Reforma partidária JÁ, INDISPENSÁVEL, URGENTE, para que o cidadão-contribuinte-eleitor, NÃO FIQUE APRISIONADO entre TRÊS INÚTEIS, INCAPAZES, INCOMPETENTES

Luisgeraldosantos:
“Helio, nos outros países, os homens ficam eternamente nos cargos, como Sarney, Passarinho, Marco Maciel, Jader Barbalho, Maluf e tantos outros?”

Comentário de Helio Fernandes:
Há dezenas de anos, luto por uma reforma partidária, que incorpore o que existe de melhor pelo mundo na legislação política, eleitoral, partidária. Isso não tem nada a ver com CÓPIA ou IMITAÇÃO, e sim de aproveitar o que deu certo em outros lugares.

Só de passagem, na oportunidade, embora econômica: por que nenhum país aproveita o mentiroso, perigoso (enriquecedor de grupos elitistas), que é o “DÉFICIT PRIMÁRIO”? No mundo, só existe SALDO ou DÉFICIT.

Esse PRIMÁRIO é uma forma de embuste, fraude, mistificação, para ENGANAR o cidadão com o que chamam ECONOMIA para os juros, Garantem: “Economizamos 90 BILHÕES este ano”. Afirmação criminosa, isso é para AMORTIZAR juros da DÍVIDA MALDITA.

Voltemos à POLÍTICA, que segundo Platão, é “a arte de governar os povos”. Política e economia se FUNDEM INDISSOLUVELMENTE, só que no Brasil, tudo não passa de politicalha.

Por isso, luisgeraldosantos, todos esses inúteis que você citou, ficaram e ficarão eternamente nos mais variados cargos, saltitando, que palavra, de um lugar para outro.

Respondendo pela ordem que você colocou. José Sarney – Jamais trabalhou na vida. Em 1954, não se elegeu deputado federal, ficou como segundo suplente, tinha 24 anos. Em 1956, assumiu, se filiou à Frente Parlamentar Nacionalista, o melhor e mais progressista que havia na Câmara.

Que carreira, que títulos, que fortuna. O Maranhão era dominado pela oligarquia Vitorino Freire, disse que ia DERRUBÁ-LA, cumpriu a palavra. Só que implantou outra mais duradoura e eclética, que completa agora 45 anos, apesar de todos os escândalos, dele e dos filhos.

Como sócio do “governador” Abreu Sodré, foi enriquecendo maravilhosamente . Em 1965, sem voto, sem povo, sem urna, “ajudado” pela ditadura, foi “feito” governador. Não parou mais. Em 1970 senador, em 1978 reeleito.

Depois de ter servido à ditadura de todas as formas, sempre docilmente,”sentiu” a hora, deu um “murro na mesa”, foi feito VICE de Tancredo em MAIS UMA INDIRETA. Todos conhecem a tragédia do 21 de abril de 1985, convulsão nacional e Sarney “presidente”.

Deixou a “presidência” em 1990, (janeiro), nesse mesmo 1990, (outubro) novo mandato de senador. Até 98, a filha era governadora, inventou a “transição” para o Amapá, nem sabia onde ficava. Está no quinto mandato de senador, que vai até 2014. Deixa alguma realização dessa longa vida? Só a fortuna, para os herdeiros, que nem precisarão.

Jarbas Passarinho – Há dias contei a sua “história trágica-melancólica” para o país. Não cumpriu nem os cargos para os quais foi NOMEADO. Dia 11 de janeiro completa 90 anos (perdão, 91), acredita que como presente de aniversário receberá algum cargo.

Marco Maciel – “Biografia” saiu ontem (ou anteontem), tão nefasto, ou mais, como eu disse, por não roubar pessoalmente. Mas assistiu LEVAREM o patrimônio do país, na ditadura e depois, NÃO QUEBROU O SILÊNCIO PARA PROTESTAR. JAMAIS.

Jader Barbalho – “Coincidência”, sua carreira e fortuna se ligam a Sarney e Passarinho. Corrupto por vocação, convicção e destinação, foi duas vezes ministro nomeado por Sarney, para “eleger” outra vez Passarinho ao Senado.

Impune e imune, dono de uma fortuna “construída” nos Ministérios da Previdência e da Reforma Agrária, não esperava ter que RENUNCIAR PARA NÃO SER CASSADO. Mas continua impávido e altaneiro, em plena atividade.

Paulo Maluf – Esse tem “história” tão reluzente e enriquecedora que o povo brasileiro conhece de sobra. Inventou três coisas geniais e inesquecíveis.

1 – A fortuna se multiplicou com a abertura de vias de acesso que chamou de MARGINAL, fina ironia com os empreiteiros e empreiteiras, sempre as mesmas.

2 – É possuidor, em PARAÍSOS FISCAIS, da importância de 442 MILHÕES DE DÓLARES, que repete incessantemente: “NÃO TENHO um dólar que seja no exterior, quem descobrir, pode ficar com tudo”.

3 – Candidatíssimo a tudo no seu país, (aqui mesmo, o Brasil) livre e absoluto, SERÁ PRESO EM QUALQUER PAÍS ONDE DESEMBARCAR. Pode dizer, orgulhoso: “No mundo inteiro, sou o único cidadão a ser preso em todos os países”. Que República.

Tudo isso poderia ser evitado, com a INDISPENSÁVEL REFORMA PARTIDÁRIA, examinando e ACEITANDO, 10 itens que relacionei, e principalmente ADOTANDO DOIS QUE EXISTEM NOS EUA, desde 1952, com a EMENDA CONSTITUCIONAL número 24.

1 – O cidadão que se candidatar a qualquer cargo eletivo, SÓ PODERÁ OCUPAR ESSE CARGO. Lógico, poderá RENUNCIAR para exercer outro, mas não pode, digamos, ser senador (ou deputado) e Ministro. (Lá, Secretário).

O melhor exemplo está aí: Hillary Clinton era senadora, ainda tinha 3 anos e 11 meses de mandato. Convidada para Secretaria de Estado, teve que renunciar ao resto do mandato no Senado, e que resto. Aqui, acumulam, que maravilha viver.

2 – Outro fato que também é VISIBILÍSSIMO: o cidadão, seja quem for, depois de 8 anos presidente, não pode ocupar mais nenhum cargo público, NOMEADO ou ELEITO. Obama, que também era senador, RENUNCIOU, vai ficar, digamos, dois mandatos, DEPOIS, mais nada, nem VEREADOR DE SUA CIDADE.

***

PS – O presidente Reagan, que deixou a presidência com alto índice de aprovação (?), teve que ir para casa. E Bill Clinton está aí para mostrar a força dessa RENOVAÇÃO. Faz conferências, viaja pelo mundo, APENAS COMO PARTICULAR.

PS2 – Obama é a primeira consequência dessa emenda de 1952. Começou com Eisenhower, que só pôde ficar até 1960. E os outros, seguindo nessa DECISÃO E DIREÇÃO.

PS3 – Finalmente, a adoção do VOTO DISTRITAL, queriam adotar o CRIMINOSO E VERGONHOSO VOTO DE LISTA, OS “LÍDERES DA CÚPULA” SE ETERNIZARIAM MAIS AINDA.

PS4 – Não é o povo que NÃO SABE VOTAR, como insinuam ou AFIRMAM ABERTAMENTE. De que adianta escolher entre os três únicos candidatos, Dilma, Serra e Marina, se não têm a menor representatividade, quer dizer, “representam” o mesmo NADA?

PS5 – Perdão, desculpa, relevem o equívoco: não existem apenas três. Estão registrados mais 7 (S-E-T-E) nomes, nenhum deles atinge a fabulosa VOTAÇÃO DE 1 POR CENTO.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *