Requião, o vice-presidente sem efetivo

Sempre quis o Poder nacional. Há 30 anos se elege no Paraná, numa carreira ascendente. Começou como prefeito da segunda cidade do estado, depois da capital, duas vezes senador duas governador (alternadas), não sabe o que fazer.

Tem três hipóteses para 2010: 1) Senador garantido. 2) Presidente, sem legenda. 3) Vice, com a dúvida: “De quem?”. Gostaria de ser vice de Serra, apoiaria Quércia para senador, seria apoiado por ele.

Em tempo: Requião e Quércia são tão ligados, que o governador do Paraná criou para o ex de São Paulo, o genial “Disque Quércia para a corrupção. Requião não disca mais, Quércia não tem memória. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *