Renan ironiza Temer: ‘Nunca soube que Geddel era líder, achei que fosse outro’

Resultado de imagem para Renan charges

Charge do Son Salvador (Charge Online)

Andréia Sadi
G1 Brasília

O ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) usou as redes sociais nesta sexta-feira (20) para ironizar o ofício da Procuradoria Geral da República que aponta Geddel Vieira Lima como líder de organização criminosa. Sem citar nomes do governo do presidente Michel Temer, a quem faz oposição, Renan tuitou: “Engraçado… Nunca soube que Geddel era o Chefe. Para mim, o chefe dele era outro”. Em seguida, Renan postou: “…era ouTro.”

No parecer encaminhado ao Supremo pela procuradora-geral Raquel Dodge, ela aponta Geddel como líder de uma organização criminosa. Diferentemente da denúncia apresentada contra Michel Temer pelo antecessor na PGR, o ex-procurador Rodrigo Janot.

Na denúncia, que a Câmara votará semana que vem, Janot afirma que Geddel e outros peemedebistas “orbitavam em torno da liderança e coordenação de Michel Temer”.

Desde que foi preso, Geddel tem sinalizado que pode aderir a uma colaboração premiada. Para procuradores ouvidos pelo Blog, mesmo apontado como líder de organização criminosa pela procuradora-geral, ele poderia aderir à delação.

“A lei não proíbe que o eventual líder realize a delação. Pois na delação, além de confessar os crimes e assumir a culpa, o delator também entrega valores desviados, e poderá também entregar outros comparsas”, afirmou a procuradora da República Thamea Danelon.

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, que integra a força-tarefa da Lava Jato, disse o seguinte: “A lei expressamente só restringe a concessão de imunidade ao líder da organização criminosa. E, dessa forma, se houve colideres, bem como houver conhecimento de outras organizações criminosas, não haverá óbice para um acordo. Desde que não se ofereça imunidade”.

Ainda para o procurador Santos Lima, há organizações criminosas menores que podem prestar serviço para outras. “Nesses casos, temos que ver o quadro completo do crime para saber se há pessoas mais importantes na outra organização”.

O procurador da República Helio Telho vai na mesma linha: “Uma organização pode ter vários membros com posições de liderança. A lei não impede que alguém em posição de liderança seja colaborador. Ela só não permite é que ‘o lider’, isto é, o chefe maior dela, se beneficie com a imunidade penal [não seja denunciado]”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Em tradução simultânea, a procuradora Raquel Dodge está atropelando Geddel, ao acusá-lo de um liderar uma própria quadrilha paralela, que atuava como subproduto do famoso “quadrilhão”, ao qual se refere Renan Calheiros, que também sempre fez questão de montar sua própria quadrilha, e Sérgio Machado, da Transpetro, era um dos expoentes da orcrim liderada pelo senador alagoano. (C.N.)

10 thoughts on “Renan ironiza Temer: ‘Nunca soube que Geddel era líder, achei que fosse outro’

  1. Escutar, lê ou sei lá o que, desse crápula, não se vomita mais por que os brasileiros já estão sem tripas para tal atitude.

    Adjetivos não os digo, pois os mesmos serão censurados.

    Vade retro…

    • Temos que encontrar um partido a favor de Temer, mas que tenha dissidentes que votarão contra Temer. Por exemplo o DEM e fazer com que façam um relatório contra o afastamento de Temer, porem a favor do fatiamento do processo com Padilha e Moreira Franco em separados.

  2. GOLDMAN ABRE O JOGO, CHUTA O PAU DA BARRACA E BOTA A BOCA NO TROMBONE, NÃO TEM PRA NINGUÉM, Chega dos me$mo$, o Leão é o candidato dos sonhos do PSDB cabeça e coração, o Presidente estadista que o Brasil está necessitando, com Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação próprio (RPL-PNBC-DD-ME), o único que mostra o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, o contraponto ideal a tudo isso que aí está há 127 anos. O Leão está pronto para bater de frente com o Lula, caso seja necessário, como se vê nas entrelinhas das suas declarações, ao passo que o resto, os demais pretendentes, infelizmente, não passam de mais dos me$mo$, mais continuísmo da mesmice raso e seco que conduziu o Brasil ao nó górdio histórico que ai está , com prazo de validade vencido há muito tempo, e que só o Leão diz como desatá-lo de forma alvissareira, com visão de futuro, reformulando a política e o pais para os próximos 100 anos, com paz, amor, perdão, conciliação, união e mobilização pela mega-solução, com estabilidade e prosperidade perenes. https://www.brasil247.com/pt/247/sp247/323398/Goldman-diz-que-PSDB-é-dominado-por-coronéis-e-que-Alckmin-

  3. Raquel Dodge estaria confirmando a previsão aqui da “Tribuna da Internet” se tivesse apontado Geddel não como líder de organização criminosa, mas como um subordinado dela. Cadê a Teoria do Domínio do Fato ?

  4. Lamento que ainda estejam discutindo ou comentando os nomes desses “canalhas”….. O que temos e devemos fazer nas próximas eleições, é “EXPURGAR” do cenário político brasileiro, todos esses “Canalhas” que hoje, por qualquer motivo ou razão, ficam negociando dinheiro público em benefícios próprios.
    Esse Renan é farinha do mesmo saco….
    A hora desses canalhas está chegando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *