Racismo explícito: negras (in)confidências & rainha de Sabá

01
Fátima Oliveira

“Negras (in)confidências – Bullying, não. Isto é racismo”, livro organizado por Benilda Brito e Valdecir Nascimento (Mazza Edições), é uma coletânea de depoimentos de mulheres negras sobreviventes do racismo nosso de cada dia na escola. Dói. Deveria ser lido por quem dá aulas porque é uma panorâmica de como as escolas permitem e reproduzem o racismo. São memórias dolorosas da meninice de mulheres negras sob a batuta do racismo.

É uma leitura imperdível e faz a gente evocar fatos que julgava perdidos ou inexistentes. Num papão animado com a Mazza e a Kia Lilly, peguei um gancho da Kia que indagou qual era a profissão da mamãe. Disse-lhe que era costureira e que fazia vestidos de fadas. E eu pude usar belos vestidos de organdi, pele de ovo, seda pura, broderie, chiffon e musseline, de algodão e de seda – tudo com muito frufru: rendas, fitas e paetês!

Mamãe e vovó, que dizia que na família dela mulher tinha que luxar, não mediam esforços para concretizar o lema. Quando eu voltava para a Casa do Estudante – havia a masculina e a feminina, anexos do Colégio Colinense –, levava, em média, 16 a 20 vestidos novos: um para cada domingo do semestre – jamais repetia um vestido na missa aos domingos! Sem falar que o Louro, sapateiro famoso de Graça Aranha, fazia meus sapatos pespontados à mão, de várias cores… Sempre que o encontrava (morreu há uns dois anos), dizia: “Essa doutora aqui, eu fazia os sapatos dela à mão, desde criança”.

COMO UMA RAINHA

Sempre que eu saía para a missa domingueira, dona Estela (a professora Estela Rosa e Silva), diretora da Casa do Estudante, que é negra, dizia: “Esse povo da Fátima faz dela uma rainha de Sabá”, que eu não sabia quem era, mas entendia que ela dizia que eu me vestia como uma rainha.

Era elogio ou crítica ferina? Mamãe achava o máximo! Era a constatação da perfeição de seu trabalho e o reconhecimento de que os vestidos que ela fazia para a filha eram de uma beleza incomum. No entanto, anos a fio ouvindo que eu era como a rainha de Sabá, incomodava. Hoje, entendo que meus belos vestidos despertavam inveja porque eu era uma menina negra vestida com esmero. Em suma, hoje sei que era uma crítica!

Basta lembrar que Brizola, um dia, muito emputecido com Benedita da Silva, não se conteve: “Como pode uma pessoa simples, humilde, muito querida como a Benedita, como vice-governadora, se comportar que nem a rainha de Sabá?” (…) Fiquei sem entender se Brizola criticou ou elogiou Benedita.

Belkis, a rainha de Sabá (atual Iêmen do Sul), era negra e rica. Contemporânea do rei Salomão, de quem se cogita que teve um filho (Menelik I, fundador da Monarquia etíope, 1.000 a. C.), viajou sete anos até Jerusalém com uma caravana enorme e abarrotada de especiarias, ouro e pedras preciosas para presentear Salomão.

Repito: era elogio ou crítica ferina? Eu era a única menina negra na Casa do Estudante. Minha família, de todas que mantinham filhas ali, de certeza, era a única negra e a de menos posses – nada que se comparasse com as filhas do Nilo Pacheco da Fortuna (rico afamado, ex-prefeito); Maria Inês do Buriti Bravo; a filha dos Borges de São Domingos; a Meirinha, filha de um Pacheco do Saco (fazenda nos arredores de Colinas), por aí… Os nomes se perderam no tempo, mas a branquitude e a riqueza do sertão estavam todas ali… Sobrevivi. A menina das roupas de rainha de Sabá teve a honra de cumprimentar Nelson Mandela com um aperto de mãos, em Durban, 2001. (transcrito de O Tempo)

5 thoughts on “Racismo explícito: negras (in)confidências & rainha de Sabá

  1. Fátima, isso é doença. Temos tantos problemas e vem você com essa doênça psicológica. Queres policiar o passado? Falas em menina negra, que devia ter orgulho de ser. Ser negra pensando em ser branca é doença.

  2. A maioria da sociedade convive bem entre si. Uma minoria é criminosa e outra diz que vai consertar o mundo acabando com o crime, regulando todo mundo com o “pode e o que não pode”. Estabelece um único pensamento de ser, o que contraria a natureza. Essa é pior do que a primeira. Acaba com a liberdade de todos em nome do politicamente correto.
    Enfim, problemas pessoais todos temos e devemos resolver pessoalmente.
    Quando se trata de crime, temos o dispositivo jurídico à disposição.

  3. Ate que enfim um artigo relatando essa chaga brasileira, mas estamos avançando lentamente, mas avançando, pelo menos poucos são poucos os que ainda negam o racismo repugnante cotidiano. Chegou à política de cotas nas universidades e agora no serviço publico, precisa acelerar as medidas, mas ao menos estão fazendo alguma coisa.
    Agora insatisfeitos sempre existirao, ate por que estao perdendo os privilegios concedidos no imperio quando aqui chegaram.

    “Quais foram as maiores levas de imigração para o Brasil?
    As principais levas de imigração para o Brasil ocorreram entre meados do século 19 e a primeira metade do século 20. “Portugueses, italianos, espanhóis, japoneses e alemães constituíram os principais fluxos em termos quantitativos”, diz a socióloga Ethel Kosminsky, da Unesp de Marília (SP). A entrada no país de mais de 4 milhões de estrangeiros dessas nacionalidades teve dois momentos bem diferentes. Até a primeira metade do século 19, muitos vinham atraídos por terras oferecidas pelo governo brasileiro, principalmente para ocupar o sul do país…”

    http://mundoestranho.abril.com.br/materia/quais-foram-as-maiores-levas-de-imigracao-para-o-brasil

    Se tivessem feito o mesmo com os escravos …!?

    • Prezado GMS …parabéns..Essa é alinha de pensamento..TERRAS..MORDOMIAS….DIREITOS…

      MAS…… (sempre tem os mais não é mesmo amigo GMS … ?

      SÓ PARA OS RACISTAS EUROPEUS ….QUE TRUCIDAVAM A MÃE AFRICA PARA ROUBAR E EXPLORAR.
      ( A partilha da Africa…)
      Como sempre o membro mor da kkk…do Brasil SE MANIFESTA ..com o velho papo de que não há
      racismo..o que há é prenconceito ..HA..HA…HA..HA…HA..

      Mas como o amigo disse : Se tivessem feito o mesmo com os escravos …!?

      MAS….. ( olha ele ai de novo ) …. NÃO FIZERAM POR QUE NÃO QUERIAM OS NEGROS NO BRASIL..

      GENOCIDIO, criminoso utilizando o aparato estatal (agora “repúblicano” ) para instituir a eliminação
      gradual dos numeros de NEGROS recém libertos no seio da sociedade Brasileira.

      Os que de hoje em dia são contra as ações afirmativas são na verdade seguidores “genéticos” dos
      racistas de ontem….. E para piorar as cousas não contavam estes com a leniência e covardia dos
      NEGROS atuais, onde se salva poucos…e só para ilustrar esse trágico quadro de covardia e
      falta de estima com os da sua própria cor da pele (afinal RACISMO sempre foi questão de pele..e
      tb do nariz …dos cabelos ..etc..etc..HA..HA..HA..HA..HA.. ) vejamos A PÉSSIMA NOTICIA que lemos
      essa semana que se passou onde vemos..o canalha , covarde e impiedoso PELÉ ..o “rei” do futebol
      ( ué onde ficam : Di stefano , Leonidas, Didi, GARRINCHA…Puskas…ETC..ETC. ? ) … SER

      CONDENADO PELA JUSTIÇA A PAGAR PENSÃO ALIMENTICIA AOS SEUS NETOS FILHOS DE
      SUA FILHA (JÁ FALECIDA ) CUJO CANALHA MISERÁVEL VERGONHA PARA A CAUSA
      E HONRA DOS NEGROS DE ONTEM E DE HOJE ..SE NEGOU A RECONHECER COMO FILHA.

      Esse é o “rei” que o sistema racista criou e onde até “muitos” NEGROS com pouca leitura
      e conhecimento louva….Essa figura trágica ..da linhagem dos NEGROS….

      MAS…..(olha ele ai de novo…) Esse miserável..um dia vai se colocar diante de YAWHE
      e diante da JUSTIÇA ..vai receber seu galardão…

      Confesso que não gostaria de expor este exemplo do tal “rei do futebol”, MAS ( de novo…)
      não tem como fugir de que essa figura é a prova mais cabal de que os NEGROS ..do Brasil
      em 95% são alienados e covardes com o que lhe acontecem.

      Já disse aqui mesmo ..e fiz um desafio ao degenerado do Sr. Aquino, um osmótico..que só fala
      merdas com relação ao RACISMO contra os NEGROS ( embora ele tenha em seu dicionário
      vocábulos do tipo: morenos, mulatos e pardos …HA…HA..HA..HA…) por quais motivos os NEGROS
      MAIORIA POPULACIONAL NO ESTADO DA BAHIA (90% DE NEGROS ) SÃO A MAIORIA NOS

      PRESIDIOS E MINORIAS NOS BANCOS UNIVERSITÁRIOS DA UFBA, UNEB…
      e demais universidades e faculdades NO ESTADO DA BAHIA… ?

      ( Olhem que a cousa tá começando a melhorar agora com as ações de politicas
      AFIRMATIVAS ).

      POR QUAIS MOTIVOS OS NEGROS LOTAM OS PRESIDIOS E NOS SERVIÇOS PÚBLICOS FEDERAIS
      ESTADUAIS E MUNICIPAIS…SÃO TODOS MINORIAS…..PARA CADA 10 AUDITORES DA
      RECEITA FEDERAL (AFTN – formação superior completa ) apenas 1 NEGRO… e olhe lá.

      Essa é outra comparações os malditos racistas não querem explicar ..com a mesma FORÇA com
      estes merdas CONDENAM as ações AFIRMATIVAS promovidas pelo sistema politico atual.

      MAS…..( de novo..) volto a carga : NOS SEUS 350 ANOS DE MEDICINA..A ESCOLA BAHIANA
      DE MEDICINA FORMOU QUANTOS NEGROS MÉDICOS ?

      ESSA INSTITUIÇÃO É A NATA MOR DO RACISMO BAHIANO
      NO CAMPO DA MEDICINA …QUEM QUIZER SABER QUANTOS
      MÉDICOS ESSA “ACADEMIA ” QUALIFICOU” NESTES TRES SÉCULOS
      E MEIO É SÓ VIR AQUI EM SALVADOR ..E SE DEBRUÇAR NOS ANAIS
      HISTÓRICOS E VÃO SE ESTARRECER COM A ” QUANTIDADE ”
      NEGROS DIPLOMADOS EM MEDICINA . Ha..Ha..Ha…

      YAWHE SEJA LOUVADO…SEMPRE EM YESHUA…

      Carlos de Jesus -Salvador- Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *