Requião, presidenciável que o PMDB não aceita

Dentro do partido, é o possível candidato mais forte. Três obstáculos quase intransponíveis. 1- O PMDB não pretende ter candidato, prefere ser “o dono de quem se eleger, mesmo de outro partido”.

2- Requião pode ganhar, isso assusta e amedronta a rotina dos “líderes” peemedebistas. 3- Basta ver a reunião que Requião realizou no Paraná, relacionem quem faltou ou não foi e verifiquem.

Concluindo: Requião, com uma senatoria garantida admite concorrer. E o presidente Lula, ainda sem candidato, teria vida muito mais fácil, eleitoralmente, apoiando o governador. Logicamente, excluindo seu próprio nome.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *