Renan e Alves foram xingados ao subir a rampa do Congresso

Carlos Newton

Constrangimento e vexame diante do Congresso Nacional. Aos gritos de “safado”, “sem vergonha” e “ladrão”, o novo presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), subiu a rampa do Congresso nesta segunda-feira para a abertura do ano legislativo. Henrique Eduardo Alves sofreu o mesmo tipo de recepção e depois ficou perfilado junto a Renan, enquanto um grupo de 20 pessoas estendia faixas com os dizeres: “Fora Renan. Abaixo o Senado!” e “Até quando o poder Legislativo envergonhará o Brasil?”

Renan Calheiros e Henrique Eduardo Alves (ao fundo) participam de cerimônia na rampa do Congresso enquanto manifestantes levantam cartazes em protesto Ao fundo, Alves e Renan

Segundo a cobertura da Folha, Renan ouviu os protestos, mas não se manifestou. Ele subiu a rampa acompanhado da mulher, Verônica Calheiros. Henrique Eduardo Alves, que é divorciado, estava sem companhia.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *