Quem vai ao 2º turno com Garotinho? Romário dispara para o Senado

Pedro do Coutto  
A pesquisa do Ibope sobre as intenções de voto para o governo do Rio de Janeiro, objeto de excelente reportagem de Juliana Castro, O Globo de quarta-feira 27, aponta nos últimos trinta dias um avanço de 7 pontos do candidato Anthony Garotinho, subindo no período de 21 para 28% das intenções devoto. Luiz Fernando Pezão ultrapassou Marcelo Crivella registrando  18 a 16, enquanto Lindbergh Farias passou de 11 para 12 pontos. A pesquisa, creio eu, carimba o passaporte de Garotinho para as urnas de 26 de outubro, mas deixa no ar um enigma que ou será resolvido no segundo turno ou então evidenciado nos levantamentos mais próximos do primeiro embate: quem vai enfrentá-lo no turno final?
Pode ser qualquer um dos três, Pezão, Crivella ou Lindbergh, dependendo do desempenho que apresentarem no horário eleitoral. Pezão leva a vantagem de ter em mãos a máquina administrativa do estado. Lindbergh está sendo explicitamente apoiado pelo ex-presidente Lula, que certamente lhe acrescentará uma parcela de votos, pois se trata do maior eleitor do país. Marcelo Crivella tem o respaldo da legião do bispo Edir Macedo, seu tio, porém os dois pontos que perdeu em agosto em relação a julho provavelmente decorrem da consolidação da candidatura Marina Silva à presidência da República que arrebatou bases de sustentação do eleitorado evangélico. Tanto assim que o pastor Everaldo recuou do terceiro para o primeiro degrau no período.
O Ibope fez três simulações para o segundo turno. Garotinho derrotaria Crivella por um ponto. Pezão por 7. Lindberg por 8 pontos. Curiosa projeção. O adversário mais difícil, como se vê, seria Marcelo Crivella. Vantagem mínima, praticamente um empate.
Mas enquanto há indefinição sobre qual o campo do segundo turno, não parece existir dúvida quanto ao Senado. Para a Câmara Alta, como se sabe, não há necessidade de segundo turno. O campeão do mundo Romário, de julho para agosto, avançou consideravelmente passando de 24 para nada menos de 37% das intenções de voto. O ex-prefeito Cesar Maia, no mesmo espaço de tempo, passou de 17 para 22, subindo 5 pontos. Os demais candidatos não possuem a menor chance de vitória. Sobretudo porque nas urnas de outubro estará em disputa apenas uma vaga.
ROMÁRIO VAI SUBIR MAIS
Romário deu um salto e, sem dúvida, está à porta de marcar mais um gol de placa em sua trajetória vitoriosa. Concorre pelo PSB, partido da ex-senadora Marina Silva que livrou  vantagem em relação a Aécio Neves e, pelo que destaca a pesquisa Ibope, vai ao segundo turno contra Dilma Rousseff no pleito marcado para 26 de outubro. A tendência de Romário, na minha impressão, é subir ainda mais.
Não existe nada no cenário eleitoral fluminense capaz de marcá-lo na arrancada final. Entretanto, em matéria de voto, quanto a governador e presidente da república surgem algumas dúvidas. Por exemplo o apoio de Garotinho a Dilma, que realizaram campanha juntos, quarta-feira no Rio. Tal apoio, por si, evidentemente atinge a articulação com o governador Pezão, formalizada há cerca de um mês em almoço, também na cidade do rio, com grande número de prefeitos. Uma dualidade impossível. Outro problema, para Dilma Rousseff é o apoio de Lula à candidatura de Lindbergh. Dilma não poderá deixar de seguir o mesmo caminho.
São três estradas no RJ rumo a Brasília. Se a dualidade que há pouco coloquei já era difícil, quanto mais três versões de votos. As contradições ainda não acabaram. Aparece ainda a propaganda veiculada pelo ex-ministro Carlos Lupi, que possui e pontos para o Senado, entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff. É demais.

9 thoughts on “ Quem vai ao 2º turno com Garotinho? Romário dispara para o Senado

  1. O povo do Rio deve estar louco, o cara é alvo de 3 inquéritos no STF por peculato, lavagem de dinheiro, ameaça e crime eleitoral, procurador-geral da República, Roberto Gurgel, denunciou o deputado federal e a mulher dele, a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho (PR), por suspeita de envolvimento com o desvio de 650 000 reais do Estado do Rio de Janeiro.
    É impressionante como o povo é mal informado porque não lê notícias, é por isso que este estado vive cheio de bandidos, custo a acreditar, não é atoa que não vou votar em ninguém.

  2. Acho que encontrei a solução para qualificar o voto. Vamos aplicar a lei das cotas!
    Como tudo está caminhando para sermos o país das soluções “cotistas”, quem sabe valorizamos o voto. Criamos o “voto consciente” que será exercido somente por aqueles que sabem, minimamente, o que fazem quando vão às urnas.
    E olha, estou falando sério. “Cidadão” que recolhe santinho do chão para votar, que esquece em quem votou dias após as eleições, que vende seu voto e de familiares, que troca o voto pelo resultado de pesquisas e não tem a mínima noção do que é estado, instituições públicas, mandato e tudo mais, está longe de ter direito de indicar alguém.
    Basta olhar-se a perda de qualidade dos nossos legisladores e executivos eleitos nas últimas décadas. Qualidade dos eleitos, igual a falta de qualidade dos eleitores.

  3. Ontem falamos de Loucura, hoje queremos falar da Patafísica, a nova ciência dos tempos pós-modernos, próxima do Dadaísmo que nos diz: “é a ciência das soluções imaginárias e ridículas”, penso que o nosso querido Brasil, pode ser explicado pela Patafísica.

  4. O povo carioca sofre da mesma “pata-logia” (e praga) que o povo paulista.
    Me parece uma Síndrome de Estocolmo á la brasileira.
    Onde o “sequestrado” (eleitor) depois de tantos anos levando “nabas” dos políticos “ficam” com dó do “sequestrador” (governante”) e sentem uma atração fatal entre os dois…….
    Votar no garotinho e no geraldo/covas/serrote/thcorrupto/anibal/aloisio/pudim é se aliar a CORRUPÇÂO maldita que infestou nossa sociedade……..
    Depois ficam bravos e me chamando de imbecil porque VOTO NULO….
    eh!eh!eh!Eh

  5. Se fizermos uma pesquisa aqui no Rio de Janeiro sobre a participação da Rede Globo, na vida política do povo brasileiro, garanto que 8 em 10 pessoas, serão contra a emissora dos Marinhos. O problema é que essas 8 pessoas criam seus argumentos, exatamente por causa da Rede Globo.
    O maior inimigo político da Rede Globo, hoje, no Rio de Janeiro é o Antony Garotinho, que a Globo faz questão de desmoralizar e os incautos aceitam, senão vejamos, o cara deixa o governo para disputar a Presidência da República e sai com 75% de aprovação, segundo o Data Folha, elege sua mulher, Rosinha e reelege no primeiro turno, se candidata a Deputado Federal e tem 700 mil votos, pergunto: todo mundo é burro ou algumas pessoas são desinformadas?
    A charge do Caruso é um exemplo disso.

  6. Sinceramente com esses candidatos que se apresentam ao eleitor,só vejo uma saída para evitar o voto nulo,fazer um sorteio e o que sair é seu voto,pois qualquer um é sem dúvida de péssima categoria.

  7. Mandou bem, senhor Pedro do Coutto.
    No Rio, a situação é complicada, e vai ser até o ultimo minuto da eleição, pois é um tiroteio diário entre os múltiplos candidatos, que além da pressão para se eleger, também têm de aparentar que carregam alguém, outros candidatos, como é o caso da Dilma, desesperada, no balança mas não cai…
    Apoios de araque, que nem entram nos santinhos de alguns proclamados aliados.
    Em suma, é traição para ninguém botar defeito…
    Absoluto, Romário está dando as cartas com retorno positivo da galera, como se comemorando uma goleada que está se desenhando…
    O comentarista Gilson levantou uma questão de ordem interessante, quanto a Garotinho e a TV Globo… também concordo com a opinião sobre a charge do Chico Caruso, adequada ao tema.
    Aliás, a candidatura do Garotinho também está no balança mas não cai… dependendo de decisão do Supremo, para processos que já o condenaram…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *