Raul de Leoni morreu jovem, aos 31 anos, mas deixou uma importante obra potica

TRIBUNA DA INTERNET | Um elogio  Ironia, na poesia viva de Raul de Leni

Raul de Leoni – advogado, diplomata e poeta

Paulo Peres
Poemas & Canes

O advogado e poeta Raul de Leni (1895-1926), nascido em Petrpolis (RJ), tornou-se diplomata em 1917. Com Ode a um poeta morto, 1919, conquistou fama nos meios literrios. Pouco depois de eleito deputado fluminense, retirou-se para Itaipava, onde pretendia curar-se da tuberculose que sofria, mas morreu aos 31 anos.

INGRATIDO
Raul de Leni

Nunca mais me esqueci! Eu era criana
E em meu velho quintal, ao sol-nascente,
Plantei, com a minha mo ingnua e mansa,
Uma linda amendoeira adolescente.

Era a mais rtila e ntima esperana
Cresceu cresceu e aos poucos, suavemente,
Pendeu os ramos sobre um muro em frente
E foi frutificar na vizinhana

Da por diante, pela vida inteira,
Todas as grandes rvores que em minhas
Terras, num sonho esplndido semeio,

Como aquela magnfica amendoeira,
E florescem nas chcaras vizinhas
E vo dar frutos no pomar alheio

2 thoughts on “Raul de Leoni morreu jovem, aos 31 anos, mas deixou uma importante obra potica

  1. IRONIA
    Raul de Leni
    Ironia! Ironia!
    Minha consolao! Minha filosofia!
    Impondervel mscara discreta
    Dessa infinita dvida secreta,
    Que a tragdia recndita do ser!
    Muita gente no te h de compreender
    E dir que s renncia e covardia!
    Ironia! Ironia!
    s a minha atitude comovida:
    O amor-prprio do Esprito, sorrindo!
    O pudor da Razo diante da Vida!

    Sensacional Raul de Leoni !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.