Ronaldinho volta em grande atuação, serão os deuses astronautas?

Milan-Real Madri no estádio do Real. Era praticamente favorito, muitos brasileiros em campo. (Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Pato, Dida, além de Leonardo, treinador do Milan).

Poucos acreditavam nos brasileiros do Milan, apostavam tudo em Kaká. Que praticamente não viu a bola, acontece.

Quem viu? Quem ligou a televisão e quem sabe, estava assistindo a volta de um jogador duas vezes o maior do mundo? Pelo menos foi o melhor do jogo. Magrinho, conversando que não tem frequentado a noite, que realidade.

Pato, desacreditado (?) na seleção, fez dois grandes gols, magníficos. Ele e Ronaldinho, aplaudidos. Leonardo também, fez modificações na hora certa, que levaram à vitória. Isso dentro do campo.

Na história, nenhum respeito ou admiração, pelo Real ou pelo Milan. O Real apoiou os quase 50 anos da ditadura Franco. Quem resistiu intransigentemente foi o Barcelona, minha grande e inesquecível lembrança, em Barcelona nasceu meu pai. E o Milan? De propriedade de Berlusconi, o maior corrupto da Itália, não merece nem citação.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *