Recado aos amigos: o editor da Tribuna vai submergir por alguns dias

Charge do Lute (Arquivo Google)

Carlos Newton

Devido a um acidente, o editor da TI teve uma lesão na mão direita, nada grave, mas dificulta muito a digitação, Até a plena recuperação, calculada em uma semana, haverá um alívio para os leitores, porque terei de submergir, sem fazer artigos nem extensas traduções simultâneas, limitando-me à edição do blog, o que não é nada fácil e demanda muito trabalho e dedicação.

Mas prometo que, assim que puder, volto a incomodá-los com meus pitacos sobre política, economia e outros assuntos triviais,

###
P.S. – Ao escrever a palavra pitacos, é claro que lembrei do mestre Chico Anysio e de nossa amizade, interrompida absurdamente na belíssima festa de aniversário de seu filho Bruno Mazzeo, na Estrada do Joá. 
Chico Anysio me pediu para levar um fotógrafo que já tinha trabalhado para nós, chamado Rogério Carneiro, ex-IstoÉ e Ultima Hora, meu amigo até hoje. O fotógrafo faltou, ninguém levara câmara, a festa foi espetacular, com os astros da TV Globo em peso, tinha mágico, palhaço e animador de festa. O pequenino Bruno Mazzeo deu um show, já era o artista se revelando, mas não havia ninguém para fotografar. Chico Anysio ficou aborrecidíssimo, eu fiquei super-envergonhado e nunca mais nos falamos. Alguns anos depois, quando ele era casado com Zelia Cardoso de Mello, que ia ter a primeira filha, Chico Anysio ligou para minha mulher, Jussara Martins, e pediu que ela rezasse para que a criança nascesse normal porque Zelia já passara da idade para ter primeiro filho. Foi isso que aconteceu. Nossa amizade só foi retomada mais de 30 anos depois, quando nos reencontramos e ele pediu que eu produzisse uma apresentação dele com Tom Cavalcanti no imponente Teatro Raul Cortez, que acabou não acontecendo, porque Chico Anysio ficou doente e nunca mais fez shows. (C.N.)

27 thoughts on “Recado aos amigos: o editor da Tribuna vai submergir por alguns dias

  1. Melhoras Sr. Carlos Newton.
    Será uma semana longa pra nós…
    Mas o Sr. tem que descansar e se recuperar por completo.

    Tenho certeza que as NR voltarão afiadíssimas! rs

    Um forte abraço,
    José Luis.

  2. Força e rápida e completa recuperação, amigo Carlos. Vamos sentir muita falta de suas “traduções simultâneas” enquanto isso.
    Um abraço do Mano

      • Tem razão, Solange. Chico Anysio me pediu para levar um fotógrafo que já tinha trabalhado para nós, chamado Rogério Carneiro, ex-IstoÉ e Ultima Hora, meu amigo até hoje. O fotógrafo faltou, ninguém levara câmara, a festa foi espetacular, com os astros da TV Globo em peso, tinha mágico, palhaço e animador de festa. O pequenino Bruno Mazzeo deu um show, já era o artista se revelando, mas não havia ninguém para fofografar. Chico Anysio ficou aborrecidíssimo, eu fiquei super-envergonhado e nunca mais nos falamos. Alguns anos depois, quando ele era casado com Zelia Cardoso de Mello, que ia ter a primeira filha, Chico Anysio ligou para minha mulher, Jussara Martins, e pediu que ela rezasse para que a criança nascesse normal porque Zelia já passara da idade para ter primeiro filho.

        Foi isso que aconteceu, Solange.

        CN

        PS – Quem está digitando é minha mulher. Estou meio travado,

  3. Caro CN

    Espero que realmente seja apenas um pouco mais que um desconforto e possas passar com rapidez e leveza pela recuperação.

    Vamos ficar um pouco órfãos e talvez sejamos mais invadidos pelas hordas, mas certamente superaremos.

    Vamos ficar na torcida pelo pronto reestabelecimento.

    Também devo fazer uma cirurgia de ombro na próxima semana em que ficarei imobilizado por quase um mês.

    Mas sempre estaremos por aqui.

    Boa Sorte e volte logo

    • Gratíssimo aos amigos que me mandaram mensagens. O blog segue em frente, porque minha mulher, Jussara Martins, que é jornalista maravilhosa, está me ajudando na edição. Estou digitando com dificuldade, muito devagar;

      Abs. e UM EXCELENTE FINAL DE SEMANA.

      CN

  4. Saúde editor Carlos Newton, na torcida pela rápida e plena recuperação. Os imponderáveis da vida ocorrem, quando menos esperamos.
    Gostei do relato dos acontecimentos com o Chico Anísio. Você não teve culpa pela ausência do fotógrafo, inclusive pode ter ocorrido um imponderável que o impossibilitou de ir.
    As, vezes, se interrompe uma amizade de anos, por certas coisas miúdas, pequenas, de pouca importância, que só vamos perceber com o passar dos anos, quando já é tarde demais para recomeçar a antiga amizade. Foi isso que aconteceu? Chico Anísio morreu. Um artista genial, único, excepcional.

    • O pior, amigo Roberto Nascimento, é que o fotógrafo tinha sido contratado por Chico Anysio, era um ato profissional. Ele não foi nem avisou nada, e naquela época não havia celular. Foi constrangedor.

      Abs.

      CN

  5. Prezadíssimo CN.
    Depois de tantas manifestações amigas, somo a todas elas a minha, no mesmo sentido.

    Pra não passar sem piada, pior seria se pior fosse. Se fosse a mão esquerda?! A direita sempre conspira, e “nóis pira”.

    Bola pra frente, CN, voltarás melhor do que nunca – tenho certeza. No final, a esquerda vai ensinar pra direita como se age.
    Um forte abraço e prontíssima recuperação.

  6. Caro Newton! Desejo-te uma rápida recuperação.
    Enquanto ocorre a pausa na mão direita, até a recuperação, vamos colocar a esquerda mais ativa.
    E não se esqueça do que sempre diz o Leão da Montanha. O caminho é pela esquerda…
    Abs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.