. Se os militares são comunistas, a esquerda não deveria atacar bolsonaro. kkkkkk está forçando a barra pra encontrar um exemplo de “comunismo que deu certo”

  14. Muito poucos países democráticos conseguem dar educação, saúde e segurança a seu povo.
    Os EUA, o país mais rico do mundo tem um grande número de analfabetos e miseráveis, levando-se em conta a riqueza do país.
    Não estou aqui, para defender ditaduras, mas é o fato é o que se vê: Cuba um país pobre, mas toda criança tem educação desde o início até a universidade, a saúde pública é para todos e não há problema de segurança.
    China, um pais com mais de um bilhão de habitantes, o que torna difícil governar e administrar. Saiu da miséria, aumentou o número da classe média, e hoje é a segunda maior potência do mundo.
    Evidente que Cuba e China, não são países comunista, são ditaduras nacionalistas.
    O Brasil, com um sistema corrupto e elitista, que parte dos políticos e do povo são corruptos e ladrões, democraticamente vai levar longo, tempo para dar a seu povo um bom padrão de vida. A elite, não vai querer perder seu co status. Vai ser quase impossível um presidente eleito mudar esse sistema. Com algumas exceções toda riqueza, é realizada na pobreza dos trabalhadores..

  15. Afora em alguns detalhes, por exemplo, a meritocracia, que é tida mais como uma bandeira liberal do que marxista (de cada um, de acordo com a sua possibilidade, a cada um de acordo com a sua necessidade, dizia Marx), no seu conjunto o texto é pertinente.

    Tanto que grande parte dos mais célebres marxistas brasileiros foram militares: Agildo Barata, Nelson Werneck Sodré, o próprio Prestes, Marighela, Lamarca, e por aí vai.

    As FFAA sabidamente primam pela hierarquia e disciplina, mas não são um bloco monolítico, militares não são robôs, são indivíduos que pensam e também tem a sua própria visão de mundo, podem ser liberais, de esquerda, direita, etc., como o conjunto da sociedade. Até pela sua condição de servidor público, guardião da sociedade, tenham talvez uma consciência cívica até mais aguda que a média dos cidadãos. Tenho parentes militares que me passam essa imagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *