Ronaldinho Gaúcho ainda tem futebol para recompensar o torcedor do Flamengo?

Helio Fernandes

Foi a grande sensação dos últimos dez dias. Tempo marcado pelo desespero da tragédia inimaginável das cidades serranas, cobertura obrigatórias de rádios e televisões. Mas todos os canais e programas naturalmente não esportivos, reservaram “pedaços” do espaço para o ex-duas vezes melhor do mundo.

Mas que não joga nem 30 por cento daquilo que já jogou e empolgou. O que está no título destas notas, precisará chegar a que altura para justificar a sensação que foi realmente surpreendente?

E os números, textuais e fornecidos pelos principais personagens, terão recompensa? A Traffic, que financiou toda a operação, em nota oficial: “Vamos ganhar 200 milhões em 4 anos”. O jogador receberá 1 milhão e 400 mil por mês, 16 milhões e 800 mil por cada ano.

Portanto, simples cálculo aritmético, 19 milhões e 200 mil reais nos 4 anos. (Fora bônus por vitória, títulos, conquistas). Muita gente me pede que explique essa operação, e quanto o Flamengo irá receber.

Não há como responder. O Flamengo está em total silêncio, retraído, empolgado com a própria audácia, mas sem a mesma audácia para desvendar a sua parte.

Sem tocar em números, o grande lucro para o clube e satisfação para a maior torcida do Brasil, estará na atuação do próprio Ronaldinho. Se jogar 50 por cento do que jogo nos anos em que foi o melhor do mundo, para o Flamengo, que maravilha viver.

 ***

PS – Se jogar o que vinha jogando no Milan, a decepção e a frustração dominarão o torcedor do Flamengo, os conflitos surgirão inapelavelmente.

PS2 – Perguntinha ingênua, inócua, inútil: por que esses quatro seguranças que não o largam um minuto sequer? Já se sente rumor em torno disso. O torcedor não pode nem se aproximar? Esse torcedor só quer chegar perto do ídolo (?), o novo Ronaldinho. E será novo também dentro de campo? Se for, todos esquecerão as contrariedades.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *