Quinto maior em efeito estufa, Brasil o pas que mais preserva ou mais destri o ambiente?

O que  desmatamento?

Governo Bolsonaro bate recordes em desmatamento

Tasso Azevedo
O Globo

Dias atrs, discursando para o G20, o presidente Bolsonaro afirmou: “Utilizamos 8% de nossas terras para agricultura e 19% para pecuria; por isso, cerca de 66% de nosso territrio se encontram preservados com vegetao nativa (…) trabalharemos para manter este elevado nvel de preservao. Somos responsveis por menos de 3% das emisses de carbono mesmo sendo uma das dez maiores economias do mundo”. E completou assim: “O que apresento aqui so fatos e no narrativas, so dados concretos e no frases demaggicas que rebaixam o debate pblico”.

Depois de tantas informaes erradas propaladas pelo atual chefe do Executivo, chega a surpreender que os quatro dados apresentados na fala sejam muito prximos do real. Mas as concluses derivadas deles contidas na fala no condizem com a realidade.

TERRAS PRODUTIVAS – Segundo o MapBiomas, a mais completa base de dados sobre cobertura e uso da terra do pas, em 2019 a rea de uso agropecurio ocupava cerca de 30% do territrio. Quando se consideram as pastagens naturais e os plantios comerciais para produo de madeira, chega a 35%, o que est alinhado com a mdia global de ocupao da superfcie terrestre para agropecuria. O Brasil no se distingue muito do mundo neste quesito.

Ainda segundo o MapBiomas, o pas tem realmente 66% de vegetao nativa. Porm no se pode dizer que preserva este montante. Quase 10% da vegetao nativa brasileira j foram desmatados pelo menos uma vez, e estima-se que pelo menos outros 20% j foram degradados pelo fogo ou pela explorao ilegal de madeira. Ou seja, a rea efetivamente preservada no alcana nem 50%.

MAIOR DESMATADOR – Por outro, lado o Brasil , de longe, o pas que mais desmata no mundo. L atrs vm a Repblica Democrtica do Congo e a Indonsia. E o desmatamento anda muito rpido. Em 1975 a Amaznia tinha desmatado 0,5% de suas florestas, atualmente se aproxima de 20%.

Entre janeiro de 2019 e agosto de 2020, o desmatamento no Brasil alcanou uma rea superior metade do Estado do Rio de Janeiro. Definitivamente, o Brasil no o pas que mais preserva no mundo.

O Brasil o quinto maior emissor de gases de efeito estufa. Em 2019 fomos responsveis por cerca de 4% das emisses globais, enquanto nossa participao no PIB global 2%, ou seja, emitimos mais que a mdia do mundo para cada dlar de gerao de riqueza. Por outro lado, nossa emisso per capita de 10 tCO2e/habitante/ano, enquanto a mdia do mundo 7t. Novamente, estamos piorando a mdia do mundo.

VIRAR UM EXEMPLO – Mas o Brasil, que tem alta participao de fontes renovveis na matriz energtica, poderia se tornar rapidamente o exemplo para o mundo.

Zerando o desmatamento, restaurando ecossistemas em reas crticas, ampliando as reas protegidas e a economia da floresta em p junto com uma pujante agricultura regenerativa, seremos certamente o melhor exemplo para o mundo.

Para isso precisamos de menos demagogia e desvio de ateno do discurso e mais ao no dever de casa.

11 thoughts on “Quinto maior em efeito estufa, Brasil o pas que mais preserva ou mais destri o ambiente?

  1. COMENSALISMO NA SUPERPOPULAO (Republicado)

    Damio e Cosme so irmos gmeos. Ambos contraram matrimnio quase que simultaneamente. Devido obra do acaso, os dois casaram com mulheres estreis. Sentindo-se desconfortados por no terem um filho, Damio e a esposa decidiram adotar uma criana. Seguindo o exemplo do primeiro, o casal Cosme tambm resolveu aderir ao processo de adoo. Mas com uma diferena: como a renda familiar do segundo casal era cinco vezes superior do primeiro, assim, Cosme tomou cinco guris; todos com a mesma idade do pupilo de Damio.

    DEDUO ERRNEA:

    Certa ocasio, em conversa com Damio, Cosme ouviu o seu mano dizer que o dispndio com o nico filho adotado era de R$ 120,00 ao ms. Cosme, por seu turno, fez uma rpida regra de trs direta, atravs da qual projetou em R$ 600,00 (120 x 5) mensais a despesa com sua meia dezena de pimpolhos. Dali, ento, passou a monitorar o gasto mdio, mensal, com os seus cinco; chegando a R$ 900,00 (50% alm do que havia previsto). Perplexo diante do resultado, Cosme tentou, em vo, contrair os nmeros. Observando, examinando, descobriu o porqu da sua falsa estimativa: ocorre que, quando se trata de um grupo disputando os mesmos interesses, a entra em cena uma competio predatria (uma forma de esperteza preventiva) entre os indivduos, cuja consequncia principal a onerao no bolso do provedor. O mesmo fenmeno no se verificava com Damio, porque ele era mantenedor de apenas um dependente, concorrente de si mesmo.
    Agora, comparemos o pobre Cosme me natureza; superlotada com mais de 7,8 bilhes de “humanides”, distribudos em famlias diferentes, travando uma luta de vale-tudo para sobreviverem e/ou acumularem bens. E medida que incha o nmero de competidores, as oportunidades ficam mais escassas. Tal parania sugere a cada elemento a constatao de que valores como: solidariedade, tica, pudor, senso ecolgico etc., passam a representar freios queles maratonistas, cuja obsesso maior, nesta corrida insana, deixar seu concorrente para trs. Apenas para ilustrar: quando dois cavaleiros disputam o primeiro lugar, a princpio, os grandes perdedores so os cavalos (a natureza), as vtimas de chibatadas e aoites dos seus montadores. Porm, a “vingana” dos cavalos , quase sempre, certa. Pois, ao serem superexcitados para competir, muitas vezes, acabam tropeando e lanando seus montadores algozes (os homens) por terra.
    Isso nos leva seguinte inferncia: as grandes mazelas contemporneas caminham sobre o trip constitudo pela superpopulao (a causa), pelo consumismo (a concausa) e pela degradao ambiental ou entropia (a consequncia). Porquanto, mesmo que no haja mais nenhuma medida capaz de reparar os estragos j feitos, ainda assim, controlar drasticamente a taxa de natalidade global (entre humanos) seria uma forma de evitar o pior (coerente com o que havia preconizado Thomas Malthus e Jeremy Nifkin).Este ltimo defende, para o planeta terra, um contingente ideal de no mximo 2.000.000.000 de pessoas;menosde 25,64% (quase 1/4) da populao vigente, estimada em 7,8 bilhes.Embora saibamos que tal “castrao” possa-nos parecer inexequvel. Pois ela iria entrar em rota de coliso com o prprio instinto de multiplicao da espcie. Ademais, ora, os governos usam seus quantitativos populacionais como trunfos para obter vantagens nas negociaes internacionais. Mas, sobretudo, iria enfrentar a sabotagem das foras que movem o mundo: megaempreendimentos, religies e poltica. Para essa trindade dominante, cada indivduo que nasce um potencial consumidor, devoto e eleitor respectivamente. Coincidentemente, so estas trs vertentes o financiador daquela que se autoproclama a formadora ou manipuladora das opinies A GRANDE MDIA. Alfim: boicotar produtos de origem estadunidense, j que a nica nao a negar-se, sistematicamente, a assinar quaisquer protocolos que tratem de reduzir a emisso de poluentes, ao contrrio: os EUA fomentam o consumismo, embora seja o maior degradador do planeta. Foi tambm o pas que inventor uma das piores pragas para o meio ambiente: os artigos descartveis ou fungveis.
    Por outro lado, apesar de os eventuais entraves sobrecitados, resta gerao vigente aliar-se, em defesa da sua prpria causa, com a lei que revoga as demais A LEI DA SOBREVIVNCIA.Porque, do jeito que a coexistncia cosmopolita vem-se arruinando, no vai demorar muito para quem ficar vivo comemorar a morte de mais um que se foi. Ou, na pior das hipteses, torcer para que as catstrofes reguladoras, naturais, da densidade demogrfica, como: pandemias, tsunamis, furaces, inundaes, secas etc., ocorram com maior intensidade. Assim, mais do que sempre, a vida passa a ser o acaso duma roleta russa. A propsito, se o litoral asitico no tivesse to povoado, o Tsunami de dezembro/2004 no havia ceifado tantas vidas!
    PS1: recentemente, pensando apenas no seu faturamento sobre uma populao a cada dia crescente, o magnata americano, Elon Musk, incluiu a reduo populacional como uma ameaa em prol do extermnio da humanidade.
    PS2: em alguns relatrios, a China j aparece como o maior degradador ambiental. Todavia, o pas tem-se mostrado obediente s orientaes internacionais de controle da antropocidade e contramedidas, com destaque para reflorestamentos, ela vem adotando como nenhuma outra nao.

    O nome COSME significa COSMO, MUNDO, UNIVERSO…

  2. Data vnia caro Tasso, mais do que bvio e necessrio de que precisamos menos de demagogia e mais ao. Infelizmente quando no temos s um presidente da repblica mas a famlia falando por ele, a coisa no pode prosperar. O ministro escalado para cuidar do meio ambiente parece que odeia o meio ambiente, a ministra da Agricultura faz o que pode mas parece no agradar muito Sua Alteza, o presidente da repblica.

  3. O aquecimento global mais uma fraude da engenharia poltica-econmica pr-Nova Ordem Mundial.

    O que determina elevao ou queda da temperatura no planeta Terrra,so os oceanos.

    Confundem poluio local/regional com aquecimento global.

    Exemplo: So Paulo/capital,totalmente impermeabilizada com concreto e asfalto.

    O que gera toda a resposta da natureza via enchentes,elevao de temperatura,instabilidade climtica (chega a ter as 4 estaes num nico dia),poluio ambiental,desordem urbana,…,e por a vai.

    PS-Essa fraude do aquecimento global,nada mais do que uma das metas dos satnicos globalistas
    para destruir a indstria como hoje.

    E a partir disso,gerar o caos social,desemprego em massa,falncia dos Estados,…,e seguir com
    a insana Nova Ordem Mundial.

    PS2-Em pouco tempo,faro o mesmo com a pecuria,limitando a produo e consumo at
    a extino total da atividade.

    PS3- preciso entender que esses globalistas,no so seres humanos normais,so satanistas.
    Querem reinventar o ser humano.
    Diablicos!

    • Perfeito Germani

      O fato que durante os ltimos 11 anos, a Terra, ao contrrio do que dizem, tem esfriado, e no esquentado apesar do aumento das emisses de dixido de carbono. E embora a Terra esteja mais quente do que h cem anos, estamos falando de aproximadamente 0,7 graus Celsius. As temperaturas ainda esto abaixo daquelas observadas durante o quente perodo medieval, e ainda muito menores do que aquelas ocorridas durantes vrios outros perodos de temperaturas altas, como por exemplo durante a Idade do Bronze (antes da poca do ferro, poca da histria do homem primata) perodos durante os quais no havia emisses de carbono significativas (essencialmente no havia outras emisses que no o dixido de carbono que naturalmente exalamos).

      Em resumo, no h qualquer tipo de evidncia de que estamos entrando em uma era de significativa alterao climtica, e que essa alterao ir causar a deteriorao do meio ambiente ou dos padres de vida humano.
      Esse tal de Tasso Azevedo no entende nada sobre a terra.

    • E engracado o Tasso, assim que o 66% que falou o Bolsonaro e o mesmo do Mapbiomas que voce dirige, nao? Porem tu disse que nao sao 66% senao 50% porque os 16% alguna vez ja foi desmatado ou queimado, nao? Entao porque isso nao apresentas no Mapbiomas? Para que falas de desmatamento zero e agricultura regenerativa que propoes se com tua logica ficara en menos do 50% que declaras.
      Mais coerencia e principalmente faz um desservico ao Mapbiomas tentando politizar uma questao tecnica-cientifica como e o trabajo do Mapbiomas, porem esse e seu direito.

  4. A matria parece um tanto forada, no conferindo com o que foi publicado pela BBC-NEWS em 21 dezembro 2019 sobre os 15 pases que emitiram mais CO2 nos ltimos 20 anos – e em que posio est o Brasil, ou seja:

    Dados do Global Carbon Atlas (Atlas Global de Carbono, em traduo livre), um esforo de diversas entidades cientficas para medir as emisses do gs, mostram que o pas entrou na lista dos 15 maiores emissores em 2011. Em 2013, chegou a ocupar a 11 posio.
    Em 2018, o Brasil foi o 14 pas que mais emitiu dixido de carbono (CO2), o principal gs responsvel pelo efeito estufa, no mundo.

    O pulo de 14 lugar para 4, como est escrito na matria, parece, para mim, exagerado – para ter ocorrido em apenas um ano.

    Os demais nmeros da matria tambm devem ser chegados com outras fontes, devido o assunto, hoje, envolver, alm da segurana nacional, grandes interesses financeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.