Ricardo Salles engavetou as verbas da Amaznia, Mouro se omitiu e Bolsonaro nada fez

MPF cobra Justia Federal no DF por deciso sobre afastamento de Ricardo  Salles - Flvio Chaves

Charge do Nani (nanihumor.com)

Bruna Lima
Correio Braziliense

A Operao Verde Brasil 2, planejada para combater o desmatamento ilegal na Amaznia, ser prorrogada at abril, anunciou o vice-presidente da Repblica, Hamilton Mouro, nesta segunda-feira (26/10).

Conduzidos pelo Ministrio da Defesa, os trabalhos estavam programados para se encerrar na primeira semana de novembro. Mas, em meio baixa execuo oramentria do montante previsto pelo governo federal, as aes sero estendidas.

VERBAS SOBRANDO – De acordo com o portal Siga Brasil, de responsabilidade do Senado, dos R$ 418,6 milhes autorizados para a operao, somente R$ 164,9 foram empenhados at o momento. Esse valor equivale a menos de 40% da verba. Nos dois primeiros meses de operao, menos de 4% do oramento havia sido utilizado. Somente em agosto houve um desentrave nas liberaes.

Em meio a esse cenrio, Mouro afirmou que a programao ser prorrogada at abril. “Vamos prorrogar. A deciso est tomada”, disse o vice-presidente, na chegada ao Palcio do Planalto. “Ns estamos com recurso suficiente para chegar at abril”, completou. Agora, cabe ao presidente Jair Bolsonaro prorrogar o decreto de Lei da Garantia e da Ordem (GLO) que autoriza o empenho das Foras Armadas na operao at 6 de novembro.

ATUAO EM CONJUNTO – A Operao Verde Brasil 2 comeou em 11 de maio e est no escopo do Conselho Nacional da Amaznia (CNA), liderado pelo vice-presidente e com incluso de onze organizaes de controle ambiental e segurana pblica, atuando em conjunto com as Foras Armadas.

Os trabalhos se concentram em aes preventivas e repressivas contra delitos ambientais, com foco no desmatamento e queimadas. Os esforos ocorrem nas reas de responsabilidade da Unio: na faixa de fronteira, terras indgenas, e em unidades federais de conservao ambiental.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG A matria necessita de traduo simultnea. Fato 1 Havia verbas para a operao conjunta na Amaznia; Fato 2 As verbas no foram gastas; Fato 3 Isso significa que muitas das aes que poderiam ter sido executadas na verdade no se realizaram; Fato 4 O nome disso omisso ou inrcia administrativa. Os culpados so o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que manteve as verbas na gaveta; o vice Hamilton Mouro, que no cobrou a liberao dos recursos; e o presidente Jair Bolsonaro, que deveria botar ordem nessa baguna. (C.N.)

4 thoughts on “Ricardo Salles engavetou as verbas da Amaznia, Mouro se omitiu e Bolsonaro nada fez

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.